A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C Alessandra Gomes; Mathias Schmidt; Rafael Silveira; Frederico ; Bruno Nogueira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C Alessandra Gomes; Mathias Schmidt; Rafael Silveira; Frederico ; Bruno Nogueira."— Transcrição da apresentação:

1 c Alessandra Gomes; Mathias Schmidt; Rafael Silveira; Frederico ; Bruno Nogueira

2 Agenda: Visão Geral. Histórico. Características da Vale. Setor
Índices Financeiros. Futuro.

3 Visão Geral

4 Visão Geral Acionistas.

5 Visão Geral VALE é a empresa que mais gera valor para os acionistas entre as empresas produtoras de matéria prima. Fonte: “Searching for Sustainability”, The Boston Consulting Group, October 2009, empresas“large-cap”.

6 Visão Geral Fonte: “Searching for Sustainability”, The Boston Consulting Group, October 2009, empresas“large-cap”.

7 Vale é a segunda maior empresa de mineração do mundo.
Visão Geral Vale é a segunda maior empresa de mineração do mundo. Fonte:

8 Histórico

9 Nasce em 1942 como a estatal Companhia Vale do Rio Doce
1948: responsável por 80% das exportações de minério de ferro do país Maior exportadora de minério de ferro do mundo em 1974 Ingressa no segmento de alumínio em 1982 Alcança auto-suficiência na produção de carvão vegetal em 1988

10 Apresenta o primeiro plano de desenvolvimento sustentável do país (Conferência ECO 92- RJ)
Privatizada em 1997 Consórcio Brasil arremata 41,73% das ações ordinárias da Vale por R$ milhões em moeda corrente No primeiro ano após a privatização, atinge crescimento de 46% no lucro em relação a 1996

11 Em 2008 a Companhia Vale do Rio Doce passa a usar o nome Vale
Consolida sua inserção internacional com US$ 3,952 bilhões em exportações em 2003 Em 2008 a Companhia Vale do Rio Doce passa a usar o nome Vale  Tornou-se 33° maior empresa do mundo (de acordo com o Financial Times de 2008) e maior do Brasil em volume de exportação

12 Características da Vale

13 Receita por produto – jan/dez 2009
Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

14 Receita por destino de venda– jan/dez 2009
Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

15 Produção e reservas de ferro
Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

16 Produção e reservas de níquel.
Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

17 Setor.

18 Produção industrial global se recupera mas rápido que o esperado.
Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

19 Consumo e produção de aço na China.
Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

20 Produção global de aço. Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

21 Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

22 Preço do minério de ferro.
Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

23 Dados financeiros e Comparações

24 RECEITA OPERACIONAL IT09 4T09 1T10 VALE 5.421 6.541 6.848 Braskem 3.260 4.253 4.466 MMX 92 133 121

25 RECEITA OPERACIONAL IT09 4T09 1T10 VALE 5.421 6.541 6.848 Braskem 3.260 4.253 4.466 MMX 92 133 121

26

27 Futuro

28 Serra Sul é o maior projeto da história da Vale e da indústria de minério de ferro do mundo.
Complexo Mineral de Carajás, Estado do Pará Capacidade de produção de 90 Mtpa. Fonte:http:// /vale/media/100127INIRio.pdf

29 DEPOIS DE DOBRAR PREÇO DO MINÉRIO EM ABRIL, VALE TERÁ NOVO AUMENTO DE 35%
Com novo reajuste, previsão é que Vale dobre o faturamento este ano; siderúrgicas já se preparam para repassar o aumento de custos (O Estado de S.Paulo, 30/5/10)

30 PERGUNTAS? OBRIGADO(A)!


Carregar ppt "C Alessandra Gomes; Mathias Schmidt; Rafael Silveira; Frederico ; Bruno Nogueira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google