A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C OLÉGIO D OUTORAL T ORDESILLAS EM C IÊNCIAS A MBIENTAIS E A LTERAÇÕES G LOBAIS Prof. Dr. Fausto Miziara Universidade Federal de Goiás.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C OLÉGIO D OUTORAL T ORDESILLAS EM C IÊNCIAS A MBIENTAIS E A LTERAÇÕES G LOBAIS Prof. Dr. Fausto Miziara Universidade Federal de Goiás."— Transcrição da apresentação:

1 C OLÉGIO D OUTORAL T ORDESILLAS EM C IÊNCIAS A MBIENTAIS E A LTERAÇÕES G LOBAIS Prof. Dr. Fausto Miziara Universidade Federal de Goiás

2 L INHAS DE P ESQUISA UFG - Ciências Ambientais Mudanças no uso da terra e impactos ambientais Indicadores de Sustentabilidade Ambiental UA - Biologia e Ecologia das Alterações Globais Biologia e Ecologia Tropical; Biologia e Ecologia Marinha; Ecologia e Biodiversidade Funcional; Biologia do Genoma e Evolução Biologia Ambiental e Saúde. UCLM - Biología y Tecnología de los Recursos Cinegéticos Sanidad de Fauna Silvestre (Sanidad Animal; Toxicología; Biología Molecular de la interacción vector-patógeno-hospedador y Biotecnología Ecología de Especies de interés Cinegético (Ecología; Conservación de la Biodiversidad; SIG) Genética y Biología Reproductiva de Fauna Silvestre (Genética; Biología de la Reproducción)

3

4

5

6

7

8

9 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS-PRPPG-UFG NÍVEL: DOUTORADO CONCEITO CAPES: 5 ( )

10 PÓS-GRADUAÇÃO V INCULAÇÃO À PRPPG-UFG, DE CARÁTER MULTIDISCIPLINAR A TÉ 2012 COORDENAÇÃO DE ÁREA INTERDISCIPLINAR A PARTIR DE 2012 COORDENAÇÃO DE ÁREA C IÊNCIAS A MBIENTAIS ESTRUTURA ACADÊMICA

11 Á REA DE C ONCENTRAÇÃO : E STRUTURA E D INÂMICA A MBIENTAL L INHAS DE P ESQUISA 1. M ONITORAMENTO E ANÁLISE DE RECURSOS NATURAIS 2. C ONSERVAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E SOCIEDADE ÁREA DE CONCENTRAÇÃO E LINHAS DE PESQUISA

12 15 Permanentes e 3 Colaboradores Q UADRO ATUAL DE D OCENTES

13 D ISTRIBUIÇÃO DE ÁREAS DOS DOCENTES

14

15 Objeto: Ênfase nos processos antrópicos nas regiões de Fronteira. Maior destaque para o Bioma Cerrado. A Amazônia também é estudada. I DENTIDADE

16 “Berço das Águas” “Berço das Águas” Contribui para a formação das bacias do São Francisco (50% das nascentes), Araguaia-Tocantins (78%) e Paraná-Paraguai (48%). Elevada Biodiversidade Favorecida pelo clima sazonal, disponibilidade hídrica, e contato com quase todos os biomas do país. Introdução

17 Cerrado como hotspot para conservação

18 Os mapas a seguir foram extraídos de pesquisas do CIAMB e servem para ilustrar as diversas escalas de análise da mudança do uso do solo que trabalhamos no programa.

19 Sano et al., 2006 (PROBIO) ~ 40% convertidos PROBIO: ~ 40% convertidos () (81.5 milhões ha) Levantamento de remanescentes via Imagens Landsat (2002) e Campo: > Precisão, > Acuidade Atual Mapeamento dos Remanescentes

20

21

22

23

24

25

26 J USTIFICATIVA A compreensão da relação entre as ações humanas e o meio ambiente tem se apresentado como um desafio para as diversas áreas de conhecimento, particularmente com a consciência cada vez mais generalizada das alterações globais decorrentes dos impactos ambientais. Mais do que um desafio às disciplinas consolidadas apresenta-se a necessidade de conhecimentos novos desenvolvidos sob a égide da interdisciplinaridade. Para tanto, a possibilidade de intercâmbio entre equipes de pesquisadores sediadas em diferentes países permite a construção de diálogos que transcendem as limitações institucionais e disciplinares presentes no cotidiano da ciência.

27 O BJETIVOS Promover a formação de novos pesquisadores no campo das Ciências Ambientais, com o fim de incrementar a qualidade das investigações nesta temática, agregando recursos e linhas de pesquisa já existentes nas Universidades conveniadas. Promover um Colégio Doutoral entre as Universidades conveniadas que permita contribuir para a implementação de elevados padrões de qualidade de ensino e pesquisa compartilhada por diferentes equipes de investigação envolvidas no programa Potencializar a cooperação e o intercâmbio das equipes de investigação participantes, assim como de outras Universidades nacionais, com o fim de avançar na otimização de recursos e na consolidação de uma massa crítica. Promover a mobilidade discente dos programas de doutorado entre Universidades Européias e brasileiras, podendo os alunos incorporar-se a equipes de investigação de Universidades distintas de sua origem.

28

29

30


Carregar ppt "C OLÉGIO D OUTORAL T ORDESILLAS EM C IÊNCIAS A MBIENTAIS E A LTERAÇÕES G LOBAIS Prof. Dr. Fausto Miziara Universidade Federal de Goiás."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google