A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Criação Publicitária Prof. André Wander. Criação Publicitária Papel da propaganda = vender (produto, imagem, idéia, filosofia, hábito novo) Papel da criação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Criação Publicitária Prof. André Wander. Criação Publicitária Papel da propaganda = vender (produto, imagem, idéia, filosofia, hábito novo) Papel da criação."— Transcrição da apresentação:

1 Criação Publicitária Prof. André Wander

2 Criação Publicitária Papel da propaganda = vender (produto, imagem, idéia, filosofia, hábito novo) Papel da criação = aumentar a eficácia, tornar interessante, fazer aparecer Criatividade = não deixar que o consumidor fique indiferente a sua mensagem: que ele ria, se emocione, fique com água na boca e que TENHA VONTADE DE COMPRAR Propaganda = reflexo do mundo

3 Criação Publicitária Características da criação: Ser curioso Arriscar (superar medo pela curiosidade) Desejar aprender = descoberta apaixonante Perguntar Aceitar a ambigüidade (Criar uma alternativa: busca do novo, do diferente)

4 Criação Publicitária Características da criação: Questionar: capacidade de propor a ambigüidade: jogar novas luzes sobre a questão) Conviver (fonte de inspiração, buscar intimidade) Vibrar com a descoberta Admirar Criativo: buscar a melhor solução Estrategista

5 Criação Publicitária Limites da criação de campanha: tom estilo layout

6

7

8 Criação Publicitária Simplicidade = somente o necessário para criar impacto Relevância e originalidade ao pensamento estratégico DIFERENCIAÇÃO NO MERCADO ORIENTAR O CONSUMIDOR, CONSTRUIR A IMAGEM, COM O QUE AQUELA MARCA/produto SE PARECE.

9 Criação Publicitária DUPLAS DE CRIAÇÃO = flexibilidade

10 Criação Publicitária Como se cria? 1. Busque informação (abastecer a memória) Briefing Brainstorm 2. Forme sua opinião Internalização das informações 3. Deixe a idéia vir Elaboração do rough/insight

11 Criação Publicitária OBS: Aprenda a criar com adequação Evite as sutilezas (valorize o dinheiro do cliente) Avalie o material e não o profissional Fique de olho no briefing

12

13

14

15

16

17

18 Criação Publicitária Inspiração: Apelos pictóricos Tendências e variações Antigos e modernos princípios artísticos Meios para impactar

19 Criação Publicitária Criação Não há fórmula para se produzir PROPAGANDA Achar idéia que sirva a ocasião Saber como apresentar o tema, de acordo com cada veículo ACHAR A PROPOSIÇÃO DE COMPRA CORRETA!

20 Criação Publicitária Criatividade Conhecimento Familiaridade com os fatos, situação Perguntas Não emitir opiniões e não se envolver nelas Pense nos fatos!!!

21 Criação Publicitária Criatividade Definição Definir objetivos (marketing/propaganda) Fixar metas a serem atingidas O que vendemos? A quem vendemos? Onde vendemos? Quando vendemos? Como vendemos?

22 Criação Publicitária Criatividade DEIXE A MENTE SOLTA PARA PRODUZIR! Associação de idéias Imaginação e memória!

23 Criação Publicitária Criatividade Brainstorm Completa ausência de críticas Sugerir soluções Busca-se idéias expelidas pelos participantes Acumular idéias!

24 Criação Publicitária Criatividade Seleção Relacione as idéias! Defini TEMA DA CAMPANHA Proporcionar satisfação ao consumidor Competidores não devem ter igual, ou ter em menor grau Não serem idéias de anúncios anteriores Ligada as necessidades/desejos do Público-alvo

25 Criação Publicitária Criatividade Interpretação Buscar a melhor forma de comunicar a idéia Elabore! Refine! Aprimore! Comprovação Teste sua validade É realmente a solução? Por quê? Onde? Quando? Quem? O quê? Como?

26 Criação Publicitária Bons anúncios Original (na forma, na ilustração, no layout, etc) Oportuno (atingir no momento mais adequado) Persuasivo (credibilidade) Persistente (incutir o hábito) Motivação (responder anseios)

27

28

29 Criação Publicitária Case: A Nike é a maior empresa de calçados esportivos nos EUA e uma das marcas americanas mais reconhecidas entre consumidores estrangeiros. Este alto grau de reconhecimento é uma das principais razões do imenso sucesso da Nike. Talvez este sucesso possa ser atribuído a suas campanhas publicitárias com forte base conceitual. A empresa utiliza um processo que é muitas vezes chamado de transferência de imagem. As propagandas da Nike tradicionalmente não inseriam um produto em particular – nem mencionavam o nome da marca. Uma certa atmosfera ou disposição eram criados e então a marca é associada com essa disposição. Nós não nos propomos a fazer propagandas. O objetivo final é criar uma conexão, declara Dan Weiden, executivo de uma das agências da Nike. As campanhas fazem uso de verdadeiros atletas e demonstram que eles preferem Nike, e que, talvez, se o público em geral comprar a marca, também jogará melhor.

30 Criação Publicitária Em 1998, a Nike passou por uma nova fase em sua estratégia de marketing. Ela passou a enfatizar mais suas qualificações para inovar em produtos e menos a atitude persuasiva e mordaz mostrada em anos anteriores. Com o lançamento da campanha I can (Eu posso), a Nike passou a demonstrar menos os atletas célebres e mais o uso de produtos. As concorrentes Reebok e Adidas recentemente apresentaram anúncios focalizando em produtos e tiveram grande sucesso. Apesar deste enfoque reformulado, a Nike não desistiu do marketing inovador. Falando de futuro À medida que a empresa se volta para frente, para 2010, no centro da futura estratégia de marketing está a arena internacional, que pode ser o elemento mais difícil de empreender. Parece haver um forte reconhecimento de que, até 2010 a Nike será maior no exterior do que nos EUA. Até 2003, as vendas internacionais compreendiam um terço dos negócios. A Nike gostaria de expandir para a área de futebol e de esportes internacionais, mas para isso, terá que redefinir seu enfoque de marketing e de distribuição para se restabelecer como produtos de calçados esportivos tecnicamente superiores.

31 Criação Publicitária Pede-se: Criação de peça publicitária que defina a Nike como uma empresa de calçados esportivos tecnicamente superiores.

32 Referências bibliográficas BERTOMEU, João. Criação na propaganda impressa. São Paulo: Futura, p. 30 – 115. CESAR, Mewton. Direção de arte em propaganda. São Paulo: Futura, p. 29 – 148; PREDEBON, José. Curso de propaganda. São Paulo: Atlas, p. 104 – 152. RIBEIRO, Júlio [et al.] RIBEIRO, Júlio e outros. Tudo que você queria saber sobre propaganda e nunca ninguém teve paciência para explicar. São Paulo; Ed. Atlas, p. 119 – 177 SANTANNA, Armando. Propaganda – teoria, técnica e prática. São Paulo, Thompson Learning Edições, p. 269 – 271.


Carregar ppt "Criação Publicitária Prof. André Wander. Criação Publicitária Papel da propaganda = vender (produto, imagem, idéia, filosofia, hábito novo) Papel da criação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google