A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Seminário Casos Reais de Implantação do Modelo de Gestão do Conhecimento (GC) para a Administração Pública Brasileira 27 de novembro – Local: Brasília/DF.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Seminário Casos Reais de Implantação do Modelo de Gestão do Conhecimento (GC) para a Administração Pública Brasileira 27 de novembro – Local: Brasília/DF."— Transcrição da apresentação:

1

2 Seminário Casos Reais de Implantação do Modelo de Gestão do Conhecimento (GC) para a Administração Pública Brasileira 27 de novembro – Local: Brasília/DF

3 A GESTÃO DO CONHECIMENTO NO GOVERNO DE MINAS GERAIS

4 Resolução SEPLAG no. 55, de 27/07/12 Dispõe sobre a instituição da Política de Gestão do Conhecimento, no âmbito da Administração Direta e Indireta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual. Objetivo Geral “Agregar valor aos serviços públicos... mediante a criação de uma ambiência favorável à geração, estruturação, compartilhamento e disseminação do conhecimento nos âmbitos interno e externo à Administração Pública Estadual”.

5 Resultados Esperados  Consolidação da cultura de colaboração entre os servidores.  Ampliação do aprendizado individual e organizacional.  Aumento das iniciativas de inovação governamental.  Elevação do grau de estruturação da memória organizacional.  Aprimoramento do processo decisório.

6 Política Estadual: Desdobramentos Política Estadual: Desdobramentos Modelo de Governança  Definição de um Modelo de Governança para a implementação da Política Estadual de Gestão do Conhecimento: Instância diretiva; Instância consultiva e deliberativa (Comitê de GC); Coordenação técnica; Coordenação executiva. Comitê Estadual  Constituição do Comitê Estadual de Gestão do Conhecimento (Resolução SEPLAG no. 108, de 14/12/2012), composto por representantes de 16 Órgãos/Entidades da APE.

7  Criação de identidade visual (logomarca e slogan)  Elaboração de cartilha de sensibilização

8 pilotos:  Definição de Secretarias/Órgãos pilotos: Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, Secretaria de Estado de Educação, Polícia Militar e Polícia Civil de Minas Gerais. Acordo de Cooperação Técnica com o IPEA  Celebração de Acordo de Cooperação Técnica com o IPEA visando a utilização do MGCAPB para a implantação da GC.  Adoção de duas abordagens: Plano Estadual: Plano Estadual: agenda de necessidades e prioridades de conhecimento compartilhadas em prol da melhoria das políticas públicas estaduais; e Planos Setoriais: Planos Setoriais: estruturação de estratégias de GC nos Órgãos e Entidades.

9 Plano Estadual de GC (MGCAPB) Diagnóstico de Maturidade da GC  Elaboração do Diagnóstico de Maturidade da GC na APE (média da pontuação de 15 Secretarias/Órgãos). 02workshops IPEA  Realização de 02 workshops IPEA, com representantes de todas as Secretarias de Estado, para repasse metodológico e início do processo de construção do plano estratégico: grupos de trabalho para Business Case, Viabilizadores de GC e Lacunas de Conhecimento para a APE.

10 Planos de Ação de Viabilizadores  Elaboração de Planos de Ação de Viabilizadores da Gestão do Conhecimento, com base nos subsídios colhidos nos workshops IPEA. Articulação com especialistas das unidades de políticas centrais do Governo de Minas. Dimensão de Liderança: o Sensibilização e capacitação de lideranças. Dimensão de Pessoas: o Educação corporativa; o Mapeamento do conhecimento; o Comunicação interna (informar, sensibilizar e educar); o Política de reconhecimento.

11 Dimensão de Processos: o Capacitação em modelagem de processos. Dimensão de Tecnologia: o Desenvolvimento/customização de ferramentas tecnológicas vinculadas a Viabilizadores de GC e Lacunas de Conhecimento previamente identificadas (plataforma de EAD, Comunidade de Prática Virtual, Repositório Digital, Banco de Ideias, Sala de Situação Estratégica).

12 Planos de Ação de Lacunas de Conhecimento,  Elaboração de Planos de Ação de Lacunas de Conhecimento, com base nos subsídios colhidos nos workshops IPEA. 1ª. Fase – Lacunas de conhecimento de natureza transversal e recorrente no Governo de Minas: o Métodos e práticas de gestão de processos; o Métodos e práticas de gestão de projetos; o Produção gerencial, técnica e científica vinculada a temas estratégicos; o Informações sobre ideias e iniciativas de inovação; o Informações para o processo decisório; o Informações sobre marcos estratégicos. Articulação com as unidades de políticas centrais do Governo de Minas e Fundação João Pinheiro.

13 2ª. Fase: Lacunas de conhecimento vinculadas aos projetos e processos do Portfólio Estratégico do Governo de Minas. o Em fase de seleção/priorização. Articulação com especialistas vinculados às temáticas priorizadas e validação com as instâncias diretivas das Secretarias de referência.  Discussão evalidação  Discussão e validação com o Comitê Estadual de Gestão do Conhecimento.

14 Indicadores  Especificação de Indicadores de GC Grupo de trabalho do Comitê Setorial de GC: áreas coordenadoras de políticas centrais da Secretaria de Planejamento e Gestão, Secretaria de Governo e Secretaria da Fazenda. a) Maturidade em GC. b) Processos de GC: o Geração; o Codificação/armazenamento; o Disseminação/compartilhamento; o Transferência/utilização. c) Resultados da GC.

15 Planos Estratégicos de GC (MGCAPB) Planos Estratégicos de GC (MGCAPB)  Planos Setoriais de GG (Pilotos)  sensibilização da alta administração e gerência média ( PMMG, PCMG, SEPLAG e SEE).  definição de governança de GC.  realização de 05 workshops IPEA para repasse metodológico e início do processo de construção dos planos setoriais.  constituição de grupos de trabalho para detalhamento dos Business Case, Viabilizadores de GC e Lacunas de Conhecimento.

16 Planos Estratégicos de GC (MGCAPB) Planos Estratégicos de GC (MGCAPB)  Planos Setoriais de GC (Demais Secretarias/Órgãos)  Sensibilização da alta administração e gerência média.  Realização de repasse metodológico do IPEA para as equipes técnicas das Secretarias de Estado.  Orientação técnica/assessoramento da Assessoria de Gestão da Informação – AGI para os processos de organização de governança e elaboração dos planos setoriais.

17 Características  Processo de construção coletiva: legitimidade.  Implantação descentralizada, com base nas diretrizes emanadas da coordenação técnica central: multiplicação de esforços.  Identificação e absorção de iniciativas em andamento, amparadas ou não por dotações orçamentárias específicas: otimização e racionalização.

18 Resultados Imediatos  Revisão/fortalecimento de políticas organizacionais em consonância com os conceitos e princípios da Gestão do Conhecimento (pessoas, processos, TIC).  Introdução da Gestão do Conhecimento na agenda de todos os Órgãos/Entidades do Poder Executivo Estadual.  Avanços na cultura de explicitação e compartilhamento de conhecimentos entre os servidores públicos estaduais.

19 Desafios  Gestão do Conhecimento não é uma coisa “subjetiva”, está mais próxima de nós do que imaginamos!  Gestão do Conhecimento não é uma “coisa a mais” para se fazer: é um modo diferente de fazer as coisas!  Teremos tempo para conversar e compartilhar, desde que nos organizemos!  “Santo de Casa” também faz milagres!  O erro que decorre da experimentação é legítimo e fonte preciosa de aprendizado!

20 Próximos passos  Implantação das práticas de GC vinculadas ao Plano Estadual, sob a coordenação da Assessoria de Gestão da Informação – AGI/SEPLAG.  Implementação de programa de benchmarkings internos de GC entre os Órgãos/Entidades do Poder Executivo Estadual.  Estruturação dos processos de monitoramento do Plano Estadual e Planos Setoriais pilotos junto ao IPEA.  Realização de treinamentos na temática de Gestão do Conhecimento para os servidores públicos estaduais.

21 OBRIGADA! Equipe Helena Alaíde Mortimer Macedo – Ramal Luciana Santos Prado – Ramal Rômulo de Barros Teixeira – Ramal Tiago Aroeira Marliere – Ramal Wellington Pereira de Moura (Estagiário) – Ramal Margarida Maria Souto Fantoni (31) /


Carregar ppt "Seminário Casos Reais de Implantação do Modelo de Gestão do Conhecimento (GC) para a Administração Pública Brasileira 27 de novembro – Local: Brasília/DF."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google