A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Levantando as âncoras e mantendo o rumo Programa motivacional e psicoeducativo para prevenção de recaídas no uso de substâncias psicoativas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Levantando as âncoras e mantendo o rumo Programa motivacional e psicoeducativo para prevenção de recaídas no uso de substâncias psicoativas."— Transcrição da apresentação:

1 Levantando as âncoras e mantendo o rumo Programa motivacional e psicoeducativo para prevenção de recaídas no uso de substâncias psicoativas

2 Trata-se de um programa único para a abordagem construtiva das pessoas usuárias de drogas. A idéia é de, através de duas fantásticas viagens, colaborar para que pessoas interessadas em parar de usar drogas e em não recair no uso possam chegar aos seus objetivos. A primeira viagem é naval : num veleiro completamente equipado, as pessoas ajudarão a equipe marítima a chegar a diversos e fascinantes portos brasileiros. A segunda viagem, conduzida por profissionais habilitados, será pela compreensão do fenômeno do uso de drogas e das técnicas mais atuais de superação do abuso e da dependência.

3 O programa é totalmente voluntário e não constitui um tratamento, no sentido clássico. Ele parte do princípio de que a compreensão do problema do uso de drogas, o entendimento das técnicas de superação e a prática de exercícios, em ambiente seguro, possa contribuir para o aspecto mais importante, que é a aplicação deste aprendizado no dia-a-dia das pessoas envolvidas.

4 Dentro deste contexto, o programa contará com as seguintes atividades: 1. Psicoeducacionais, nas quais serão introduzidas informações sobre as diversas drogas, com elas atuam no organismo e como causam dependência e de como funcionam o processo de abstinência e as possíveis recaídas. 2. Exercícios práticos, nos quais as pessoas aplicarão, em ambiente seguro, os conhecimentos obtidos na parte psicoeducacional.

5 3. Dinâmicas de grupo, nos quais as pessoas aprenderão a interagir de forma mais construtiva umas com as outras. 4. Exercícios para aprender a lidar com as fissuras que aparecem, quando a pessoa está sem usar drogas. 5. Discussões sobre estilos de vida e sua relação com o uso e a abstinência de drogas, incluindo aulas sobre nutrição e esportes.

6 6. E, logicamente, as atividades navais...

7 A viagem náutica terá duração de 90 dias e, dentro deles correrá o cronograma das atividades psicoeducacionais. A seguir, você poderá ver quais serão essas atividades e quando serão feitas.

8 Em terra Entrevista psiquiátrica Os candidatos serão avaliados no sentido de selecionar aqueles que possuam condições psíquicas de participar da viagem.

9 Em terra Avaliação clínica Os candidatos serão avaliados no sentido de selecionar aqueles que possuam condições físicas de participar da viagem.

10 1º dia Conhecendo os navegantes A equipe profissional e os passageiros se apresentam uns aos outros.

11 2ºdia Dinâmica de grupo 1: Os passageiros darão um breve relato sobre si mesmos, sua história, seus objetivos.

12 3ºdia Psicoeducacional 1 Por que as drogas são abusadas? Por que elas levam a dependência? Explicações sobre as drogas de abuso e de por que elas causam dependência.

13 4º dia Psicoeducacional 2 Quais são as diversas drogas? Explicações sobre os diversos tipos de drogas.

14 5º dia Psicoeducacional interativo: Que drogas você usa? As pessoas farão um breve relato das drogas que usam ou já usaram.

15 6º, 13º, 20º, 27º, 34º, 41º, 48º, 55º, 62º, 69º, 76º e 83º dias Dinâmica de grupo Todas as semanas será feita uma reunião para discutir questões relacionadas à convivência entre os passageiros, entre os passageiros e a equipe e discutir eventuais problemas e avaliar sugestões.

16 8º e 9º dia Minhas histórias com drogas Os passageiros farão um relato das vivências que tiveram com as drogas, tanto positivas como negativas.

17 10 º e 11º dias Exercício em grupo Você já quis parar? Discussão sobre os sucessos e falhas em tentativas passadas que os passageiros tenham feito para parar de usar drogas.

18 12º dia O que move o ser humano? Motivação – conceito, bases fisiológicas e psicológicas

19 15º dia Os estágios da motivação Por que uma pessoa pode estar mais motivada para parar de usar drogas, em alguns dias e menos motivada, em outros? O que é ambivalência?

20 16º e 17º dias Exercícios: Os estágios da motivação As pessoas farão exercícios para conseguir identificar, nelas mesmas, qual seu grau de motivação para parar de usar drogas

21 18º dia Psicoeducacional Exercícios : prós e contras do uso de drogas As pessoas discutirão os aspectos bons e ruins do uso de drogas.

22 19º dia Exercícios – por que eu quero parar? Para que as decisões sejam mais firmes, as pessoas vão procurar deixar claro, para si mesmas, em palavras, o porquê dessas decisões. Em caso de dúvidas, as mesmas serão discutidas.

23 22º e 23º dias Exercícios em grupo: Meus objetivos de vida – as pessoas falarão sobre os objetivos que têm em suas vidas e se esses objetivos são compatíveis ou incompatíveis com o uso das drogas.

24 24 º dia Psicoeducacional Prevenindo a recaída – princípios Quando as pessoas param, elas precisam aprender a manter a abstinência. Como isto funciona?

25 25 º dia Psicoeducacional Assertividade e agressividade: quais são as formas mais eficazes de você afirmar-se perante outras pessoas? Como impedir que outros invadam seu território sem que você se torne agressivo? Como parar de engolir sapos?

26 26º dia Psicoeducacional Mapa –mapeando as situações de risco para recaída: quais são os vários fatores que aumentam a probabilidade de as pessoas recaírem no uso de drogas?

27 29º ao 32º dias Exercícios O mapa individual de risco para recaída: quais são as situações que representam o maior risco para você recair?

28 33 º dia Psicoeducacional Estilo de vida e abstinência – bases comportamentais: como o estilo de vida pode influenciar o uso de drogas ou facilitar a abstinência?

29 36 º dia Psicoeducacional: Estilo de vida e abstinência – bases comportamentais: como o estilo de vida pode influenciar o uso de drogas ou facilitar a abstinência?

30 37 º dia Estilo de vida e abstinência – alimentação: como coordenar sua alimentação com seu estilo de vida?

31 38 º e 39º dias Aulas de nutrição: ministradas por nutricionista.

32 40 º dia Estilo de vida e abstinência – esportes: como e por que os esportes podem ajudar na abstinência?

33 43 º dia Estilo de vida e abstinência - relacionamentos sociais: como seus relacionamentos influenciam seu uso de drogas e como eles podem ajudar na sua abstinência?

34 44 º dia Estilo de vida e abstinência – espiritualidade: como a procura e a vivência da espiritualidade podem ajudar na manutenção da abstinência?

35 45 º dia Estilo de vida e abstinência – espiritualidade: como a procura e a vivência da espiritualidade podem ajudar na manutenção da abstinência?

36 46 º dia Diário de bordo - o papel da auto- observação: como você pode entender melhor seus próprio funcionamento?

37 47 º dia Diário de bordo: o que são comportamentos? Como decidimos nossa vida?

38 50 º e 51º dias Diário de bordo Comportamentos – exercícios de auto- observação

39 52 º dia Psicoeducacional + prática: O que são pensamentos? Qual o papel dos pensamentos na compreensão do uso e da abstinência de drogas?

40 53 º dia Psicoeducacional + prática: Exercícios para aprender a identificar seus pensamentos

41 54 º dia Psicoeducacional + prática: Exercícios para aprender a identificar seus sentimentos

42 57 º dia Psicoeducacional + prática Exercícios para aprender a identificar suas emoções

43 58 º dia Psicoeducacional + prática Reconhecendo as emoções alheias: como ter uma idéia de que emoções os outros têm, assim,, melhorar os relacionamentos?

44 59 º dia Psicoeducacional + prática: Reconhecendo as emoções alheias: exercícios práticos para você entender melhor as outras pessoas

45 60 º e 61º dias Psicoeducacional + prática: O que eu provoco nos outros? Como os outros se sentem quando estão comigo? Como a forma como eu ajo com os outros acaba influenciando a minha própria vida?

46 64 º e 65º dias Não sei por que fiz: revendo a idéia de comportamentos automáticos As pessoas, frequentemente, relatam que usaram uma droga, em dado momento, de forma automática, sem motivo aparente. Esta atividade visa a ajudar as pessoas a entender a sequência de eventos que levam ao uso e a utilizar este entendimento para prevenir a recaída.

47 66 º dia Fissura: o momento mais difícil – conceito, bases comportamentais e fisiológicas:Por que existe a fissura? O que provoca a fissura? O que ocorre, no cérebro, quando a pessoa sente fissura?

48 67 º dia Fissura: o momento mais difícil - relatos pessoais: as pessoas vão contar momentos em que sentiram fissuras. Estes relatos serão utilizados para prevenir e aprender a lidar com as fissuras, no futuro.

49 68 º dia Fissura: o momento mais difícil – quais são as técnicas e macetes para lidar com estes momentos (parte teórica)

50 70 º ao 73º dias Fissura: o momento mais difícil – técnicas para lidar com estes momentos - parte prática Exercícios de relaxamento

51 74 º e 75º dias Desvio de atenção – como aprender a diminuir a fissura concentrando-se em si mesmo e no ambiente externo

52 78 º dia Ressignificação – aprendendo a sentir a fissura sem sofrer

53 79 º e 80º dias Técnicas da ACT* – aprendendo a aceitar o que você sente, é possível diminuir o sofrimento. * Acceptance and CommitmentTtherapy

54 81 º dia Planejando o futuro: como planejar o futuro pode ajudar na prevenção da recaída

55 84 º dia Planejando o futuro: as próximas semanas

56 85 º dia Planejando o futuro: os próximos meses

57 86 º dia Planejando o futuro: os próximos anos

58 87 º de 88º dias Revisão no final da viagem, será feita uma breve revisão de tudo o que foi conversado, para facilitar sua aplicação na vida do dia-a- dia.

59 89 º dia Feedback dos alunos sobre o curso (1): as pessoas falarão sobre suas dúvidas restantes, sobre o que gostaram e o que não gostaram nas atividades e darão sugestões para o futuro do programa.

60 90 º dia Diplomas e comemoração – todas as pessoas que participaram e finalizaram o curso receberão um diploma honorário e participarão de uma coquetel em sua homenagem.


Carregar ppt "Levantando as âncoras e mantendo o rumo Programa motivacional e psicoeducativo para prevenção de recaídas no uso de substâncias psicoativas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google