A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Criação de um roteiro Francisco Malta. PARA QUEM ESCREVO? -Televisão,cinema, teatro ou Internet ? -Qual é a minha narrativa? -Drama,comédia,policial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Criação de um roteiro Francisco Malta. PARA QUEM ESCREVO? -Televisão,cinema, teatro ou Internet ? -Qual é a minha narrativa? -Drama,comédia,policial."— Transcrição da apresentação:

1 A Criação de um roteiro Francisco Malta

2 PARA QUEM ESCREVO? -Televisão,cinema, teatro ou Internet ? -Qual é a minha narrativa? -Drama,comédia,policial ou ficção cientifica?

3 O TEMA DEFINIDO (...) então a senhora por favor me responda, com toda a sinceridade, me responda: é mesmo apenas um palpite ou a senhora acaba de concluir horrorizada depois de tudo o que narrei, acaba de concluir que, eu sou, vamos, pode dizer, não é isso que está pensando?, que eu sou uma espécie de monstro? (p. 56).

4 A ideia A sinopse/Argumento Contexto da trama A divisão de atos

5 Story Line Xica da Silva: A escrava que virou rainha.

6 Gênero: Dramático/Épico/Lírico Dramático: A origem do drama e as características que identificam esse tipo de gênero! Gênero Épico A origem da palavra "épico" e a narração de grandes feitos !A origem da palavra "épico" e a narração de grandes feitos ! Gênero Lírico A origem do termo e as características do gênero lírico. O narrador começa por narrar um elemento objetivo para,em seguida,entrar na subjetividade ou na do personagem e narrar como aquele elemento é percebido.Ex: O fabuloso destino de Amélie PoulainA origem do termo e as características do gênero lírico.

7 PERSONAGENS: -Quem é o protagonista? -Quem é o antagonista? - O que esse personagem precisa ou quer alcançar?.

8 Linguagem: Atenção nesses aspectos: Uso de ditado popular; Uso de repetições; Uso da oralidade; Uso de reflexões. O que eu quero,através da palavra escrita,é fazer você ouvir,sentir e,acima de tudo,ver. Joseph Conrad,em 1897

9 ENREDO Um sequestrador explica para sua vítima, durante uma longa madrugada, suas razões para capturá-la. Escrito na primeira pessoa e sem diálogos, "A Confissão" é o relato labiríntico e entrecortado das muitas histórias que o narrador tem para contar. Flávio Carneiro

10 Bibliografia 1.ARISTÓTELES. Poética. São Paulo: Nova Cultural, CARRIÈRE, Jean-Claude. 2.A linguagem secreta do cinema. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, CAMPOS, Flávio de. Roteiro de cinema e televisão: a arte e a técnica de imaginar, perceber e narrar uma estória. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., HOWARD, David e MABLEY, Edward. Teoria e prática do roteiro. Trad. Beth Vieira. São Paulo: Globo, HUTCHEON, Linda. A Theory of Adaptation. New York: Routledge, MACIEL, Luiz Carlos. O poder do clímax: fundamentos do roteiro de cinema e TV. Rio de Janeiro: Record, 2003


Carregar ppt "A Criação de um roteiro Francisco Malta. PARA QUEM ESCREVO? -Televisão,cinema, teatro ou Internet ? -Qual é a minha narrativa? -Drama,comédia,policial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google