A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

{ Materialismo histórico e dialético Karl Marx. Dialética hegeliana antítese síntese tese antítese síntese antítese tese afirmação negação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "{ Materialismo histórico e dialético Karl Marx. Dialética hegeliana antítese síntese tese antítese síntese antítese tese afirmação negação."— Transcrição da apresentação:

1 { Materialismo histórico e dialético Karl Marx

2 Dialética hegeliana antítese síntese tese antítese síntese antítese tese afirmação negação

3 O mundo é regido por uma dialética, mas não como um espírito ou uma lógica; O mundo é regido por uma dialética, mas não como um espírito ou uma lógica; Rejeita o idealismo hegeliano, pelo contrário, Marx afirma que é a partir de como o ser humano produz que se definem suas ideias e concepções. (parte do mundo real, material). Rejeita o idealismo hegeliano, pelo contrário, Marx afirma que é a partir de como o ser humano produz que se definem suas ideias e concepções. (parte do mundo real, material). O material é definidor do ideológico. O material é definidor do ideológico. Economia, mundo do trabalho, subsistência são elementos reais e fundamentais para o ser humano. (objetos materiais que definem a consciência do ser humano) Economia, mundo do trabalho, subsistência são elementos reais e fundamentais para o ser humano. (objetos materiais que definem a consciência do ser humano) O material influencia as ideias e estas, influenciam o material. O material influencia as ideias e estas, influenciam o material. Dialética marxista

4 a luta de classes é o motor da história. a luta de classes é o motor da história. Desde que apareceram o opressor e o oprimido, foram as lutas entre eles que promoveram o progresso da História da humanidade. Desde que apareceram o opressor e o oprimido, foram as lutas entre eles que promoveram o progresso da História da humanidade. Uma dialética é posta entre opressores e oprimidos. Uma dialética é posta entre opressores e oprimidos. A DIALÉTICA será: A DIALÉTICA será: MATERIALISTA porque é na economia, na produção e trabalho que o ser humano constrói sua história. MATERIALISTA porque é na economia, na produção e trabalho que o ser humano constrói sua história. HISTÓRICA, pois é fruto da ação humana no decorrer dos séculos. HISTÓRICA, pois é fruto da ação humana no decorrer dos séculos. Concepção dialética da história

5 Marx e Engels estudavam como a dialética operava, isto é, como ocorreram as lutas sociais através dos tempos. Marx e Engels estudavam como a dialética operava, isto é, como ocorreram as lutas sociais através dos tempos. Eles propunham que os oprimidos de então lutassem, exercessem a dialética na sociedade para construírem uma sociedade mais justa e humana. Eles propunham que os oprimidos de então lutassem, exercessem a dialética na sociedade para construírem uma sociedade mais justa e humana. Concepção dialética da história

6 É a forma hegemônica de se produzir dentro de uma sociedade em determinado período. É a forma hegemônica de se produzir dentro de uma sociedade em determinado período. Hegemônico, pois haverá somente um modo prevalecentes dentro de uma sociedade. Hegemônico, pois haverá somente um modo prevalecentes dentro de uma sociedade. Um modo de produção é definido por alguns fatores que caracterizam a produção humana: força de trabalho (parte viva) instrumento de trabalho, objeto de trabalho. (forças produtivas) Um modo de produção é definido por alguns fatores que caracterizam a produção humana: força de trabalho (parte viva) instrumento de trabalho, objeto de trabalho. (forças produtivas) FORÇAS PRODUTIVAS, são cumulativas e legadas de geração a geração. FORÇAS PRODUTIVAS, são cumulativas e legadas de geração a geração. Modo de produção

7 Todo trabalho humano para produzir sua subsistência advém de uma luta, uma dialética com a natureza. Todo trabalho humano para produzir sua subsistência advém de uma luta, uma dialética com a natureza. Para observar o estágio de desenvolvimento que se encontra uma sociedade é só observar suas forças produtivas. Para observar o estágio de desenvolvimento que se encontra uma sociedade é só observar suas forças produtivas. Um modo de produção pode ser: igualitário ou desigual; p.04 Marx criticava o capitalismo por ele ser um sistema socioeconômico desigual; Modo de produção

8 Burguesia e proletários

9 Proletário: só vende sua capacidade de trabalho (aptidões e habilidades). O produto e o seu próprio trabalho não lhe pertencem, mas sim àqueles que compram sua força de trabalho e pagam o salário. Proletário: só vende sua capacidade de trabalho (aptidões e habilidades). O produto e o seu próprio trabalho não lhe pertencem, mas sim àqueles que compram sua força de trabalho e pagam o salário. Trabalhador: podem vender os produtos de seu trabalho Trabalhador: podem vender os produtos de seu trabalho Proletários e trabalhadores

10 ORIGEM DA PALAVRA (PROLETÁRIO) ORIGEM DA PALAVRA (PROLETÁRIO) Na Roma Antiga, o rei Sérvio Túlio usou o termo proletarii para descrever os cidadãos de classe mais baixa, que não tinham propriedades e cuja única utilidade para o Estado era gerar proles (filhos) para engrossar as fileiras dos exércitos do império. O termo proletário foi utilizado num sentido depreciativo, até que, no século XIX, socialistas, anarquistas e comunistas utilizaram-no para identificar a classe dos sem propriedade de meios de vida do capitalismo industrial. Burguesia e proletários

11 A quem não possui os meios de produção restará apenas a força de trabalho. A quem não possui os meios de produção restará apenas a força de trabalho. O que vende a força de trabalho recebe o salário e o comprador da força de trabalho, recebe o lucro. O que vende a força de trabalho recebe o salário e o comprador da força de trabalho, recebe o lucro. Dessa diferença nasce essas duas classes. Dessa diferença nasce essas duas classes. O marxismo é totalmente contrário à definição de classe a partir da renda e das possibilidades de consumo.m O marxismo é totalmente contrário à definição de classe a partir da renda e das possibilidades de consumo.m Burguesia e proletários

12 A história sempre evoluiu por causa das luta de classes. A história sempre evoluiu por causa das luta de classes. A burguesia foi revolucionária e modificou a realidade européia e depois o mundo, com sua ideologia e maneira de produzir. A burguesia foi revolucionária e modificou a realidade européia e depois o mundo, com sua ideologia e maneira de produzir. Foi autora de uma realidade desigual e, por isso, passível de lutas e de nova revolução. Foi autora de uma realidade desigual e, por isso, passível de lutas e de nova revolução. Das contradições do feudalismo nasceu o capitalismo e, segundo os antagonismos do capitalismo nasce uma nova classe revolucionária: o proletariado. Das contradições do feudalismo nasceu o capitalismo e, segundo os antagonismos do capitalismo nasce uma nova classe revolucionária: o proletariado. A burguesia

13 Resumir os seguintes tópicos no caderno: Resumir os seguintes tópicos no caderno: Origem do capitalismo, feudalismo, cruzadas, burgos e cidades, o Estado e o Liberalismo. (p.06-08) Origem do capitalismo, feudalismo, cruzadas, burgos e cidades, o Estado e o Liberalismo. (p.06-08) Agenda (sociologia)


Carregar ppt "{ Materialismo histórico e dialético Karl Marx. Dialética hegeliana antítese síntese tese antítese síntese antítese tese afirmação negação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google