A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEFET – MG Mestrado em Estudos de Linguagens Disciplina: Ambientes Sociotécnicos para Ensino/Aprendizagem de Línguas Professora: Raquel Bambirra Aluna:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEFET – MG Mestrado em Estudos de Linguagens Disciplina: Ambientes Sociotécnicos para Ensino/Aprendizagem de Línguas Professora: Raquel Bambirra Aluna:"— Transcrição da apresentação:

1 CEFET – MG Mestrado em Estudos de Linguagens Disciplina: Ambientes Sociotécnicos para Ensino/Aprendizagem de Línguas Professora: Raquel Bambirra Aluna: Rita Andrade Apresentação 04 Richardson (2009) cap 1: (p. 1-10)

2 1989 Inicio do desenvolvimento da WWW. Internet: rede de computadores usada por pesquisadores e membros do governo para compartilhar textos e dados. Objetivo de Tim Berners Lee: criar uma ampla teia de compartilhamento de informações, construída por pessoas de todo o mundo de forma colaborativa.

3 1993 Desenvolvimento do browser Mosaic Web: a internet passa de uma ferramenta de pesquisa, de acesso restrito, baseada em textos e números, para um mundo de informações gráficas, coloridas, disponível para as massas.

4 Final Século XX Internet: rede essencial de pesquisa e comunicação que conecta pessoas ao redor do mundo. Início da escrita digital: conhecimento dos códigos HTML para fazer as páginas funcionarem; conhecimento dos protocolos para colocarem as páginas funcionando na internet.

5 Século XXI: Mudanças extraordinárias A Web da Autoria (Read/Write Web) apresenta ferramentas mais simples de publicação na internet que corroboram para a concretização da proposta de Lee: a criação de um ambiente onde todos possam interagir de forma colaborativa.

6 2003 – Pew Internet & American Life Project mais de 53 milhões de americanos adultos OU 44% dos adultos usuários da internet usam a internet para publicar pensamentos, comunicar-se, postar fotos, compartilhar documentos, etc – Another Pew study 57% de todos os adolescentes que usam a internet podem ser considerados criadores de conteúdos Technorati.com - primeira ferramenta (Web da Autoria) de fácil publicação amplamente adotada mais de 110 milhões de (we)blogs são usados para criar diários pessoais; construir sites de recursos de forma colaborativa; filtrar notícias para audiências específicas.

7 Apesar das novas tecnologias, fornecerem inúmeras ferramentas para o desenvolvimento educacional, elas têm sido pouco exploradas neste âmbito. Pessoas que têm interesses em comum podem se conectar e trocar experiências globalmente. Mudança na definição de privacidade. Internet hoje

8 Sociedade de autoria: todos terão a habilidade de contribuir com ideias e experiências para o corpo maior de conhecimento que é a Internet. Estaremos escrevendo a história humana juntos, em tempo real. Douglas Rushkoff:

9 A WEB da Autoria na Educação Rápida adaptação dos jovens aprendizes à evolução tecnológica; ausência de direcionamento/guia. Lenta adaptação da educação à evolução tecnológica: a grande maioria dos docentes e das instituições educacionais tem pouco conteúdo para promover as mudanças necessárias. Atual acesso à informação: força-nos a repensar o processo de ensino e aprendizagem.

10 Para se pensar: O que necessita mudar na nossa grade curricular, uma vez que nossos estudantes têm a habilidade de alcançar audiências muito além das paredes das salas de aula? Quais as mudanças necessárias na nossa maneira de ensinar, para que se torne mais fácil trazer fontes primárias para nossos estudantes?

11 Como devemos repensar nossas ideias de alfabetização/letramento, uma vez que temos que preparar nossos estudantes para tornarem-se não somente leitores e escritores, mas também editores, colaboradores e publicadores? Como, enquanto aprendizes, podemos começar a tirar vantagens das oportunidades dessas ferramentas disponíveis, de forma que possamos entender mais claramente as pedagogias de como usá-las na sala de aula?

12 Social Learning Essa vida online é muito mais do que apenas a Internet. Ela tornou-se uma estratégia inteira de como viver, sobreviver e prosperar no século XXI, onde o ciberespaço é uma parte da vida diária. Marc Prensky (2004)

13 National Technology Plan (2005): os estudantes de hoje, de quase qualquer idade, são bem mais letrados em computadores do que seus professores, os quais, na sua grande maioria, só tiveram contato com a tecnologia após a maturidade. William D Winn: anos de uso do computador cria crianças que pensam diferente de nós; elas desenvolvem mentes hipertextuais. Dificuldade de adaptação dos estudantes de hoje à progressão linear de ensino que a maioria dos sistemas educacionais adota.

14 Apesar das dificuldades, tanto pessoais como institucionais, na implantação dessas novas tecnologias educacionais, as mudanças vêm acontecendo. As ferramentas estão se tornando mais fáceis de usar e as vantagens são inúmeras. Além disso, há um bom número de docentes que buscam se atualizar e utilizar as ferramentas na sua prática didática.

15 Estudantes como professores O educador tem que fazer parte das redes sociais para aprender a trabalhar com os estudantes. Nesse ambiente, aprender significa construir, desenvolver, sustentar e participar de redes globais que têm conferido cada vez menos relevância ao tempo e ao local.

16 Os educadores têm que: tirar proveito das potencialidades oferecidas por essas ferramentas ao aprendizado acadêmico e pessoal; descobrir como as mudanças e as novas ferramentas modificam a natureza do aprendizado e as implicações dessas transformações para a educação.

17 Pergunte a si mesmo: Quais são suas paixões? Quem são seus professores? Eles estão todos em ambientes presenciais? Como você está construindo suas próprias redes de aprendizado usando essas ferramentas? Nesse novo ambiente, como você está modelando seu aprendizado para seus estudantes?

18 TOOLBOX Disponível em:. Acesso em should-have-to-start-an-online-business/http://learninternetbusinesstoday.com/7-things-you- should-have-to-start-an-online-business/

19 (We)blogs (We)blogs: permitem a um autor (ou autores) publicar instantaneamente na internet de qualquer conexão ; são facilmente criados e atualizados; podem ser interativos; são as ferramenta mais adotadas na Web da Autoria até agora. Wiki A Wiki é um espaço colaborativo na Web onde qualquer pessoa pode acrescentar conteúdos e/ou editar algo que já foi publicado.

20 RSS RSS é uma tecnologia que proporciona a oportunidade de se subscrever a feeds (alimentadores) de conteúdos criados na Internet, sejam eles escritos em blogs ou em espaços mais tradicionais como jornais ou revistas. Aggregators Aggregators reúnem e organizam o conteúdo gerado via RSS feed.

21 Social Bookmarking Permite aos usuários salvar e arquivar páginas inteiras de conteúdos da Web, produzindo uma espécie de Internet pessoal. Permite a professores e estudantes construir listas de recursos sobre assuntos específicos que podem ser compartilhadas.

22 Online photo galleries Online photo galleries proporcionam o compartilhamento de ideias e experiências e o uso de imagens digitais em sala de aula. Audio/video-casting Audio/video-casting facilita a produção, publicação e distribuição de arquivos de áudio e vídeo, ampliando as possibilidades de criação e desenvolvimento educacional.

23 Videos Videos Read/Write Web with WILL RICHARDSON Pt1 Disponível em:. Acessado em Read/Write Web with Will Richardson Pt2 Disponível em:. Acessado em http://www.youtube.com/watch?v=JFbDEBNS7AEhttp://

24

25


Carregar ppt "CEFET – MG Mestrado em Estudos de Linguagens Disciplina: Ambientes Sociotécnicos para Ensino/Aprendizagem de Línguas Professora: Raquel Bambirra Aluna:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google