A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A CONQUISTA DE CANAÃ. JERICÓ Jericó estava completamente fechada por causa dos israelitas. Ninguém saía nem entrava. Então o Senhor disse a Josué:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A CONQUISTA DE CANAÃ. JERICÓ Jericó estava completamente fechada por causa dos israelitas. Ninguém saía nem entrava. Então o Senhor disse a Josué:"— Transcrição da apresentação:

1 A CONQUISTA DE CANAÃ

2

3

4 JERICÓ Jericó estava completamente fechada por causa dos israelitas. Ninguém saía nem entrava. Então o Senhor disse a Josué: "Saiba que entreguei nas suas mãos Jericó, seu rei e seus homens de guerra. Josué 6:1-2

5

6 SÍTIO-ANTIGO JERICÓ

7

8

9 HISTÓRIA DAS ESCAVAÇÕES As primeiras escavações registradas aconteceram entre 1867 e 1868 pelo arqueólogo inglês Charles Warren. Concluiu que as ruínas eram cidades antigas, mas errou quando identificou as ruínas como castelos. A primeira escavação séria foi feito por uma equipe austro-alemã de Identificou um muro durante a idade de bronze médio (± aC). Concluiu que a cidade não estava ocupada quando os israelitas entraram na terra.

10 JOHN GARSTANG Professor da Universidade de Liverpool, Inglaterra, questionou as conclusões. Levou uma equipe para Jericó para escavar em Sua escavações foram mais profundas, até o nível neolítico. Ele queria comprovar o registro bíblico da conquista Descobriu quatro níveis de ocupação e os muros das quatros cidades antigas O muro mais recente foi destruído e Garstang concluiu que o último muro caiu durante a conquista bíblica (±séc.15aC).

11 KATHLEEN KENYON Arqueóloga inglesa Liderou um escavação de Jericó nos anos 50. Avanços na arqueologia exigiu uma reavaliação das conclusões de Garstang quanto a data da queda dos muros. Concluiu que não houve uma cidade habitada durante o séc. 15aC (idade de bronze tardio) e os muros que Garstang identificou foram durante a idade de bronze antigo (antes de 2000 aC). Concluiu que a cidade foi destruída acerca de 1550 aC.

12 BRYANT WOOD Arqueólogo americano que reabriu a questão da data da queda dos muros Concluiu que Kenyon acertou a destruição da cidade, mas errou na questão da data. Apoiou a conclusão de Garstang quanto uma data da destruição da cidade durante o séc.15 aC. Baseou as conclusões na evidência de olaria.

13 Arqueólogos usam olaria para estabelecer datas de camadas de ocupação. No caso de Jericó, existem muita evidência de olaria que foi feita durante o seç. 15 aC.

14 COMPARAÇÃO DE OLARIA

15 ESTRATIFICAÇÃO A data de uma camada de ocupação é muitas vezes determinada pela olaria que se encontra na camada.

16 JERICÓ Quando, pois, o povo desmontou o acampamento para atravessar o Jordão, os sacerdotes que carregavam a arca da aliança foram adiante. ( O Jordão transborda em ambas as margens na época da colheita. ) Assim que os sacerdotes que carregavam a arca da aliança chegaram ao Jordão e seus pés tocaram as águas, a correnteza que descia parou de correr e formou uma muralha a grande distância, perto de uma cidade chamada Adã, nas proximidades de Zaretã; e as águas que desciam para o mar da Arabá, o mar Salgado, escoaram totalmente. E assim o povo atravessou o rio em frente de Jericó.

17 ADÃ

18 LAQUIS

19 LAQUIS VISTA AÉREA

20

21 ÁREA ESCAVADA

22 DIAGRAMA DA CIDADE NA ÉPOCA DO REINO DO SUL

23 DIAGRAMA DO PORTÃO DA CIDADE

24 ESCAVAÇÃO DO PORTÃO

25

26 DIAGRAMA DE UM TEMPLO CANANEU

27 ESCAVAÇÃO DO TEMPLO

28 ESCADA PARA O TEMPLO

29 DEUSA CANANÉIA EM PÉ NUM CAVALO

30 HAZOR

31

32 HISTÓRIA O maior sítio arqueológico em Israel, medindo aproximadamente 80 hectares Uma das cidades mais importantes da região Ficou na rota comercial entre Egito e Babilônia No segundo milênio aC a população foi estimada em Por isso, a cidade foi considerada a cabeça dos reinos no norte de Israel E naquele mesmo tempo voltou Josué, e tomou a Hazor, e feriu à espada ao seu rei; porquanto Hazor antes era a cabeça de todos estes reinos. Js.11.10

33 HAZOR DOS CANAEUS O sítio foi ocupado desde a era dos cananeus durante o 3º milênio aC. A cidade sofreu vários ataques ao longo da sua história, principalmente dos egípcios, arameus e assírios O texto bíblico indica que durante a conquista, a cidade foi queimada: A todos os que nela estavam feriram à espada e totalmente os destruíram, e ninguém sobreviveu; e a Hazor queimou. Js A evidência arqueológica dá testemunha à destruição

34 HAZOR DOS ISRAELITAS Os israelitas ocuparam a cidade depois da conquista. Há evidências que a cidade foi considerada um dos lugares altos onde rituais religiosos pagãos foram realizados. A cidade foi fortificada durante o reinado de Salomão: A razão por que Salomão impôs o trabalho forçado é esta: edificar a Casa do SENHOR, e a sua própria casa, e Milo, e o muro de Jerusalém, como também Hazor, e Megido, e Gezer; 1Rs. 9.15

35 A cidade foi destruída pela invasão dos assírios sob o comando de Tiglagte-Pileser II: Nos dias de Peca, rei de Israel, veio Tiglate- Pileser, rei da Assíria, e tomou a Ijom, a Abel- Bete-Maaca, a Janoa, a Quedes, a Hazor, a Gileade e à Galiléia, a toda a terra de Naftali, e levou os seus habitantes para a Assíria. 2Rs Nunca retornou a ser importante após a sua destruição

36

37

38 O SÍTIO

39 Edifício

40 Casa de quatro quartos

41 Portão

42

43 ARMAZEM

44

45 ALTARES

46 Sistema de água

47 A CIDADELA

48

49

50


Carregar ppt "A CONQUISTA DE CANAÃ. JERICÓ Jericó estava completamente fechada por causa dos israelitas. Ninguém saía nem entrava. Então o Senhor disse a Josué:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google