A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parceria Público-Privada em Esgotamento Sanitário Região Metropolitana do Recife 30 de Outubro de 2012 FIESP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parceria Público-Privada em Esgotamento Sanitário Região Metropolitana do Recife 30 de Outubro de 2012 FIESP."— Transcrição da apresentação:

1 Parceria Público-Privada em Esgotamento Sanitário Região Metropolitana do Recife 30 de Outubro de 2012 FIESP

2 Agenda Conhecendo a Compesa Esgotamento Sanitário em Pernambuco e no Brasil Parceira Público-Privada da RMR 2

3 Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa 41 anos de existência Faturamento: R$ 900 mi (2011) e R$ 1,02 bi (meta 2012) Lucro operacional líquido (2011): R$ 52 mi Número de empregados: População com serviço de água: 96,5% População com serviço de esgoto: 18,3% Número municípios atendidos: 173* *Pernambuco possui 184 municípios Recife Conhecendo a Compesa Informações Gerais

4 Conhecendo a Compesa Investimentos de R$ 3,2 bi entre

5 1.300 km de tubulações com l/s Atenderá 2 milhões de habitantes Em 87 municípios e 80 distritos Investimento: R$ 2,3 bilhões Principais investimentos Obras em destaque

6 Principais investimentos Outras obras em destaque

7 Principais investimentos Em todas as regiões de desenvolvimento do Estado

8 Brasil – Esgotamento Sanitário Contextualização – Índice de Atendimento 8 < 10,0% 10,1 a 20,0% 20,1 a 40,0% 40,1 a 70,0% > 70,1% Fonte: SNIS, 2010 Dados não disponíveis no SNIS

9 9 Uma realidade que não é mais aceitável...

10 Doenças que deviam estar erradicadas... Amebíase Diarréia Gastroenterite Cólera Leptospirose Esquistossomose Hepatite Outros 10

11 Universalização do Esgotamento Sanitário O que significa para a população? Número de óbitos por doenças gastrintestinais infecciosas* 11 A UNIVERSALIZAÇÃO DO SANEAMENTO DIMINUI SENSIVELMENTE A MORTALIDADE POR INFECÇÕES GASTROINTESTINAIS CRIANÇAS MORREM TODOS OS ANOS! * Amebíase, Diarréia, Gastroenterite, Cólera, Leptospirose e etc., em pessoas até 14 anos de idade DataSUS 2008

12 Passado vs Futuro Esgotamento Sanitário em Pernambuco 12 Média histórica 0,6% por ano (30% em 50 anos ou mais anos) Média necessária 5% por ano (triplicar o que foi feito em 50 anos, em apenas 12) Volume de Investimentos significativo R$ ,00

13 Investimento COMPESA Evolução dos Investimentos nos Últimos 10 Anos (R$ mi) 13 Os valores de 2002 a 2010 foram corrigidos para valores de 2011 através do INCC O GOVERNO DE PERNAMBUCO QUADRUPLICOU O VOLUME DE INVESTIMENTOS NO SETOR DE SANEAMENTO BÁSICO R$ 1,8 bi R$ 458 MM

14 PMI Agente Empreendedor Andrade Gutierrez (2007) Consórcio com Foz do Brasil (2010) LICITAÇÃO Publicação Edital (12/07/2012) Fase atual: análise propostas técnicas Participantes: 2 consórcios ANÁLISES Consórcio Entrega Estudo de Viabilidade Contratação KPMG Comissão Interna Compesa e Comitê de PPPs do Estado Construindo a PPP Etapas vencidas DIVULGAÇÃO Consulta Pública (DEZ-2011) Audiência Pública (ABR-2012) Divulgação em diversos fóruns (FEV a MAI-2012) CONTRATOS DE PROGRAMA Renovados por 50 anos

15 Acesso ao Esgotamento Sanitário na RMR A meta de atendimento 15 Fonte: COMPESA ESGOTO 30%30% 90% em 12 anos PPP Investimentos Públicos e Privados

16 O Modelo PPP de Saneamento para a RMR PPP ADMINISTRATIVA Objeto da contratação: Investimentos para ampliação e recuperação dos Sistemas Prestação de serviços de coleta e tratamento de esgotos Contratante: COMPESA – Companhia Pernambucana de Saneamento Período de contrato: 35 anos Contrapartida: % do faturamento de esgoto Investimentos Governamentais ContratoContrato A remuneração do Privado está condicionada a metas de eficiência na prestação dos serviços 16

17 Relação do cliente com a COMPESA 17 A COMPESA CONTINUARÁ CONDUZINDO O RELACIONAMENTO COM O CLIENTE, INCLUINDO AS LOJAS DE ATENDIMENTO E CALL CENTER

18 O Maior Projeto de Saneamento do Brasil 15 Municípios Recife Olinda Paulista Abreu e Lima Igarassu Cabo de Santo Agostinho Itamaracá Araçoiaba Camaragibe São Lourenço da Mata Ipojuca Moreno Itapissuma Jaboatão dos Guararapes Goiana 18 POPULAÇÃO BENEFICIADA

19 Evolução da área de atendimento até a Universalização (12 anos) 19 Área de atendimento atual (Sistemas existentes)

20 Evolução da área de atendimento até a Universalização (12 anos) 20 Área de atendimento no 3° ano do contrato

21 Evolução da área de atendimento até a Universalização (12 anos) 21 Área de atendimento no 6° ano do contrato

22 Evolução da área de atendimento até a Universalização (12 anos) 22 Área de atendimento no 9° ano do contrato

23 Evolução da área de atendimento até a Universalização (12 anos) 23 Área de atendimento no 12° ano do contrato

24 Áreas de Ocupação Especial Mantém a política atual ÁREAS DE OCUPAÇÃO ESPECIAL DENTRO DA RMR ESTÃO INCLUÍDAS ÁREAS DE OCUPAÇÃO ESPECIAL DENTRO DA RMR ESTÃO INCLUÍDAS NO PROJETO; NO PROJETO; SEMPRE QUE HOUVER CONDIÇÕES MÍNIMAS DE URBANIZAÇÃO SEMPRE QUE HOUVER CONDIÇÕES MÍNIMAS DE URBANIZAÇÃO SERÃO INCORPORADAS AO SISTEMA EXISTENTE; SERÃO INCORPORADAS AO SISTEMA EXISTENTE; OBRIGAÇÃO DE MANTER, NO MÍNIMO, O MESMO PERCENTUAL DE OBRIGAÇÃO DE MANTER, NO MÍNIMO, O MESMO PERCENTUAL DE CLIENTES COM TARIFA SOCIAL PREVISTO NO ESTUDO KPMG (8%). CLIENTES COM TARIFA SOCIAL PREVISTO NO ESTUDO KPMG (8%). 24 Obra de saneamento integradoRetirada de Palafitas

25 Uma migração gradual e cuidadosamente planejada da Receita de Esgoto 1º Ano PPP = 50% Compesa = 50% 2º Ano PPP = 70% Compesa = 30% 3º Ano PPP 90% Compesa 10% 25 A TRANSFERÊNCIA GRADUAL DA RECEITA DE ESGOTO IRÁ PERMITIR QUE A COMPESA ADEQUE SEU PLANO DE CONTAS OS CUSTOS OPERACIONAIS DO SISTEMA DE ESGOTO SERÃO TRANSFERIDOS PARA O OPERADOR PRIVADO JÁ NO 1º ANO DO CONTRATO PESSOAL ENERGIA PRODUTOS QUÍMICOS MANUTENCAO TRANSPORTE E LODO LIMPEZA, VIGILANCIA, LABORATORIO E OUTROS OS CUSTOS OPERACIONAIS DO SISTEMA DE ESGOTO SERÃO TRANSFERIDOS PARA O OPERADOR PRIVADO JÁ NO 1º ANO DO CONTRATO PESSOAL ENERGIA PRODUTOS QUÍMICOS MANUTENCAO TRANSPORTE E LODO LIMPEZA, VIGILANCIA, LABORATORIO E OUTROS

26 26 Estimativa de Investimento com a PPP Crescimento Exponencial

27 Investimento projetado Alocação Público-Privado R$ Universalização dos serviços de esgotamento sanitário Crescimento VegetativoRecuperação e Ampliação

28 Investimento projetado Alocação Público-Privado R$ Universalização dos serviços de esgotamento sanitário Crescimento VegetativoRecuperação e Ampliação

29 Modelo Econômico-financeiro Resultados Cenário Base O cenário alcançado no Projeto apresenta como resultado a Taxa Interna de Retorno de 8,41%.. Conclusão Resultado adequado em relação as taxas de retorno médias praticadas pelo mercado no setor de saneamento, em torno de 8,50% real. R$ Período de recuperação e ampliação dos sistemas Período de esgotamento sanitário já universalizado

30 Uma nova realidade para a Região Metropolitana do Recife 30 Uma alternativa para recuperar o tempo perdido...

31 Parceria Público-Privada em Esgotamento Sanitário Região Metropolitana do Recife Roberto C. Tavares Presidente da Compesa


Carregar ppt "Parceria Público-Privada em Esgotamento Sanitário Região Metropolitana do Recife 30 de Outubro de 2012 FIESP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google