A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Processos Professor: Sérgio Henrique Barszcz. 2 Prof. Sérgio Henrique Barszcz O conceito de Processos Na literatura em geral, pode-se encontrar que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Processos Professor: Sérgio Henrique Barszcz. 2 Prof. Sérgio Henrique Barszcz O conceito de Processos Na literatura em geral, pode-se encontrar que."— Transcrição da apresentação:

1 1 Processos Professor: Sérgio Henrique Barszcz

2 2 Prof. Sérgio Henrique Barszcz O conceito de Processos Na literatura em geral, pode-se encontrar que processos podem ser definidos como um conjunto de operações, ações ou etapas, destinadas ao desenvolvimento de uma resultante final (produto), e que dependerá e consumirá recursos durante a sua realização. Administração da Produção e Operações

3 3 Prof. Sérgio Henrique Barszcz O conceito de Processos Classicamente tem-se graficamente a representação do conceito de processos conforme a figura abaixo: Administração da Produção e Operações ENTRADAS SAÍDAS FEEDBACK PROCESSOS

4 4 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos em produção Qualquer produção envolve três processos básicos: Inputs (Entradas:Recursos), Transformação e, Outputs (Saídas: Produtos e/ou Serviços). Administração da Produção e Operações A T E N Ç Ã O !!!

5 5 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos em produção Administração da Produção e Operações Recursos de entrada a serem transformados materiais; informação; consumidores; matérias-primas Recursos de entrada de transformação instalações; pessoal Recursos de entrada (input) Saídas de Produtos e Serviços (output) Consumidores Processo de Transformação

6 6 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Exemplo macro de um processos de produção de vídeos musicais Administração da Produção e Operações Marketing e vendas de vídeos musicais Engenharia Finanças e contabilidade dos vídeos musicais Fabricação de cenários para os vídeos musicais Unidade de produção dos vídeos musicais Pós-produção dos vídeos musicais

7 7 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Dimensões dos processos produtivos – 4 V´s da produção Volume de output; Variedade de output; Variação da demanda do output; Grau de Visibilidade que os consumidores possuem da produção do output. Administração da Produção e Operações

8 8 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Dimensão VOLUME Administração da Produção e Operações VOLUME BAIXOALTO Baixa repetição; Maior participação dos funcionários; Menor sistematização; Alto custo unitário. Alta repetição; Especialização; Sistematização; Capital intensivo; Baixo custo unitário

9 9 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Dimensão VARIEDADE Administração da Produção e Operações VARIEDADE BAIXOALTO Bem definida; Rotineira; Padronizada; Regular; Baixo custo unitário. Flexível; Completo; Atende às necessidades dos consumidores; Alto custo unitário.

10 10 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Dimensão VARIAÇÃO DA DEMANDA Administração da Produção e Operações VARIAÇÃO DA DEMANDA BAIXOALTO Estável; Rotineira; Previsível; Alta utilização; Baixo custo unitário. Capacidade mutante; Antecipação; Flexibilidade; Ajustado com a demanda Alto custo unitário.

11 11 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Dimensão VISIBILIDADE Administração da Produção e Operações VISIBILIDADE BAIXOALTO Tempo entre a produção e consumo; Padronização; Pouca habilidade de contato; Alta utilização de funcionários; Centralização Baixo custo unitário. Tolerância de espera limitada; Satisfação definida pela percepção do consumidor; Necessidade de habilidade de contato com o consumidor; A variedade percebida é alta Alto custo unitário.

12 12 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Implicações das 4 Dimensões – 4 V´s da produção Implicam no custo de criação e execução de produtos e serviços. Alto volume, baixa variedade, baixa variação e baixa visibilidade (contato), permite custos baixos; Baixo volume, alta variedade, alta variação e alta visibilidade (contato), geram custo alto. Administração da Produção e Operações A T E N Ç Ã O !!!

13 13 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Tipos de processos produtivos Processos de Projetos; Processos de Jobbing; Processos em Lotes ou Bateladas; Processos de Produção em Massa; Processos Contínuos; Processos de Serviços Profissionais; Processos de Lojas de Serviços; Processos de Serviços de Massa. Administração da Produção e Operações

14 14 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos de Projeto Destinam-se a produtos discricionários, usualmente bastante customizados; Frequentemente a execução é relativamente longa; Caracteriza-se pelo Baixo Volume e Alta Variedade. Exemplos: Construção de Navios, Filmes, Turbo-geradores. Mapeamento do processo é complexo. Administração da Produção e Operações

15 15 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos de Jobbing Destinam-se a produtos customizados, mas em tamanho menor que os de projetos; Recursos de produção podem ser compartilhados, embora os produtos sejam em sua grande maioria diferentes entre si; Caracteriza-se pelo Baixo Volume e Alta Variedade. Exemplos: Restauração de móveis, alfaitaria sob encomenda, mestres ferramenteiros. Mapeamento do processo é complexo. Administração da Produção e Operações

16 16 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos em Lotes ou Bateladas Destinam-se a produção de lotes de diferentes produtos; Lotes pequenos pouca repetição, enquanto grandes repetição maior; Caracteriza-se por ter Volume Variedade variáveis; Exemplos: Máquinas de ferramentas, peças de conjuntos montados como de automóveis, roupas. Mapeamento do processo é variável conforme produto do lote. Administração da Produção e Operações

17 17 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos de Produção em Massa. Destinam-se a produção de produtos em massa Repetição alta; Caracteriza-se por ter Alto Volume Variedade estreira; Exemplos: Montadora de automóveis Mapeamento do processo não varia, embora itens adicionais possam ser produzidos na linha Administração da Produção e Operações

18 18 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos de Produção em Massa. Destinam-se a produção de produtos em massa Repetição alta; Caracteriza-se por ter Alto Volume Variedade estreira; Exemplos: Montadora de automóveis Mapeamento do processo não varia, embora itens adicionais possam ser produzidos na linha, sendo quase totalmente repetitivo. Administração da Produção e Operações

19 19 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos Continuos Destinam-se a produção de produtos contínuos sem variação tecnológica Repetição alta; Caracteriza-se por ter Alto Volume e Nenhuma Variedade; Exemplos: Refinarias, abatedouro de aves. Mapeamento do processo não varia. Administração da Produção e Operações

20 20 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos de Serviços Profissionais Organizações de alto contato, em que clientes dependem tempo considerável no processo de serviço Alta customização, serviço adaptável conforme as necessidades individuais dos clientes Caracteriza-se por ter Baixo Volume e Alta Variedade; Exemplos: Consultoria, advogados, auditores, arquitetos Processo baseado nas pessoas (como o serviço é prestado). Administração da Produção e Operações

21 21 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos de Lojas de Serviços Organizações de contato com clientes, customização, volume de clientes e liberdade de decisão do pessoal. Alta customização, serviço adaptável conforme as necessidades individuais dos clientes Caracteriza-se por ter o Volume e Variedade medianas; Exemplos: Bancos, aluguel de automóveis, hotéis, maior parte dos restaurantes Processo são rotineiros, sendo normalmente a venda do serviço de forma customizada. Administração da Produção e Operações

22 22 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Processos de Serviços de Massa Organizações que tem muitas transações com clientes. Baixa customização Caracteriza-se por ter Alto Volume e Variedade Baixa; Exemplos: Supermercados, aeroportos, telecomunicações Processo devem ser altamente estruturados. Administração da Produção e Operações

23 ProjetoServiço Profissional Jobbing Loja de Serviço Lotes ou Bateladas Massa Serviço de Massa (verificar e voltar a explicar) Contínuo 23 Matriz Produto-Processo Tipos de processos de operações de manufatura Tipos de processos de operações de serviços Menor flexibilidade de processo do que é necessário, logo Alto Custo Maior flexibilidade de processo do que é necessário, logo Alto Custo Prof. Sérgio Henrique Barszcz Administração da Produção e Operações Linha de ajuste do processo às características volume//variedade de produtos e serviços Nenhum VOLUME VARIEDADE

24 24 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Mapeamento de Processos Envolve a descrição detalhada de processos em termos de como as atividades relacionam-se umas com as outras; Entre as técnicas ou ferramentas mais utiliza pode-se destacar: o fluxograma, o mapa de processos, o mapofluxograma, o SIPOC; Os processos podem ser demonstrados de forma gradual do mais macro para o mais micro. Administração da Produção e Operações

25 25 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Símbolos utilizados para mapeamento de processos Administração da Produção e Operações São utilizados para descriminar e classificar as diversas atividades do processo; Não existe um conjunto de símbolos exatamente universal, e sim alguns que são mais comuns de utilização; Muitos destes símbolos originaram-se na Administração Científica, já outros derivaram das ferramentas de Análise de Sistemas de Informações.

26 26 Símbolos derivados da Administração Científica Operação (uma atividade que diretamente agrega valor); Inspeção (checagem de algum tipo); Transporte (movimentação de algo); Atraso ou espera (espera, por exemplo de materiais); Prof. Sérgio Henrique Barszcz Administração da Produção e Operações Estoque (armazenagem).

27 27 Símbolos derivados da Análise de Sistemas de Informações Início ou final do processo; Atividade Input ou Output de um processo Direção do fluxo Prof. Sérgio Henrique Barszcz Administração da Produção e Operações Decisão

28 28 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Ferramenta SIPOC Administração da Produção e Operações S - Suppliers - Fornecedores; I - Imputs - Entradas; P - Process - Processos; O - Outputs - Saídas; C - Customers – Clientes.

29 29 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Ferramenta SIPOC Administração da Produção e Operações FornecedoresEntradasProcessosSaídasClientes Distribuidor de peças e itens de reparos para automóveis Proprietário do automóvel Peças de Automóveis Automóveis Informações adicionais sobre automóveis. Descrição do processo: Reparo de um carro após colisão. Carro reparado Proprietário do automóvel Seguradoras Cliente entrega carro Mecânico registra o pedido Mecânico verifica o carro Mecânico estima custo e tempo de reparo Aprovação do cliente e da seguradora Obtenção de peças Instalação de peças Teste Drive Cliente apanha seu carro MAPA DO PROCESSO:

30 30 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Por motivo de disposição de lay-out no tela anterior o processo foi demonstrado com os retângulos em diferentes tamanhos, mas o ideal é que todos tenham o mesmo formato. Administração da Produção e Operações A T E N Ç Ã O !!! Ferramenta SIPOC

31 31 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Fazer um café (cafezinho) para convidados em sua casa; Conserto de um pneu furado em uma borracharia; Pagar a conta de energia elétrica em um banco ou lotérica; Fazer compras de artigos de higiene em supermercado. Administração da Produção e Operações Exercícios de fixação em grupo Ferramenta SIPOC Utilizando a ferramenta SIPOC desenvolva os seguintes processos

32 32 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Ferramenta FLUXOGRAMA Administração da Produção e Operações o fluxograma permite o registro de ações e pontos de tomada de decisão que ocorrem no fluxo real. Símbolos adicionais: Documentação; Armazenagem.

33 33 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Administração da Produção e Operações Atenção !!! Ferramenta SIPOC Segue um exemplo de fluxograma cujo processo é a montagem do conjunto pneu/roda para em uma montadora de caminhões. Este fluxo é representado em dois modelos: O primeiro apenas com setas sequenciais; O segundo além das setas utiliza de números para indicar a sequência do fluxo.

34 34 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Exemplo de FLUXOGRAMA – representação 1 Administração da Produção e Operações Início do Processo Transporte de pneus da borda da linha de pneus para a esteira Transporte de rodas da borda da linha de rodas para a esteira Montagem do componente Pneu/Roda Montagem da peça anel no componente Pneu/Roda Enchimento do componente Pneu/Roda Calibragem correta? Balanceamento do componente Pneu/Roda Balanceamento Correto? Envio do conjunto Pneu/Roda para armazenagem temporária Armazenagem do conjunto Pneu//Roda para sequência na produção de caminhões NÃO SIM NÃO SIM Fim do Processo

35 35 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Exemplo de FLUXOGRAMA – representação 2 Administração da Produção e Operações Início do Processo Transporte de pneus da borda da linha de pneus para a esteira Transporte de rodas da borda da linha de rodas para a esteira Montagem do componente Pneu/Roda Montagem da peça anel no componente Pneu/Roda Enchimento do componente Pneu/Roda Calibragem correta? Balanceamento do componente Pneu/Roda Balanceamento Correto? Envio do conjunto Pneu/Roda para armazenagem temporária Armazenagem do conjunto Pneu//Roda para sequência na produção de caminhões NÃO SIM NÃO SIM Fim do Processo

36 36 Prof. Sérgio Henrique Barszcz No exemplo da figura anterior qual as figuras podem ser substituídas por outras? Fazer um café (cafezinho) para convidados em sua casa; Conserto de um pneu furado em uma borracharia; Pagar a conta de energia elétrica em um banco ou lotérica; Fazer compras de artigos de higiene em supermercado. Administração da Produção e Operações Exercícios de fixação em grupo Ferramenta FLUXOGRAMA Utilizando a ferramenta Fluxograma os seguintes processos

37 37 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Ferramenta MAPA DE PROCESSO Administração da Produção e Operações Permite registrar um processo de maneira compacta, a fim de tornar possível sua melhor compreensão e se necessário posterior melhoria. Sua demonstração é mais compacta que o fluxograma.

38 38 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Exemplo 1 de MAPA DE PROCESSO Administração da Produção e Operações ATIVIDADE Solicita trancamento Preenche o formulário Realiza pagamento na faculdade Confere documentação ATIVIDADE Solicita trancamentoX Preenche o formulárioX Realiza pagamento na faculdadeX Confere documentaçãoX

39 39 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Ferramenta MAPOFLUXOGRAMA Administração da Produção e Operações Permite registrar as linhas do mapa de processo em uma planta que representa a área onde o processo se desenvolve.

40 40 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Exemplo 1 de MAPOFLUXOGRAMA Administração da Produção e Operações

41 41 Prof. Sérgio Henrique Barszcz Exemplo 2 de MAPOFLUXOGRAMA Administração da Produção e Operações


Carregar ppt "1 Processos Professor: Sérgio Henrique Barszcz. 2 Prof. Sérgio Henrique Barszcz O conceito de Processos Na literatura em geral, pode-se encontrar que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google