A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parte 1 Grupo: Alessandra Gontijo, Flávia Tomaz e Cauê Batista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parte 1 Grupo: Alessandra Gontijo, Flávia Tomaz e Cauê Batista."— Transcrição da apresentação:

1 Parte 1 Grupo: Alessandra Gontijo, Flávia Tomaz e Cauê Batista

2 Período de análise: 10/01/2010 até 08/07/2013

3 Aumento contínuo, generalizado e desigual do nível geral de preços, ou seja, uma perda progressiva do poder de compra da moeda. Conceito

4 - Emissão exagerada e descontrolada de dinheiro por parte do governo. - Aumento no custos de produção. - Aumento da demanda por produtos e serviços acima da capacidade de produção. Causas

5 Outros termos associados ao comportamento dos preços: - hiperinflação - deflação - estagflação - inércia inflacionária

6 Efeitos e custos da inflação Distorção dos preços relativos; Desestímulo ao investimento produtivo; Redistribuição da riqueza Efeito sobre a balança comercial Efeito sobre a destinação da poupança Tempo e recursos

7 Teorias da inflação Há duas principais teorias sobre as causas da inflação: - inflação de custo - inflação de demanda

8 Efeito da inflação sobre a moeda O que é moeda? Funções da moeda: - unidade de medida - meio de troca - reserva de valor

9 Teoria Quantitativa da Moeda A TQM é uma explicação monetária para o entendimento da inflação. Ela estabelece uma relação entre o lado monetário da economia (poder de compra) e o lado real da economia.

10 Teoria Quantitativa da Moeda Trata-se de uma equivalência entre o valor da riqueza produzida num determinado período de tempo (PIB nominal) e o montante de recursos monetários disponível (liquidez) dada pela expressão: m.v = p.y

11 Inflação e crescimento econômico

12 Inflação e Desemprego Trade-off Curva de Phillips

13 Autoridades Monetárias Conselho Monetário Nacional (CMN) Banco Central do Brasil (BACEN) Comitê de Política Monetária (COPOM)

14 Política Monetária Os principais instrumentos à disposição do BACEN para operar a política monetária são: - reservas compulsórias - redesconto - operações com títulos (open-market)

15 Metas de Inflação Na última década do século XX alguns países começaram a adotar o sistema de metas de inflação, a fim de caracterizar a estabilibidade monetária como objetivo central de suas políticas. Características

16 A experiência brasileira Plano Real Este plano foi um marco para a economia brasileira, já que foi capaz de amenizar a hiperinflação do país.

17 Plano Real Adoção de medidas de ajuste fiscal Reforma monetária Adoção de uma âncora cambial A Substituição do sistema de âncora cambial pelo sistema de metas de metas de inflação

18

19

20 Indicadores de Inflação Os indicadores econômicos medem, em geral, um dos três itens: - quantidade - preço - valor Valor = Quantidade X Preço

21 Indicadores de Inflação Valor real Valor nominal

22 Métodos para medir a inflação Deflatores implícitos Números-índices de preços Os principais são: - INPC - IPCA - IPCA-15 - IGP (IGPM?)

23 Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) O que é? Principais características: - objetivo - periodicidade - abrangência geográfica - população objetivo - uso

24 Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) O que é? Principais características: - objetivo - periodicidade - abrangência geográfica - população objetivo - uso*

25 Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) O que é? Principais características - objetivo - periodicidade*

26 Índice Geral de Preços (IGP) É constituído por três diferentes índices: - índice de preço no atacado (IPA) - índice de preço ao consumidor (IPC) - índice nacional da construção civil (INCC)

27 Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) O cálculo do índice envolve três apurações: - mostra variação de preços entre os 10 primeiros dias de cada mês de referência e todo o mês base - a segunda apuração incorpora mais 10 dias -o resultado do mês resulta da comparação dos três decêndios do mês referência em relação a idêntico período do mês base

28 Análise da Inflação no contexto da conjuntura econômica brasileira Parte 2

29 IGP-DI

30 IGP-M

31 Comparação entre IGP-M e IGP-DI

32 IPCA

33 IPCA-15

34 Comparação entre IPCA e IPCA-15

35 IPCA alimentos e habitação

36 Comparação entre os três principais índices

37 Gráfico

38 O aumento dos custos em desinflacionar a Economia Brasileira

39 FIM


Carregar ppt "Parte 1 Grupo: Alessandra Gontijo, Flávia Tomaz e Cauê Batista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google