A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Impacto das mudanças do estilo de vida em pessoas com elevados níveis plasmáticos de glicose e lipídeos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Impacto das mudanças do estilo de vida em pessoas com elevados níveis plasmáticos de glicose e lipídeos."— Transcrição da apresentação:

1 Impacto das mudanças do estilo de vida em pessoas com elevados níveis plasmáticos de glicose e lipídeos.

2 Objetivos Avaliar a efetividade de um protocolo de mudança de estilo de vida, praticável e barato, sobre alguns parâmetros de saúde em pessoas acima do peso, com glicemia de jejum alterada.

3 Introdução: O DM 2 é um desafio no campo da saúde púlica, com uma perspectiva de 366 milhões de pessoas afetadas em É considerado um importante fator de risco para coronariopatia, ICC, AVC e HAS. A incidência de IAM nesses indivíduos é 6x maior. No Brasil, essa doença afeta 7,6% dos indivíduos entre 30 e 69 anos. É um dos componentes da Sd. Metabólica, que tb aumenta a incidência de doença cardiovascular, com risco de 2,5 vezes maior em quem tem sd, metabólica quando comparado àqueles que tem somente o DM2

4 Introdução: Está associado a estilo de vida sedentário, obesidade abdominal. Mudanças no estilo de vida tem sido recomendadas tanto para prevenção, quanto para tratamento de doenças crônicas, como o DM2. O presente estudo visa avaliar o impacto dessas mudanças de estilo de vida em pessoas com sobrepeso e alteração da glicemia de jejum.

5 Métodos: O estudo incluiu 80 pessoas com glicemia de jejum alterada (>99mg/dl), com >40 anos, de ambos os sexos, sem uso de medicação hipoglicemiante ou hipolipemiante, sem fatores que limitassem a prática de exercício físico. Foram divididos em 2 grupos:o grupo controle(G1), que participou apenas de avaliação clínica e laboratorial, e o grupo intervenção(G2), que participou do protocolo.

6 Métodos: O protocolo: foi composto por sessões diárias de 80 min de exercício físico aeróbico(20 min de aquecimento, 40 min caminhada, e 20 min de alongamento), 5 dias por semana, na intensidade de 50-70% do condicionamento cardiovascular(VO2 máx). Eles tb recebiam orientações de dieta. Os pacientes foram avaliados no início do estudo (T0), três (T1) e seis meses depois (T2). A avaliação incluiu IMC(K/m2), circunferência abdominal, porcentagem de gordura total, Vo2 máx, glicemia de jejum, TGs, CT e frações.

7 Resultados: No início, ambos os grupos eram similares para composição corporal, idade, nível de glicemia de jejum, perfil lipídico e condicionamento cardiovascular. O grupo- controle não apresentou mudanças, durante o experimento, nos níveis de glicemia de jejum, CT, LDL, TGs, HDL,Vo2 máx e HDL. O grupo intervenção mostrou redução significativa do CT em T1 e T2, e queda do LDL em T2 quando comparado a T0.

8 Resultados: A glicemia de jejum tb apresentou redução neste último grupo, em T1 e T2. O TGs apresentou redução em T2, e a Vo2 máx aumentou em T2. De modo geral, independentemente das mudanças de IMC e circunferência abdominal, o grupo que participou do protocolo mostrou importantes reduções nos níveis plasmáticos de TGs, CT, LDL, não HDL e glicose.

9 Discussão: Fica claro que as mudanças no estilo de vida tem impacto não somente na prevenção de doenças crônicas, mas tb no seu tratamento, e deveria ser estimulada como estratégia primária em programas de saúde pública no tratamento de doenças crônicas. No grupo grupo intervenção apresentou aumento da Vo2 máx. Provavelmente, os exercícios promoveram aumento da captação muscular de glicose, com diminuição da resistência a insulina. O protocolo mostrou redução dos níveis de glicose e lipídeos, independentemente de mudança na composição corporal.

10 Discussão: Com a intervenção no estilo de vida, e consequente prevenção ou mesmo tratamento de casos de DM2, haveria uma grande economia, de milhões,em termos de saúde pública. Considerando custo-benefício, é mais barato investir em intervenção e mudança de estilo de vida, do que fazer prevenção da incidência de DM2 com metformina. Além de tudo, não traz efeitos colaterais.

11 Conclusão: O protocolo mostrou melhora impotante dos parâmetros de saúde no grupo intervenção quando comparado ao grupo controle, independente de produzir ou não mudanças na quantidade de gordura corporal. Ou seja, cuide da sua saúde com alimentação saudável e exercício físico! È barato, faz bem, e não tem efeito colateral.


Carregar ppt "Impacto das mudanças do estilo de vida em pessoas com elevados níveis plasmáticos de glicose e lipídeos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google