A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

0 Estudo de Bioequivalência com Metodologias não Tradicionais ( Métodos Não Cromatográficos) Luciano Miranda Especialista Científico Imunoensaios Abbott.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "0 Estudo de Bioequivalência com Metodologias não Tradicionais ( Métodos Não Cromatográficos) Luciano Miranda Especialista Científico Imunoensaios Abbott."— Transcrição da apresentação:

1 0 Estudo de Bioequivalência com Metodologias não Tradicionais ( Métodos Não Cromatográficos) Luciano Miranda Especialista Científico Imunoensaios Abbott Laboratórios do Brasil Ltda

2 1 Tecnologia Axsym FPIA x MEIA

3 2 Centro de procesamento Suporte para células matrix Centro de suprimentos Centro de controle do sistema Centro de amostras DESCRIÇÃO DO ANALISADOR AxSYM

4 3 1.Manutenções: 15 minutos diarios 30 minutos semanal e mensal Procedimentos extremamente simples 2.Software amigável e atualizado 3.Monitor com tela táctil 4.Capacidade de urgência real Fácil de aprender, fácil de operar, plataforma ideal para aplicações de rotina e investigações FÁCIL DE UTILIZAR AxSYM

5 4 Lista de carregamento de amostras Revisão de resultados Reporte/seleção de resultados Transferencia de resultados por lote ou em tempo real Imprimir resultados do paciente Armazena e arquiva resultados Revisão de calibração SISTEMA CENTRAL DE INFORMAÇÃO AxSYM

6 5 Tecnologias AxSYM MEIA: Inmunoensaio Enzimático por Micropartículas Ensaio desenhado para efetuar determinações de analitos de alto peso molecular (moléculas grandes) Ensaio Não Competitivo FPIA: Imunoensaio de Polarização Fluorescente Esta tecnología foi desenhada para fazer determinações de moléculas pequenas. Todas as moléculas que se encontram dissolvidas em líquido, se encontram em rotação, e sua velocidade de rotação depende de seu tamanho Ensaio competitivo

7 6 MEIA Tecnologia não competitiva Os ensaios não competitivos tipo sandwich se adaptam para formatos de 1 passo, 2 passos e 3 passos A concentração do analito é diretamente proporcional ao sinal de fluorescência medida

8 7 Ensaios COMPETITIVOS DE UM PASSO Análise competitiva homogênea - Desenhado para poder analizar moléculas muito pequenas (como é o caso das drogas, alguns esteróides, alguns aminoácidos como homocisteína) FPIA é uma análise competitiva Reativo = Contém o mesmo analito a medir marcado com Fluoresceína A reação se prende a uma solução, e o complexo não requer passo de lavado para separar o complexo FPIA Tecnologia

9 8 Ensaios FPIA de dois passos Estão desenhados para melhorar a sensibilidade dos ensaios Um primeiro passo se junta com o excesso de Anticorpos e permite suficiente tempo de incubação Um segundo passo permite a união do antígeno marcado com as imunoglobulinas presentes FPIA Tecnologia

10 9 FPIA O módulo óptico mede as trocas de polarização quando são expostos a luz polarizada As moléculas com traçador não unidas ao complexo não emitem luz polarizada As moléculas com traçador unidas ao complexo emitem luz polarizada Um sinal de luz elevada indica baixo nível de analito na amostra do paciente FPIA Tecnologia FPIA – Menos antígeno marcado unido é indicador de mais antígeno presente na amostra A quantidade de antígeno presente na amostra é inversamente proporcional ao sinal de luz polarizada registrada

11 10 A Fluorescência ocorre devido a um marcador fluorescente. Este absorve a energia da luz em 490 nm e libera essa energia em um comprimento de onda mais alto (520 nm) como luz fluorescente. 490 nm Fonte de Luz Ag ligado Fluoresceína 520 nm xxxxxxxxxx xxxxx Detector de Luz em 520 nm FPIA Tecnologia

12 11 Moléculas grandes rotacionam mais lentamente em solução do que moléculas pequenas. Este princípio pode ser usado para distinção entre uma pequena molécula de antígeno-fluorescente (AgF), que possui rotação rápida, e os complexos maiores Ac-AgF, que possuem uma rotação mais lenta em solução. 490 nm Ag ligado Fluoresceína Luz despolarizada Fonte de Luz Complexo Ac-AgF Ac-AgF Fonte de Luz Luz polarizada 490 nm FPIA Tecnologia

13 Incubação * * * * * * * * * Resultado Correto Lavagem exceso do analito se lava Incubação ** * * Analito Sinal de luz Excesso de analito Complexo Anticorpo- Analito Fase sólida con Anti- Analito Conjugado se une ao complexo Anticorpo- Antígeno e forma sandwich Lavagem Ensaio de 2 passos para evitar efeito Hook Formato de dos passos

14 13 Dterminação de Levotiroxina (T4 Total) O ensaio AxSYM T4 Total é utilizado como um auxiliar na avaliação e monitoramento de estado da tireóide; A tiroxina é um hormônio que contém iodo com aproximadamente 777 daltons onde é secretado pela glândula da tireóide; É responsável em nosso organismo em torno de 90% de iodo ligado à proteína em circulação; Valores elevados de determinações de T4 Total são encontrados em pacientes com hipertireoidismo; Servem para monitoramento de pacientes que fazem o tratamento desta patologia.

15 14 AxSYM Centro de Amostragem: Amostra, solução de pré-tratamento e tampão são pipetados em uma cavidade de reaction vessel; Alíquota é transferida para uma das cavidades da célula da reação; A solução de pré-tratamento remove o T4 dos sitios de ligação na TBG, pré-albumina e albumina; Esta reaction vessel é transferida para o centro de processamento onde são realizadas outras etapas com agulha específica para evitar contaminação.

16 15 AxSYM Centro de Processamento: Uma segunda alíquota da reação é trasnferida para uma das cavidades do traçador ( MUP ); O analito T4 e o traçador marcado competem pelos receptores na molécula do anticorpo; A intensidade da luz fluorescente polarizada é determinada pelo ssistema óptico FPIA.

17 16 Calibradores Seis calibradores standard: Concentração de T4 Total (µg/dl): 0; 3; 6; 12; 18 e 24.

18 17 Controles AxSYM T4 Total Controles (Nº 7A55-10) 3 frascos (8 mL cada) de Controles AxSYM T4 Total, contendo tiroxina preparada em soro humano processado não reativo para HBsAg, RNA do HIV-1 ou Antígeno do HIV-1, anti-HCV e anti-HIV-1/HIV-2, produzindo as seguintes faixas de concentrações: Concentração de T4 Total Intervalo Frasco μg/dL Baixo 4,5 3,3 – 5,7 Médio 8,0 6,6 – 9,4 Alto 15,0 12,5 – 17,5

19 18 Parâmetros do Ensaio 1 Long Assay Name (English): Total_T4 6 Abbrev Assay Name (English): Total_T4 11 Assay Number: Assay Version: * 13 Calibration Version: * 14 Assay File Revision: * 15 Assay Enabled >ON 17 Assay Type : FPIA 18 Standard Cal Reps >2 19 Master Cal Reps:>2 20 Cal Adjust Reps: 0 21 Cal A Concentration: Cal B Concentration: Cal C Concentration: Cal D Concentration: Cal E Concentration: Cal F Concentration: 24.00

20 19 Parâmetros do Ensaio 27 Master Calibrator 1 Concentration: Master Calibrator 2 Concentration: Default Dilution Protocol >UNDILUTED 44 Default Calibration Method >Standard Cal 45 Selected Result Concentration Units >μg/dL 46 Selected Result Decimal Places >2 62 Blank I-Max background intensity:* 63 Min tracer-Min background intensity: * 73 Low Limit-Normal/Therapeutic Range lower limit > High Limit-Normal/Therapeutic Range upper limit > Low Extreme Value > High Extreme Value > 0,00 91 Low Range Undiluted: * 92 High Range Undiluted: *

21 20 Sensibilidade A sensibilidade do Ensaio AxSYM T4 Total foi calculada como sendo de 1,05 μg/dL (n = 65 execuções). Essa sensibilidade é definida como a concentração a dois desvios-padrão no AxSYM T4 Total Calibrador A (0,0 μg/dL) e representa a mais baixa concentração determinável de T4 que pode ser diferenciada de zero.

22 21 Especificidade A especificidade do Ensaio AxSYM T4 Total foi determinada através do estudo da reação cruzada com a triiodotironina (T3). Ao se determinar a razão das concentrações de T4 para T3, que corresponde ao ponto médio.

23 22 Obrigado!


Carregar ppt "0 Estudo de Bioequivalência com Metodologias não Tradicionais ( Métodos Não Cromatográficos) Luciano Miranda Especialista Científico Imunoensaios Abbott."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google