A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de Estímulo ao Uso de Tecnologias da Informação em Micro e Pequenas Empresas-Proimpe AUTODIAGNÓSTICO Jorge Helder Brasília, 09 de abril de 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de Estímulo ao Uso de Tecnologias da Informação em Micro e Pequenas Empresas-Proimpe AUTODIAGNÓSTICO Jorge Helder Brasília, 09 de abril de 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Programa de Estímulo ao Uso de Tecnologias da Informação em Micro e Pequenas Empresas-Proimpe AUTODIAGNÓSTICO Jorge Helder Brasília, 09 de abril de 2013

2 A SOFTEX OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - ligada ao MCTI Criada em Empresas Vinculadas Agentes Regionais Sede em Brasília e unidade em Campinas

3 Áreas de Atuação da Softex PSI – Projeto Setorial Integrado MPSbr - Melhoria processos de SW- Laboratório Softex – Estudos e Pesquisas PROIMPE- Autodiagnóstico Mercado de TI

4 O Proimpe

5 Objetivo do Proimpe Fomentar o processo de informatização das Micros e pequenas empresas brasileiras (PMEs) e, ao mesmo tempo, gerar negócios, capacitar e desenvolver o mercado fornecedor de soluções de TI produzidas por companhias nacionais

6 Proposta do PROIMPE para a MPE INCLUSÃO DIGITAL - MPE GANHO DE PRODUTIVIDADE E REDUÇÃO DE CUSTOS AUMENTO DA COMPETITIVIDADE

7 Justificativa do uso de TI para MPEs Existem 10 milhões de MPEs no Brasil MPEs Baixa integração ou ausência de sistemas de TI nas cadeias produtivas provocam significativas perdas financeiras para as MPEs Professores Nelson Barrizzelli (USP) e Rubens da Costa Santos (FGV)) MPEs Baixa integração ou ausência de sistemas de TI nas cadeias produtivas provocam significativas perdas financeiras para as MPEs Professores Nelson Barrizzelli (USP) e Rubens da Costa Santos (FGV))

8 73% de sobrevivência após 2 anos 99% dos empreendimentos 20% do PIB 60% dos empregos formais Causas Aumento da escolaridade Crescimento do mercado consumidor Regime tributário simples Ferramentas de gestão A força da MPE-2006/09 - Br

9 7.936 empresas desenvolvedoras empresas são as principais fornecedoras de soluções para MPEs 33% do mercado interno (em valor) é atendido por empresas de TI brasileiras As empresas de software no Brasil

10 Quando se perguntou às MPEs que não incorporaram tecnología, por que não o fizeram(*) a) Recursos escassos. b) Falta de tempo. c) Problemas de acesso a tecnología. d) Não viam benefícios imediatos. e) Não confiavam em fornecedores. (*) 49 projetos sob coordenação do BID-FOMIN. Dados do BID-FOMIN

11 Enquanto que as MPEs que incorporaram TIC, disseram: a) 80% melhorou os processos de negócio, b) 76% melhorou suas relações com os clientes; c) 75% teve uma maior eficiência; d) 71% pode conhecer melhor seu negócio; e) 75% reduziu seus custos entre 5% e 25%; f) 86% incrementou as vendas entre 5% e 25%. Dados do BID-FOMIN

12 O Autodiagnóstico

13 Autodiagnóstico – AD Principais Características Relação entre os fornecedores de softwares e os clientes, por setor econômico Banco de dados, com registros de aspectos técnicos de soluções e vídeos Descrição de processos de trabalho de MPEs com detalhamento de aspectos técnicos e operacionais Avaliação de conformidade das especificações técnicas declaradas pelas empresas desenvolvedoras que tenham soluções cadastradas Presença de agente financeiro para apoiar as iniciativas das MPEs em se informatizarem Possibilidade de consultoria

14 Obter uma relação de softwares com os respectivos graus de aderência que atendam as necessidades específicas de uma MPE Benefício do Autodiagnóstico

15 Mapeamento processos de setores econômicos Especificações técnicas para empresas fornecedoras Base de dados com softwares (Catálogo) Especificações técnicas do cliente. (150 aspectos) Indicação de soluções com percentual de aderência Implantação da solução Contratação de consultor para informatização espelho Autodiagnóstico via web Financiamento Sistema Sistema automatizado de indicação de software Fluxo

16 1. Agricultura orgânica = 7 2. Madeira e móveis = Indústria do vestuário = Indústria gráfica = Pousadas e pequenos hotéis = Varejo de autopeças = 21 Total = 103 Segmentos econômicos selecionados Fase 1

17 Novos Segmentos Econômicos 1.Industrial de equipamentos médico hospitalares, odontológicos e de laboratórios = 2 2.Industrial coureiro, calçadista e artefatos = 6 3.Turismo receptivo = 1 4.Serviços de logística (transporte de carga rodoviária) = 6 5.Escritórios de advocacia = 7 6.Academias de ginástica = 3 7.Administração hospitalar = 3 8.Consultórios médicos = 6 Total = 34 Fase 2

18 Pelo lado da oferta: Inclusão de mais 16 segmentos econômicos, Base de dados com soluções cadastradas em 30 segmentos econômicos atendidos, Cadastramento de pelo menos 20 soluções em cada segmento econômico, Cadastramento de 600 soluções de SW até final de 2014 Pelo lado da Demanda: Dependerá de investimentos em divulgação. Perspectiva 2013/ 2014

19 Secretarias de governo do DF- Feira do empreendedor Sebrae Nacional – Divulgação Sebrae estaduais – Consultorias planejadas MT/BA/ SC/CE/RN/RJ/MG/SP Relais – Integração de Mercados. México/Colômbia/Peru Região de Córdoba - AR Negociações

20 I. Cada MPE candidata demandará até 24 horas de consultoria, realizadas em 3 fases distintas II. O valor da hora de consultoria será de R$ 150,00 III. A consultoria poderá ser subsidiada, em parte ou totalmente, IV. O cronograma de desembolso, se vincula às metas de desempenho V. Os pagamentos de consultorias por MPE (casos de participação da MPE) serão depositados em conta específica da Softex VI. Serão retidos, pela Softex, 20% do pagamento, da hora de consultoria, para o ressarcimento de custos e o aperfeiçoamento do sistema de AD. Modelo de Negócios-AD

21 Modelo de Negócios-Fases 1ª fase – 4 horas Aplicação do AD, esclarecimentos sobre as vantagens, análise das alternativas de aquisição e indicação final do SW a ser adquirido 1ª fase – 4 horas Aplicação do AD, esclarecimentos sobre as vantagens, análise das alternativas de aquisição e indicação final do SW a ser adquirido 2ª fase – 4 horas M1 (antes da implantação) Análise de conformidade das funcionalidades declaradas pelo SW escolhido para atender necessidades identificadas da MPE M2 (pós implantação) Avaliação final e análise de satisfação da MPE 2ª fase – 4 horas M1 (antes da implantação) Análise de conformidade das funcionalidades declaradas pelo SW escolhido para atender necessidades identificadas da MPE M2 (pós implantação) Avaliação final e análise de satisfação da MPE 3ª fase – 16 horas Financiamento, aquisição e acompanhamento do processo de implantação 3ª fase – 16 horas Financiamento, aquisição e acompanhamento do processo de implantação

22 Executor de consultorias locais decorrente de acordo de cooperação assinado com a Softex Modelo de Negócios-Responsabilidades Entidades com alguma ação dentro do AD - Sebrae/BB/Valor e Foco/K2/Eco-soluções Responsável por definições estratégicas e por assumir responsabilidades financeiras da execução de projetos Gestão estratégica, técnica e administrativa do AD Profissional selecionado e indicado para atender uma MPE, (Sebrae, Agente Softex ou Softex) Empresas cadastradas no AD (cadastramento voluntário) Empresas atendida pelo AD (14 segmentos econômicos pré-selecionados)

23 Segmentos

24 Número de produtores: 15 mil Mercado mundial: US$ 40 bi Brasil: US$ 300 mi São 842 mil hectares plantados Brasil é o 6º produtor mundial Móveis & Madeira Agricultura Orgânica indústrias moveleiras trabalhadores

25 25 mil empresas Faturamento = US$ 34,6 bi 4,1% PIB & 17,2% PIB Industrial Participa 0,5% comércio mundial Vestuário & Confecções Indústria Gráfica gráficas Faturamento no Brasil:R$ 18 bi Setor cresce 5% a.a 90% de MPEs com < 20 empregados

26 20 mil estabelecimentos no País 1,1 milhão de leitos 90% MPEs Pequenos Hotéis e Pousadas Varejo de Autopeças Distribuidores: 500 (485 centros) Lojas: 35 mil Oficinas: 120 mil Comércio só de reposição R$7,1bi

27 Receita cambial turística em 2011 na casa dos US$ 6,7 bi, o melhor resultado de todos os tempos Desembarque internacional de pelo menos 9 milhões de turistas, contra 7,9 milhões em 2010 Turismo Receptivo Logística 70 mil empresas do setor, com receita de R$ 300 bi e deve dobrar de tamanho nos próximos cinco anos O mercado logístico no país se desenvolve em um ritmo três vezes maior que o PIB Os fundos de investimentos possuem disposição para colocar mais de R$ 10 bi no setor nos próximos três anos

28 EMHO Escritórios de Advocacias Faturamento de R$8,5 bi no Brasil em 2010, crescimento de 10% em relação a 2009 Indústrias possuem elevado grau de inovação, o que confere dinamismo competitivo quanto ao desenvolvimento de soluções tecnológicas Segundo BNDES, a indústria possui uma estrutura de produção composta por equipamentos de baixa e média tecnologia O Brasil é o 3° país do mundo em números de advogados: Até março de 2012 existiam cerca de 700 mil advogados Segundo a FAPESP apenas 40% dos escritórios, localizados em São Paulo e Rio de Janeiro, são informatizados e operam mediante a utilização de um software de gestão

29 Um dos mais importantes do mundo, contabilizando em empresas 349 mil trabalhadores e evolução de 9% em relação ao ano anterior Com produção de 894 milhões de pares e faturamento de USD 12,3 bi É o 3º maior produtor, 5º maior consumidor e 6º maior exportador de calçados em termos mundiais Couro e Calçados hospitais, dos quais são privados, são públicos e 174 são universitários e de ensino. Apenas 15% possuem sistemas informatizados Apesar do segmento de software para gestão hospitalar existir há 10 anos no país apenas nos dois últimos anos o setor ganhou impulso, devido às grandes redes hospitalares e ao advento de prontuários eletrônicos Administração Hospitalar

30 Academia de Ginástica Brasil é o segundo maior mercado em número de academias: 18 mil estabelecimentos em Atende 3% da população ou cerca de 5,4 milhões de pessoas e movimenta o equivalente a U$2 bilhões por ano. A maioria das academias é classificada como micro e pequeno empreendimento, (25% e 31%)

31 Autodianóstico: A ferramenta que seleciona as soluções mais adequadas para a operação e gestão de sua empresa

32 Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro OBRIGADO! ( 61)


Carregar ppt "Programa de Estímulo ao Uso de Tecnologias da Informação em Micro e Pequenas Empresas-Proimpe AUTODIAGNÓSTICO Jorge Helder Brasília, 09 de abril de 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google