A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Atividade física em UBS/PSF Rio Claro Departamento de Educação Física/UNESP Prefeitura Municipal de Rio Claro Secretaria Municipal de Saúde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Atividade física em UBS/PSF Rio Claro Departamento de Educação Física/UNESP Prefeitura Municipal de Rio Claro Secretaria Municipal de Saúde."— Transcrição da apresentação:

1 Atividade física em UBS/PSF Rio Claro Departamento de Educação Física/UNESP Prefeitura Municipal de Rio Claro Secretaria Municipal de Saúde

2 Modelo de intervenção Intervenção Determinantes modificáveis Informações Comportamentais e Sociais Ambientais e política Resultados Intermediários Medidas fisiológicas Composição corporal Aptidão motora Aptidão Metabólica Humor/ânimo Aderência Resultados para a saúde Mortalidade Morbidade Qualidade de vida Comportamento em Atividade Física Pré-planejamento Planejamento Adoção Manutenção Formas de intervenção Auto- monitorado Monitoramento Intervenção direta Adaptado de Kahn et al. AJPM, 2002

3 Procedimentos n Triagem n Cadastramento n Avaliação semestral –Laboratorial/clínica –Ergométrica/física –Qualidade de vida n Atividade física: 2x /semana n Orientações

4 PAR-Q n Sensibilidade 100% –Identifica casos positivos corretamente n Especificidade 80 % –Identifica casos negativos corretamente

5 Questões do Par-Q 1.Seu médico já lhe disse que você tem uma condição cardíaca e que somente deve realizar a atividade física recomendada por um médico ? 2.Você sente dor no tórax quando realiza uma atividade física ? 3.No último mês, você teve dor torácica quando não estava realizando uma atividade físca ? 4. Você perde seu equilíbrio em virtude de uma vertigam ou já perdeu a consciência ? 5. Seu médico está prescrevendo medicamentos atualmente (p.ex. Pílulas diuréticas) para sua pressão arterial ou condição cardíaca ? 6. Você sofre de alguma condição óssea ou articular que poderia ser agravada por uma mudança na atividade física? 7. Você conhece alguma outra razão para não realizar atividade física ?

6 Caracterísitcas gerais n Minimizar riscos n Variabilidade das sessões n Apoio Social n Ludicidade n Orientações para vida ativa e saudável n Reconhecimento e respeito às limitações e diferenças individuais n Demanda 150 kcal/sessão n Auto-eficácia por desafios

7 Minimizar riscos n Riscos de Morte súbita –1 por a que se exercitam vigorosamente (>60 % VO 2max ) »Meia-idade e idosos com DCV –Risco geral de parada cardíaca (por 100 milhões pessoa hora »18 população em geral »21durante o exerício »5 em ativos vigorosos n Controle da pressão arterial no início da sessão –Limite aceitável 160 x 90 mm Hg

8 Atividade Física Moderada e Vigorosa n Moderada –Borg 11 a 14 –3 a 6 METS –3,5 a 7 kcal/min –Caminhada rápida –Nadar –Danças –Andar de bicicleta no plano n Vigorosa –Borg 15 ou mais –6 METs ou mais –7 kcal/min ou mais –Corrida leve –Nadar rápido –Andar de biclicleta em superfícies íngremes

9 Classificação de intensidades Exercício de intensidade moderada Entre 40 e 60 % do VO2max, dentro da capacidade física habitual da maioria dos indivíduos e que pode ser mantida confortavelmente Ex: Descer escadas, tomar banho, passar roupas, jogar boliche, jogar golfe, caminhar 4km/h. Exercício de alta intensidade Acima de 60 % do VO2max, suficiente para apresentar uma demanda metabólica substancial e que em geral causa fadiga em 20 minutos

10 Intensidades segundo idade e exercício Exercícios de enduranceExercícios de força Intensidade relativaIntensidade absoluta (METs) em adultos saldáveis (idade em anos) Intensidade Relativa* IntensidadeVO2max (%) Reserva FC (%) FC Max (%) EEP+Jovens (20-39) Meia idade (40-64) Idoso (65-79) Muito idoso (80+) EEPContração voluntária máxima (%) Muito leve<25<30<9<3,0<2,5<2,0<1,25<10<30 Leve25–4430–499–103,0–4,72,5–4,42,0–3,51,26–2,210–1130–49 Moderado45–5950–6911–124,8–7,14,5–5,93,6–4,72,3–2,9512–1350–69 Intenso60–8470–8913–167,2–10,16,0–8,44,8–6,73,0–4,2514–1670–84 Muito Intenso ,28,56,84,2517–1985 Máximo100 < 20 <12,0 <10,0 <8,0 <5,0 <20 <100 *Baseada em 8 a 12 repetições para pessoas com até 50 anos e 10 a 15 repetições para pessoas com 50 ou mais anos de idade. +Escala de esforço percebido de BORG 6 a 20 pontos (Borg 1982) Valores máximos são valores médios atingidos durante o exercício máximo em adultos saudáveis. Valores de intensidade absoluta (METs) são médias aproximadas para homens. Valores médios para mulheres são aproximadamente 1-2 METs menores do que aqueles para os homens.

11 Exaustivo Exaustivo Muito Cansativo Muito Cansativo Cansativo Cansativo Ligeiramente Cansativo Ligeiramente Cansativo Relativamente Fácil Relativamente Fácil Muito Fácil Muito Fácil Fácil Fácil

12 Variabilidade das sessões n Estrutura da aula –Aquecimento –Aeróbio –Localizado –Volta à calma –Orientações n Duração 60 min –Aquecimento+Volta à calma+Orientação= 25%

13 Aquecimento MaterialMetodologia Bola borrachaPassando, Quicando Simulando esportes Lançando Bola tenisSimulando tenis Passando Corda individualNo lugar, com movimentos variados, saltitando Em deslocamento (andando, trotando, frente, etc), com movimentos variados Alongando com o auxílio da corda Corda elásticaPassando sobre, andando, de várias maneiras Passando quando outros estiverem batendo, pulando ou sem pular Passando sob, de várias maneiras

14 Aquecimento (2) BastãoDeslocando, movimentando braços nas diversas possibilidades Deslocando, passando entre as pernas, pernas sobre, tocando joelhos - pés, etc Fazendo movimentos ritmados com auxílio de música Dois a dois, deslocando várias formas, simulando situações StepMarcado no solo, com deslocamentos mais simples e menos intensos ArcosLançando à vertical, ou horizontal rodando e encaixar braço, ou corpo todo Lançando rodando no solo, passar sobre e voltar para pegá-lo Passando para segurar ou encaixar Circundando no corpo ou membros Posicionados no chão, pisando no centro de cada, coordenando movimentos RitmoTipo aeróbica de baixa intensidade

15 Localizada ObjetivoMaterial Membros superioresHalter (garrafa) Bola de MB Bastão com ou sem carga adicional Tubo cirúrgico Tronco (omb, abd, quad)Halter (garrafa) Bola de MB Bastão com ou sem carga adicional Tubo cirúrgico Bola de borracha Caneleira (saco de areia, etc) Colchonete Membros inferioresCaneleira (saco de areia, etc) Step Movimentos sem carga adicional Tubo cirúrgico

16 Localizada (2) Local geral (corpo todo)Todos StepStep ou marcas no solo Coordenação e ritmoSom e ou: Bastão Halter Caneleira FlexibilidadeCorda Colchonete AbdominalColchonete Jogos adaptados Lúdico Circuito local + aeróbio

17 Orientações n Divulgação das atividades n Benefícios da AF n Medicamentos n Alimentação n Dicas de exercícios n Sono e atividade física n Álcool e fumo n Estresse e relaxamento n Respeito aos limites n Importância dos exercícios cárdio- respiratórios n Importância dos exercícios localizados n Importância do alongamento n Variabilidade das cargas n Exercícios para casa n Controle do peso n Controle emocional n Exercício no frio n Exercício no calor

18 Atividade Física supervisionada n Planejamento –Ciclos mensais de objetivos físicos, motores, grupos musculares e informações –Rítmo auto-selecionado »2000 a 4000 passos/sessão »Esforço percebido »FC alvo até 70% da FC max

19 Planejamento

20 Resultados da intervenção

21 Saúde Mental Aspecto Emocional Função Social Vitalidade Aptidão Funcional Aspecto Físico Dor Saúde Geral Componente Físico Componente Mental Físico Mental Isolado Erro Fonte: Ware, Kosinski & Keller, 1994 Medidas de componentes do SF- 36

22 Scores SF-36 PF: C. Funcional RP: Asp. Físico BP: Dor GH: E. Geral Saúde VT: Vitalidade SF: Asp. Social RE: Asp. Emocional MH: Saúde Mental Ribeiro et al., 2004

23 Aderência ao programa n Aderência elevada –50 % ->37 meses –Outros programas 3 a 6 meses n Permanência –Normo = HA –Idosos permanecem mais tempo Costa et al., 2005

24 Atividade física habitual n Pedometria –Sedentário < 5000/dia –Pouco ativo – 5000 a 7500 –Insuficientemente ativo 7500 a –Ativo a –Muito ativo acima de Kikuchi et al., 2005

25 Pedometria nos diferentes dias

26 Aptidão Física

27 Benefícios: redução da pressão arterial Bottcher et al., 2005

28 Benefícios: melhora da aptidão física Daniel et al., 2005

29 Benefícios: bioquímica sangüínea

30 Lista de Estados de Ânimo – Resumida e Ilustrada (LEA-RI) n Aspectos Positivos –Feliz –Agrádvel –Espiritual –Leve –Com energia –Ativo –Calmo n Aspectos Negativos –Pesado –Triste –Agitado –Desagradável –Inútil –Tímido –Com medo

31 Estado de ânimo: pacientes DM com e sem AF Megale et al., 2006

32 Mais benefícios alcançados n Controle da doença, com redução de medicamentos n Qualidade de vida: autonomia e independência n Inclusão social


Carregar ppt "Atividade física em UBS/PSF Rio Claro Departamento de Educação Física/UNESP Prefeitura Municipal de Rio Claro Secretaria Municipal de Saúde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google