A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os alcanos Fábio Herbst Florenzano. Alcanos e cicloalcanos Moléculas orgânicas formadas apenas por C e H, por meio de ligações simples Fonte principal:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os alcanos Fábio Herbst Florenzano. Alcanos e cicloalcanos Moléculas orgânicas formadas apenas por C e H, por meio de ligações simples Fonte principal:"— Transcrição da apresentação:

1 Os alcanos Fábio Herbst Florenzano

2 Alcanos e cicloalcanos Moléculas orgânicas formadas apenas por C e H, por meio de ligações simples Fonte principal: petróleo Carbono sp 3 - tetraedro Cicloalcanos: formam anéis Fórmula geral: Alcanos: C n H 2n+2 Cicloalcano: C n H 2n

3 Alguns alcanos simples

4 Outros alcanos e isômeros constitucionais

5 Nomenclatura dos alcanos

6 Grupos alquila Metila, etila, propila... Isopropila Isobutila, sec-butila, terc-butila

7 Nomenclatura dos alcanos ramificados Localize a maior cadeia contínua Numere a cadeia mais longa a partir da extremidade mais próxima da 1ª. ramificação ou substituinte Use os números para localizar o substituinte ou substituintes Se os substituintes estiverem no mesmo carbono, use o número duas vezes Para substituintes iguais use di, tri... Cadeia com maior número de substituintes Dois substituintes na mesma distância de cada lado

8 Nomenclatura de haletos de alquila e álcoóis Haletos de alquila Identificação da cadeia mais longa Numeração a partir do substituinte mais próximo (halogênio ou alquila) Nomes usuais Alcoóis Cadeia mais longa com a hidroxila diretamente ligada Menor número do carbono com OH dióis

9 Nomenclatura dos cicloalcanos Ciclo... Dois substituintes: numeração em ordem alfabética Três ou mais: numeração mais baixa dos substituintes Quando a cadeia simples é grande o ciclo é tratado como grupo alquila: ciclopropila, ciclobutila, etc.

10 Nomenclatura dos alcenos Cadeia mais longa Numeração mais próxima da dupla (que faz parte da cadeia), indique a localização da dupla Indique onde estão os substituintes Cicloalcenos: menores números nos substituintes Álcoóis insaturados: carbono com OH deve ter o menor número possível Grupos vinila e alila

11 Nomenclatura dos alcinos Mesmas regras dos alcenos Tem prioridade sobre as duplas Exemplo

12 Propriedades físicas dos alcanos Ponto de fusão de cicloalcanos e alcanos ramificados

13 Análise conformacional Liberdade rotacional das ligações simples Projeção de Newman Conformação x estabilidade

14 Conformação: o etano

15 Forma eclipsada

16 Energia potencial (estabilidade) dos confôrmeros do butano

17 Tensão nos anéis - cicloalcanos

18 Análise conformacional do ciclo-hexano

19

20 Conformações do ciclohexano

21 Substituintes equatoriais e axiais em sistemas cíclicos

22 Substituintes volumosos: efeito na conformação

23 Isomeria cis-trans em sistemas cíclicos

24 Síntese dos alcanos e cicloalcanos Hidrogenação catalítica de alcenos e alcinos Hidrogênio gasoso e uso de catalisador metálico (platina, níquel, paládio, etc.)

25 Alótropos do carbono elementar


Carregar ppt "Os alcanos Fábio Herbst Florenzano. Alcanos e cicloalcanos Moléculas orgânicas formadas apenas por C e H, por meio de ligações simples Fonte principal:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google