A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Regionalização do espaço mundial CAPÍTULO 1. Regionalização do espaço mundial O que é regionalizar? É dividir o espaço – um município, estado, país, continente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Regionalização do espaço mundial CAPÍTULO 1. Regionalização do espaço mundial O que é regionalizar? É dividir o espaço – um município, estado, país, continente."— Transcrição da apresentação:

1 Regionalização do espaço mundial CAPÍTULO 1

2 Regionalização do espaço mundial O que é regionalizar? É dividir o espaço – um município, estado, país, continente ou todo o mundo – em regiões. São partes de um todo, que possuem traços comuns. Para que regionalizar? Para estudar melhor o espaço ou compreendê-lo, para fins administrativos ou de planejamento. Como regionalizar o mundo? Diversos critérios Regionalizar depende não apenas do espaço a ser regionalizado, mas também dos nossos objetivos. por continentes por paisagens naturais por países ricos e pobres por grandes culturas 2

3 Regionalização do espaço mundial Os continentes A divisão por continentes é uma forma de regionalizar o mundo fundamentada, principalmente, em fatores físicos ou naturais. O que são os continentes? São imensas massas sólidas na superfície terrestre. Os seis continentes são: África Ásia Europa 3

4 Regionalização do espaço mundial Continente ilha Tamanho Menor continente Maior ilha Adaptado de: ATLAS geográfico escolar. Rio de Janeiro: IBGE, 2009 Adaptado de: OXFORD Atlas of the World. New York: Oxford University Press, Austrália Groenlândia 4

5 Regionalização do espaço mundial Origem dos continentes Evolução natural ou geológica do planeta, com a divisão da superfície terrestre em partes líquidas e sólidas. Há 220 milhões de anos: Pangeia. América Europa Ásia África Oceania Antártida Teoria da deriva continental: - Lenta movimentação dos continentes e das placas tectônicas. 5

6 Regionalização do espaço mundial Zona de atrito Linha de contato entre duas placas terremoto e erupções vulcânicas provoca Adaptado de: ATLAS geográfico escolar. Rio de Janeiro: IBGE, Principais placas tectônicas 6

7 Regionalização do espaço mundial Observe as áreas de contato entre as placas (mapa anterior) e as atividades sísmicas e ocorrência de vulcões (mapa abaixo). Zonas sísmicas: terremotos e vulcões Adaptado de: QUID Paris: Robert Laffont, Qual é a semelhança entre os dois mapas? 7

8 Regionalização do espaço mundial Existem quatro grandes massas continentais – ou porções territoriais – na superfície da Terra. Velho mundo Novíssimo mundo Novo mundo Continente antártico As massas continentais Adaptado de: ATLAS geográfico escolar. Rio de Janeiro: IBGE,

9 Regionalização do espaço mundial O velho, o novo e o novíssimo mundo Local de surgimento das mais antigas civilizações. Os termos se referem à história humana, ao processo de descoberta e colonização das diversas regiões do planeta pelos europeus. Local onde se encontram os fósseis mais antigos. Berço da civilização ocidental, que dominou o mundo a partir do século XV. Ocidentalização Processo de alterações de hábitos e modo de vida tradicional de uma sociedade, que aos poucos vai incorporando os valores e tecnologia da cultura ocidental. Ponto de vista europeu 9

10 Regionalização do espaço mundial Antártida Não foi chamado de mundo por não ser habitado por nenhum povo. Não existem cidades nem áreas agrícolas. Não foi dividida em países e ninguém reside ali de forma permanente. Interesse pela Antártida Localização Instalação de bases militares e aeroespaciais Águas Maior reserva de água potável: geleiras Subsolo 10

11 Regionalização do espaço mundial Tratado da Antártida (1961) embora apenas na reunião de 1991 os 30 países signatários do Tratado da Antártida decidiram prorrogá-lo por mais 50 anos, até 2041 RENATA MELLO / PULSAR IMAGENS Estação Comandante Ferraz, base científica do Brasil na Antártida, em 2008, antes de ser parcialmente destruída por um incêndio em fevereiro de todos tivessem o direito de instalar bases de estudo científico; porém, não haveria bases militares, nem de exploração mineral países que possuíssem bases científicas ou que tivessem realizado estudos nessas áreas poderiam participar de qualquer decisão sobre uma divisão territorial no futuro Determina que até 1991 a Antártida não pertenceria a nenhum país 11

12 Regionalização do espaço mundial CAPÍTULO 2

13 Regionalização do espaço mundial As grandes regiões naturais Regionalização por paisagens naturais mostrar como os fatores naturais se relacionam uns com os outros em determinadas áreas do espaço geográfico da Terra, caracterizando cada uma delas como uma paisagem natural. permite O que é uma paisagem natural? É o conjunto formado pelos elementos mais importantes da natureza para a vida humana Clima Relevo Solo Hidrografia Vegetação original É o resultado da própria dinâmica natural do planeta. 13

14 Regionalização do espaço mundial Exemplos de interação entre os elementos Áreas mais elevadas são, geralmente, mais frias. Uma cadeia montanhosa pode impedir a chegada de ventos úmidos em uma região, tornando o clima mais seco. Clima A chuva e o vento desgastam o relevo, aplainando-os e rebaixando-os. Relevo 14

15 Regionalização do espaço mundial Solo A cobertura vegetal depende do solo e do clima. Dificulta a erosão. Decomposição de folhas e frutos fertilizam o solo. A evapotranspiração ajuda a manter os índices pluviométricos do clima da região. Vegetação original Clima 15

16 Regionalização do espaço mundial RelevoHidrografia A direção dos rios depende do relevo, pois eles caminham das áreas mais altas para as mais baixas. Por onde passam, os rios erodem o terreno e, com o tempo, provocam a formação de vales. 16

17 Regionalização do espaço mundial As diversas paisagens naturais da Terra Os cinco principais conjuntos ou grandes paisagens naturais são: Altas montanhas MIKE THEISS / NATIONAL GEOGRAPHIC SOCIETY / CORBIS / LATINSTOCK Zonas polares SUE FLOOD / THE IMAGE BANK / GETTY IMAGES Regiões temperadas ANDY SELINGER / ALAMY / OTHER IMAGES Áreas tropicais FABIO COLOMBINI / ACERVO DO FOTÓGRAFO Desertos IMAGEBROKER / ALAMY / OTHER IMAGES 17

18 Regionalização do espaço mundial Formações vegetais do globo 18 Adaptado de: ATLANTE Geografico Metodico De Agostini 2009 – 2010 Novara: Istituto Geografico De Agostini, 2009

19 Regionalização do espaço mundial Regiões temperadas Latitudes médias, isto é, entre os trópicos e os círculos polares: Existem exceções: é possível encontrarmos em médias latitudes desertos ou altas montanhas, ou ainda paisagens temperadas em áreas que ultrapassam os trópicos ou os círculos polares. Características: As quatro estações do ano são bem definidas. Intensamente povoadas e muito modificadas pela ação humana: - Vegetações cultivadas, como plantações agrícolas, pastagens ou florestas formadas artificialmente para extração de madeira. Gêneros agrícolas típicos: - Trigo; - Aveia; - Cevada; - Uva; - Oliva. 19

20 Regionalização do espaço mundial Paisagens tropicais Baixas latitudes, ou seja, próximos à linha do equador. Existem exceções: presença de desertos e altas montanhas nas faixas tropicais; regiões subtropicais, que são semelhantes às temperadas. Características: Apenas duas estações do ano são bem definidas: verão e inverno; Clima quente e geralmente úmido: São regiões intertropicais, pois estão situadas entre os dois trópicos. - Calor e umidade favorecem a vida vegetal e de microrganismos; - Flora e fauna muito mais rica e variada que as demais paisagens. Gêneros agrícolas tipicamente tropicais: - Cana-de-açúcar; - Milho; - Mandioca; - Algodão; - Café; - Arroz. 20

21 Regionalização do espaço mundial Zonas polares Altas latitudes, ou seja, acima dos círculos polares. Características: Clima frio polar: - Inverno muito rigoroso; Áreas vizinhas aos polos norte e sul. Duas zonas polares: - Verão brando; - Queda de neve constante. Região Ártica: - Próxima ao polo norte; - Povoada. Região Antártica: - Próxima ao polo sul; - Não existe ocupação permanente. 21

22 Regionalização do espaço mundial Paisagens desérticas Clima seco: Rios e vegetação extremamente pobres. Temperaturas variam muito no decorrer do dia, podendo atingir 50º C durante o dia e 0º C à noite. Pouca chuva e irregulares; Áreas férteis: Oásis, litoral e vales fluviais; Irrigação para tornar os solos arenosos bons para a agricultura. Intermitentes Plantas adaptadas a pouca umidade 22

23 Regionalização do espaço mundial Altas montanhas Nas cadeias montanhosas, as paisagens naturais são sempre diferentes das áreas próximas. Características: Clima frio e há geleira no topo; Vegetação se divide em andares: Altitude influi na temperatura: Áreas mais baixas, em geral, são mais quentes que as mais altas. As chuvas e neve são abundantes; - De 0 a 300 metros: matas e pastos; - De 300 a metros: floresta de folhas caducas; - De a metros: pinheirais; - De a metros: campos alpinos; - Acima de metros: rochas nuas e geleiras. 23

24 Regionalização do espaço mundial LEMBREM-SE: os slides são um resumo dos capítulos, mas é INDISPENSÁVEL a leitura e o refazimento dos exercícios do livro didático e do caderno.


Carregar ppt "Regionalização do espaço mundial CAPÍTULO 1. Regionalização do espaço mundial O que é regionalizar? É dividir o espaço – um município, estado, país, continente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google