A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BNDES Capitalismo Concorrencial, Estado e Regulação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BNDES Capitalismo Concorrencial, Estado e Regulação."— Transcrição da apresentação:

1 BNDES Capitalismo Concorrencial, Estado e Regulação

2 Objetivos do Trabalho Apresentar a estrutura e objetivos do BNDES Relacionar a teoria Demontrar os segmentos de atuação Demontrar as linhas de crédito Expor as defesas e críticas dessa atuação Referências Bibliográficas

3 O BNDES Organizacional

4 Histórico/ Objetivos O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), empresa pública federal, é hoje o principal instrumento de financiamento de longo prazo para a realização de investimentos em todos os segmentos da economia, em uma política que inclui as dimensões social, regional e ambiental.

5 Desde a sua fundação, em 1952, o BNDES se destaca no apoio à agricultura, indústria, infraestrutura e comércio e serviços, oferecendo condições especiais para micro, pequenas e médias empresas. O Banco também vem implementando linhas de investimentos sociais, direcionados para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano. Histórico/ Objetivos

6 O apoio do BNDES se dá por meio de financiamentos a projetos de investimentos, aquisição de equipamentos e exportação de bens e serviços. Além disso, o Banco atua no fortalecimento da estrutura de capital das empresas privadas e destina financiam entos não reembolsáveis a projetos que contribuam para o desenvolvimento social, cultural e tecnológico. Histórico/ Objetivos

7 Em seu Planejamento Corporativo 2009/2014, o BNDES elegeu a inovação, o desenvolvimento local e regional e o desenvolvimento socioambiental como os aspectos mais importantes do fomento econômico no contexto atual, e que devem ser promovidos e enfatizados em todos os empreendimentos apoiados pelo Banco. Assim, o BNDES reforça o compromisso histórico com o desenvolvimento de toda a sociedade brasileira, em alinhamento com os desafios mais urgentes da dinâmica social e econômica contemporânea. Histórico/ Objetivos

8

9 Estrutura Por ser uma empresa pública, o BNDES tem as suas operações financeiras, balanços e políticas de gestão fiscalizadas por colegiados, compostos por representantes do governo, de entidades externas e da sociedade civil. Estes colegiados são o Conselho de Administração, o Comitê de Auditoria e o Conselho Fiscal. Conselho de Administração, o Comitê de Auditoria e o Conselho Fiscal. Além destas questões o BNDES possui um código de ética.

10 Estrutura - Gestão A instituição utiliza o denominado sistema de Gestão Fiscalizada, prática esta de governança pública onde dois conselhos revisam as ações estratégicas e operacionais. O conselho fiscal e conselho administrativo formados por representantes do governo, sociedade civil, Banco Central do Brasil (BACEN) e Conselho Monetário Nacional (CMN). A cada trimestre o corpo diretivo se apresenta ao congresso nacional para prestação de contas do andamento econômico de suas ações. Também é fiscalizado e presta contas ao tribunal de contas da união (TCU), representado neste caso pelo poder legislativo. A entidade também mantém portais de informação na internet com o numerário e relatos de suas ações gerenciais.

11

12 Teoria Organizacional

13 Teoria EmpresárioCrétido Inovação

14 O "capital" não é o estoque de bens reais de uma comunidade, mas sim,uma reserva monetária que capacita ao empresário ter o "poder de controle" sobre os fatores de produção, deslocando-se dos velhos empregos e canalizando-os para os novos usos que a inovação exige. É "aquela soma de meios de pagamento que está disponível a qualquer momento a ser transferido aos empresários". Esses recursos de capital são conseguidos nos bancos criadores de crédito. Desempenha, no sistema schumpeteriano, o mesmo papel que uma autoridade planificadora desempenha numa economia entralizada: nesta economia, através de uma ordem da autoridade, os recursos são desviados do emprego corrente para novas formas de utilização e na economia capitalista o crédito nas mãos do empresário permite que o mesmo utilize para seus fins parte da riqueza do sistema.

15 Segmentos de Mercado Organizacional

16

17

18

19

20 Áreas de Atuação/Setores Organizacional

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30 O BNDES Em números (principais)

31

32

33

34

35 Evolução do desembolso do BNDES em 2010 – Em Bilhões R$

36 Evolução do lucro líquido do BNDES– Em Bilhões R$

37 Defesas e Críticas Organizacional

38 nonon

39

40

41

42 Referências Bibliográficas Organizacional

43 Referências Bibliográficas RUIZ, João Álvaro. Metodologia Científica: guia para eficiência nos estudos. São Paulo: Altas, WIKIPEDIA, BNDES. Disponível em:. Acesso em: 08 de Outubro de 2011.http://pt.wikipedia.org/wiki/BNDE WIKIPEDIA, EMBRAER. Disponível em:. Acesso em: 08 de Outubro de 2011.http://pt.wikipedia.org/wiki/Embraer WIKIPEDIA, Banco Mundial. Disponível em:. Acesso em: 08 de Outubro de BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento. Disponível em:. Acesso em: 08 a 12 de Outubro de CARDOSO, Fernado Henrique. Cartas a um Jovem Político - Para Construir um País Melhor. São Paulo: Alegro, 2006.

44 Referências Bibliográficas O Globo Online, BNDES. Disponível em:. Acesso em: 14 de Outubro de de-empresarios-defende-bndes-mas-especialistas-criticam- politica-de-fomento asp Revista Veja Online, BNDES. Disponível em:. Acesso em:13 de Outubro de bndes-viram-alvo-de-critica-dos-economistas


Carregar ppt "BNDES Capitalismo Concorrencial, Estado e Regulação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google