A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Introdução. O Papel da Poupança e do Investimento O Investimento e a poupança constituem o cerne de todo o sistema financeiro.O.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Introdução. O Papel da Poupança e do Investimento O Investimento e a poupança constituem o cerne de todo o sistema financeiro.O."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Introdução

2 O Papel da Poupança e do Investimento O Investimento e a poupança constituem o cerne de todo o sistema financeiro.O Investimento e a poupança constituem o cerne de todo o sistema financeiro. Poupança: é a parte da renda não consumida. O indivíduo racional concorda em trocar um poder de consumo presente e certo por um poder de consumo futuro e incerto, se houver a expectativa de que este será maior que o primeiro.Poupança: é a parte da renda não consumida. O indivíduo racional concorda em trocar um poder de consumo presente e certo por um poder de consumo futuro e incerto, se houver a expectativa de que este será maior que o primeiro. Investimento: é a utilização de recursos poupados, próprios ou de terceiros, para a capacidade produtiva.Investimento: é a utilização de recursos poupados, próprios ou de terceiros, para a capacidade produtiva.

3 Agentes Econômicos Unidades econômicas superavitárias ou poupadores: aqueles que apresentam desejo de investir e/ou consumir inferior à capacidade de poupança, ou seja, possuem recursos em excesso.Unidades econômicas superavitárias ou poupadores: aqueles que apresentam desejo de investir e/ou consumir inferior à capacidade de poupança, ou seja, possuem recursos em excesso. Unidades econômicas deficitárias ou tomadores: aqueles que apresentam desejo de investir e/ou consumir superior à capacidade de poupança, ou seja, necessitam de recursos.Unidades econômicas deficitárias ou tomadores: aqueles que apresentam desejo de investir e/ou consumir superior à capacidade de poupança, ou seja, necessitam de recursos.

4 O Papel dos Intermediários Financeiros O sistema financeiro engloba um conjunto de instituições financeiras e de instrumentos financeiros que visam, em última análise, transferir recursos dos agentes econômicos (pessoas, empresas e governo) superavitários para os deficitários. Assim, o sistema financeiro aproxima os agentes superavitários dos deficitários ou vice- versa sem que os mesmos necessariamente precisem se conhecer.

5 Spread: Definição É a diferença entre a remuneração que a instituição financeira paga ao aplicador para captar um recurso e o quanto essa instituição cobra dos tomadores para emprestar esse mesmo recurso.

6 Modelo Simplificado de Intermediação Financeira

7 Os Mercados Financeiros O sistema financeiro nacional é dividido em quatro mercados: o monetário; o de crédito; o cambial e o de capitais.

8 Mercado Monetário No mercado monetário define-se o nível geral de liquidez da economia: nele, as autoridades monetárias operam primariamente com as instituições financeiras visando, sobretudo, o ajuste dos saldos de reservas bancárias e o financiamento dos desencaixes ocasionais do Tesouro Nacional. Neste mercado, as operações realizadas são de curtos e curtíssimos prazos.

9 Mercado de Crédito No mercado de crédito se realizam as operações de financiamento do setor real da economia. Neste mercado atende-se a todos os agentes econômicos: famílias, empresas e governos, suprindo as necessidades de caixa para operações correntes e formação de capital, geralmente através de recursos exigíveis.

10 Mercado Cambial No mercado cambial realizam-se operações de compra e venda de moedas estrangeiras mediante a intermediação de instituições financeiras autorizadas. Nas operações realizadas nesse mercado, nem todas as moedas tem liquidez. Para tanto, elas devem status de moeda conversível, passando a pertencer a uma cesta de moedas com livre trânsito internacional. Em termos mundiais, as moedas mais negociadas nos mercados de câmbio são: o dólar, o euro, o iene e a libra esterlina, da Grã-Bretanha.

11 Mercado de Capitais No mercado de capitais as operações são usualmente de longo prazo e podem envolver a compra de participação acionária no empreendimento. No mercado de capitais, os principais títulos negociados são os representativos do capital de empresas (ações) ou de empréstimos feitos via mercado por empresas (debêntures, commercial papers, etc) sem a participação de intermediários bancários.

12 Referências ASSAF NETO, Alexandre. Mercado Financeiro. 9.ed. São Paulo: Atlas, LAGIOIA, Umbelina Cravo Teixeira. Fundamentos do mercado de capitais. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

13 Questões 1.Como é definido o termo Poupança? 2.Como é definido o termo Investimento? 3.O que são unidades econômicas superavitárias ou poupadores? 4.O que são unidades econômicas deficitárias ou tomadores? 5.O mercado financeiro é dividido em quatro, explique suas funções resumidamente:Mercado Monetário, Mercado de Crédito, Mercado Cambial, Mercado de Capitais. 6.Como é definido o spread das instituições financeiras?


Carregar ppt "SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Introdução. O Papel da Poupança e do Investimento O Investimento e a poupança constituem o cerne de todo o sistema financeiro.O."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google