A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O ambiente Sped E a necessidade de QUALIDADE das informações das PMEs.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O ambiente Sped E a necessidade de QUALIDADE das informações das PMEs."— Transcrição da apresentação:

1 O ambiente Sped E a necessidade de QUALIDADE das informações das PMEs

2 O relacionamento fisco contribuinte nas PMEs não é direto Contribuinte Contabilistas / Escritórios Contábeis Fisco

3 Não tem capacidade financeira de manter pelo menos um profissional full-time Podem se aconselhar sobre qual melhor maneira de administrar seus negócios Diminuem os custos fixos administrativos desses serviços Terceirizam todo relacionamento fisco- contribuinte Por que as empresas contratam os escritórios contábeis?

4 Serviços Contratados: Aberturas, alterações e cancelamentos Contabilidade Escrituração fiscal (Entradas/Saídas/P.Serviços) Consultoria fiscal e trabalhista Cumprimento das obrigações fiscais: Federal – Estadual - Municipal Entidades reguladoras - E demais autarquias

5 Somos contabilistas em todo Brasil Não há uma cidade brasileira que não haja um contabilista escritórios (Sociedade e/ou Escr.Individuais) Amplitude: Poucos com 300 clientes Muitos com até 5 clientes que trabalham em casa. Média: 2 profissionais por escritório 20 clientes: média por escritório Quem são esses contabilistas brasileiros (Dados disponíveis no site do CFC - base junho/2006): empresas são atendidas pelos escritórios

6 Qual o quadro médio de clientes (base 20 clientes): 3 : Empresas médias (que do ponto de vista escritório são grandes clientes). 6 : Empresas pequenas (que são médias para os escritórios). 11: Empresas ME e EPP. (Simples)

7 Hardware 1. Mínimo necessário: Pentium II 233MHz 128 Ram com 10 GB de HD 2. Default: Pentium III 800 mhz 256 Ram >> PIV 3. Servidor: só os grandes escritórios Software 1. Windows 98 => XP Professional 2. Office 97 => XP 3. Sistema de gestão de escritório contábil. Parque Tecnológico

8 A realidade no relacionamento Fisco-Contabilista Estimativas do fisco federal (verificar se corretas): LReal LPresumido ???(não tenho) Simples Todas empresas de Lucro Real são atendidas por contabilistas Pelo menos 1 computador por contabilista

9 PMEs: Fluxo de informações nos ambientes Contribuinte Contabilista Fisco Sociedade Civil Usuários e Interessados

10 Contabilidade Normalizada Registro no DNRC ou CRTD Contabilidade com Validade Jurídica Normatização Validade jurídica Usuários das informações Lei das S/ANCC CFC NBC-Ts Estatutos e Con- tratos Sociais FiscoLei de falências Usuários (Acesso Público) Central de balanços CFC Fiscalização livros fiscaisNF-e

11 Informações no ambiente Contribuinte Cliente Empresário Sociedade Empresária

12 Faturamento 70% manual 30% informatizado 5% com aplicativos de qualidade 25% com sistemas sofríveis Contas a Receber e a Pagar 90% Planilhas Excel 10% através de sistemas Controle de Estoques (incluindo Compras) 95% não usam sistemas (o levantamento do estoque é a contagem física) Sistemas Modulares utilizados:

13 Controle Bancários 20% controle manual (caderno) 60% planilha Excel 20% não controlam as movimentações Sistemas Corporativos/ERP: 99% usam sistemas modulares ou sistemas autônomos para cada macroprocesso. Sistemas Modulares utilizados (continuação.):

14 Informações no ambiente Contabilistas Sociedade Escritório Individual

15 Sistema de gestão de escritório contábil: Contabilidade Escrituração fiscal Folha de Pagamento Faturamento (só do escritório) Protocolo de documentos Conciliações de contas contábeis: Planilhas Excel Quaisquer controles/relatórios não atendidos pelos sistemas e necessários ao fisco: Word ou Excel

16 Intersecção de Informações no ambiente Contabilistas versus Contribuintes

17 Sistemas ERP integrado (contabilista <> cliente) Quase Inexistente: barreira > custo elevado. E 2006, soluções multiempresas, multiusuários, para escritórios contábeis, incluindo: Faturamento, Contas a Receber e a Pagar, Estoques (Compras) e Bancos/Caixa.: SAP Business One (solução integrada) Folhamatic e Prosoft (solução modular) Microsiga (solução modular) Desconheço outras

18 Atendimento das obrigações fisco-contribuintes Problemas: do Contribuinte do Contabilistas do Fisco

19 Problemas do Contribuinte: A prioridade é emitir o ECF e a Nota Fiscal. Os investimentos são mínimos e são feitos só por imposição fiscal Sistemas baratos, abertos que por conseqüência disponibilizam dados sem qualidade: Software de prateleira sem manutenção das alterações fiscais As regras de negócio para validação e qualidade das informações são inexistentes.: Inscrição Estadual – muitos não validam Inscrição Municipal – não existe

20 Problemas do Contribuinte (2): A questão Banco de dados: O problema é a qualidade do dado. Por exemplo: O tamanho dos arquivos de dados em 45 clientes, todos juntos não chegam a 50MB por ano completo. Forma hierárquica ou relacional Irrelevante. Na forma hierárquica, os arquivos tendem a ser menores. A cultura é a de que os problemas fiscais devem ser resolvidos pelos escritórios contábeis.

21 Problemas do Contabilista: Não possui informações dos clientes com qualidade Os dados que alimentam a escrituração fiscal são insuficientes para atender as exigências fiscais Mesmo no caso de possibilidade de importação dos dados do cliente, via de regra: Não há inteireza de informações (incompletabilidade) Após a importação das informações o cliente altera sua base de dados e não comunica o escritório contábil. Não existe um controle efetivo de segurança da imutabilidade dessas informações. quando da ação fiscal os dados que estão no cliente e no escritório contábil são inconsistentes e/ou diferentes.

22 Problemas do Contabilista(2): Nos sistemas disponibilizados pelo fisco, nem todos permitem: Instalação no servidor Escolha do drive ou path para instalação Não são multiusuários mas são multiempresas. (só um acessa por vez) Nos sistemas Estaduais e Municipais, muitos são em MS-DOS e só aceitam instalação no drive C:

23 Problemas do Fisco: O agente fiscal autua o contribuinte por falta de elementos ou apresentação tempestiva das informações em meio magnético. Quando atendidas essas exigências fiscais, faltam qualidade nas informações, e os contribuintes também são autuados. Os Codecons (Conselhos de Defesa de Contribuintes) recebem enxurradas de reclamações

24 Conclusão: Todos tem absoluta certeza de que esses problemas não interessam nem ao: fisco, nem ao contribuinte e muito menos ao contabilista

25 Como as empresas de software podem interagir nesse processo Oportunidade para esse ambiente fisco x contribuinte x contabilista

26 Paradigmas para as PMEs: O problema com a qualidade dos sistemas é igual ao das Grandes Empresas.: O que já existe para as Grandes é suficiente: Um canhão para matar uma mosca??????.... Mas mata!!! O Banco de Dados: Único, íntegro e integrável Os escritórios de contabilidade podem ser parceiros para implementação desses sistemas. 1 escritório poderia atender 20 PMEs com 1 sistema.

27 Infra-estrutura para as PMEs: Adequação de um ambiente compartilhado entre: contribuintes e contabilistas Criar e planejar ambiente de infra-estrutura: Servidores e TS Profissionais para manutenção Sistemas de infra e Segurança Parceria com entidades financiadoras: Projeto inicial de infra-estrutura Software de infra e licenças para ERPs Único, íntegro e integrável Os escritórios de contabilidade/consultoria poderão montar uma infra-estrutura para atender várias PMEs. Os sindicatos / associações / ONG e associações entre PMES.: Criar esse ambiente compartilhado.

28 Oportunidades: Com o Sped todos contribuintes necessitarão melhorar suas informações. Inevitavelmente buscarão soluções de qualidade. As soluções para atendimento de obrigações fiscais serão as primeiras a serem procuradas. A disponibilidade de Aplicativos Públicos, minimizará mas não resolverá à área de gestão das PMEs

29 Como o SPED pode interagir nesse processo Oportunidade para esse ambiente fisco x contribuinte x contabilista

30 Subprojeto de Inclusão Fiscal Digital Acrescentar no sistemas, já existentes do SPED, a possibilidade de inserção manual das informações, criando os aplicativos: Emissor de NF-e Sped Contábil Basta uma tela para entrada e alteração dos dados, tal qual é feito hoje na DIPJ Sped Fiscal: Criar versões que permitem a inclusão e alteração de dados. Interoperabilidade e busca no Sped Contábil.

31 Por exemplo: A NF-e (versus) Custo de Impressão 100 NFs Impressão em gráfica tipográfica de 2 talonários com 50 NFs cada, no padrão modelo 1 do ICMS Tipografia Rena Ltda - São Paulo = R$ 200,00 (um talão com 50 NFs fica R$120,00)

32

33 Custo de Impressão 100 NFs Cartucho de tinta black (Datasupri) 200 páginas / R$55,00 = R$ 27,50 Papel A4 (Datasupri) 500 folhas / 10,90 = R$ 2,18 Custo total de 100 NF = R$ 29,68

34 Custo de Impressão 100 NFs Custo na Tipografia R$ 200,00 Custo de Impressão NF-e R$ 29,68 Economia com a NF-e R$ 170,32 Compra de 1 impresssora: Canon IP1200 Jato de tinta R$ 149,00 Sobram ainda R$ 21,32

35 Custo de Impressão 100 NFs Impressão em impressora laserjet Custo unitário = xerox normal. Xerox da Esquina R$0,20 cada = R$ 20,00 (incluso o custo do papel)

36 Subprojeto para Gestão das PMEs Disponibilização pública dos fontes de todos os sistemas Sped Agente Financiador ou Patrocinador Solução mínima integrada e gratuitade gestão para pequenas e médias empresas. Serpro (expertise SIAFI) Sebrae (implementação) Outros parceiros Seguir o modelo do Projeto Inclusão Digital: Criar um padrão de distribuição Exemplo:

37

38 Obrigado pela sua atenção!!! Homero Rutkowski Representante do CFC (Conselho Federal de Contabilidade) Tel.: e celular:


Carregar ppt "O ambiente Sped E a necessidade de QUALIDADE das informações das PMEs."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google