A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ontogenia dos comportamentos de ratos desnutridos no labirinto em T Luciene Rocinholi.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ontogenia dos comportamentos de ratos desnutridos no labirinto em T Luciene Rocinholi."— Transcrição da apresentação:

1 Ontogenia dos comportamentos de ratos desnutridos no labirinto em T Luciene Rocinholi

2 Introdução Desnutrição Anormalidades Morfológicas, Neuroquímicas, Neurofisiológicas no SNC (Morgane et al., 1993; 2004) Alterações comportamentais (Almeida et al., 1994 e 2006)

3 Alterações Comportamentais da desnutrição Ratos desnutridos (desnutrição proteica) apresentam menor ansiedade/maior impulsividade do que ratos controles no Labirinto em Cruz Elevado - LCE aos 70 dias de idade. (Almeida et al., 1991) Ratos desnutridos (desnutrição proteico calórica) apresentaram Esquiva maior do que os controles no Labirinto em T Elevado – LTE aos 70 dias de idade, revelando também menor ansiedade/maior impulsividade (Silva-Hernandez et al., 2006) Animais Desnutridos (desnutrição proteica) revelaram ainda mais alta transição no teste claro-escuro, menor aquisição no reforçamento diferencial de baixas taxas (DRL) (Brioni e Orsingher, 1988; Tonkiss et al 1990)

4 Desnutrição Técnicas mais utilizadas Redução da quantidade de proteína na dieta Controle: 16% proteína Desnutrido: 6% proteína Redução da quantidade de dieta oferecida Controle: Dieta à vontade Desnutrido: 40 ou 50% da dieta oferecida ao grupo Controle Aumento do número de filhotes na ninhada Controle: 8 filhotes Desnutrido: 16 filhotes Utilização de ratas tias Controle: ninhadas mantidas 12 horas pela rata-mãe e 12 horas por uma rata-mãe de outra ninhada Desnutrido: ninhadas mantidas 12 horas pela rata-mãe e 12 horas por uma rata-tia

5 Efeitos da desnutrição no desenvolvimento A Desnutrição pode produzir menor ansiedade/maior impulsividade ou um atraso na ontogenia do comportamento exploratório em uma situação de ansiedade A hipótese de atraso na ontogenia é reforçada por trabalhos que descreveram que anormalidades comportamentais e Bioquímicas desaparecem mais tarde se animais desnutridos são mantidos recebendo dieta inadequada.(Almeida et al 1992); ou seja, o animal desnutrido é capaz de apresentar comportamentos semelhantes aos controles num período mais distante do desenvolvimento. Uma vez que Ratos desnutridos jovens, aos 22 dias, exploraram mais os braços abertos do LCE do que animais aos 35 dias, revelando também menor ansiedade/maior impulsividade em animais mais jovens (Riul et al.,1998) torna-se interessante investigar o comportamento destes animais ao longo do desenvolvimento em outros modelos animais.

6 T-maze (Plus-maze modificado) Vantagem Permite a distinção em um mesmo animal dos dois diferentes tipos de medo e possibilita investigar a aprendizagem e a memória Medo aprendido: LB, E1, E2 Esquiva Inibitória Medo Inato: F1, F2 Fuga

7 Justificativas Conhecendo alguns efeitos produzidos pela desnutrição no início da vida (até 49 dias) no comportamento de animais adultos as vantagens de se utilizar o T-maze Comportamento diferenciado de animais jovens comparados aos adultos

8 Objetivo Investigar no T-maze os efeitos da desnutrição proteico-calórica em ratos no período de desenvolvimento (21 e 50 dias de idade).

9 Tabela - Delineamento Experimental DietaSexoIdade (dias) Grupos Controle-C: Dieta à vontade 20 ninhadas (6 Machos 2 Fêmeas) Macho (M) Fêmea (F) CM21 (n=8) CM50 (n=8) CF21 (n=8) CF50 (n=8) Malnutrido:M 40% da quantidade ingerida pelos controles 20 ninhadas (6 Machos 2 Fêmeas) Macho (M) Fêmea (F) MM21 (n=8) MM50 (n=8) MF21 (n=8) MF50 (n=8) Todos os animais foram pesados uma vez por semana

10 T-maze (Plus-maze modificado) LB, E1, E2 Coloca-se o rato no braço fechado Registra-se o tempo para o animal sair com as quatro patas Intervalo 30 s entre as medidas Tempo máximo 5 minutos F1 Coloca-se o rato 30 s após E2 em um dos braços abertos Registra-se o tempo para o animal sair deste braço, com as quatro patas Tempo máximo 5 minutos

11 T-maze (Plus-maze modificado) E3 Coloca-se o rato no braço fechado 72 h após F1 Registra-se o tempo para o animal sair do braço com as quatro patas Tempo máximo 5 minutos F2 Coloca-se o rato em um dos braços abertos, 30s após E3. Registra-se o tempo para o animal sair do braço com as quatro patas Tempo máximo 5 minutos

12 Resultados: Peso Corporal Dia o: Semelhantes para as duas ninhadas Dia 21: Diferenças Entre Controles e Desnutridos Dia 50: Diferenças Entre Controles e Desnutridos e Diferenças Entre Machos e Fêmeas

13 Resultados: T-maze: LB, E1, E2 Efeito de Idade Ratos (machos ou fêmeas; controles ou desnutridos) apresentam LB, E1 e E2 maiores aos 21 do que aos 50 dias de idade.

14 Resultados: T-maze: E3 Efeito Interação: Dieta x Sexo Fêmeas Controles apresentaram E3 maiores do que Fêmeas Desnutridas

15 Resultados: T-maze: F1e F2 Efeito de interação: Sexo x Idade Ratos Machos apresentaram F2 maior aos 21 do que aos 50 dias de idade.

16 Discussão Idade Neste estudo animais jovens apresentam latências de esquiva maiores do que ratos mais velhos, ou seja ansiedade diminuiu com a idade em animais testados no T-maze. Enquanto na literatura a ansiedade aumenta com a idade em ratos testados no Plus-maze (Imhof et al 1993; Riul et al.,1998) Diferenças no modelo? Diferenças devido a análise de medidas mais sensíveis para indicar diferenças?

17 Discussão Dieta x Sexo A Esquiva 3 foi maior nas fêmeas Controles do que nas desnutridas A desnutrição pós-natal pode promover alterações em estruturas neurais, como hipocampo, que está envolvido com a memória. Pq o efeito somente nas fêmeas? Sexo x Idade Machos apresentaram F2 maior aos 21 do que aos 50 dias de idade. Permanecer mais tempo no braço aberto está relacionado com menor ansiedade aos 21 do aos 50 dias. F2 é uma medida do medo inato. Seria adequado realizar esta segunda medida? Dados na literatura não mostram efeito na Fuga em animais aos 70 dias de idade

18 Discussão Desnutrição Desnutrição protéico calórica X Desnutrição proteica Nenhum efeito de dieta ou interação dieta idade foi encontrado nos animais deste trabalho. Em contraste, estudos na literatura tem mostrado esses efeitos na ontogenia do comportamento exploratório de ratos, entretanto, as diferenças aparecem somente quando se compara animais controles e desnutridos aos 80 e 100 dias de idade,mas não em ratos jovens (21 e 50 dias).

19 Fim

20 LB, E1, E2 - Medianas

21 E3 MEDIANA

22 F1, F2 MEDIANA


Carregar ppt "Ontogenia dos comportamentos de ratos desnutridos no labirinto em T Luciene Rocinholi."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google