A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. José Grimberg 370 alunos, 20 professores e 5 funcionários Boa infra estrutura da escola: 8 salas de aula,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. José Grimberg 370 alunos, 20 professores e 5 funcionários Boa infra estrutura da escola: 8 salas de aula,"— Transcrição da apresentação:

1 Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. José Grimberg 370 alunos, 20 professores e 5 funcionários Boa infra estrutura da escola: 8 salas de aula, biblioteca, laboratório de informática, sala de TV, banheiros adaptados e boa acessibilidade. Oferece Projeto Escola Aberta e está implantando o Mais Educação. Bairro Boa Vista, Cidade de São Leopoldo Bairro afastado do centro da cidade, muito carente de infra estrutura, e que nos últimos 3 anos cresceu muito devido a loteamentos populares implantados na região.

2 A filosofia da escola: Compromisso com a formação integral da sujeito, respeitando as diferenças e limitações, buscando garantir o acesso, a permanência, valorizando a aprendizagem, resgatando a ética, a moral e os valores, trabalhando coletivamente para que a educação tenha maior significação. Compromisso com a formação integral da sujeito, respeitando as diferenças e limitações, buscando garantir o acesso, a permanência, valorizando a aprendizagem, resgatando a ética, a moral e os valores, trabalhando coletivamente para que a educação tenha maior significação. Currículo padrão indicado pela SMED para todas as escolas.

3 Lei Obrigatoriedade do Ensino da Cultura Afro-Brasileira Governo Federal enviou diversas publicações referentes ao assunto para o acervo da biblioteca. Ensino Religioso, Língua Portuguesa e História. Abordagem de forma clara, direta e verdadeira, ressaltando as questões históricas do Continente Africano e do processo escravagista, através de textos, filmes, documentários, questões cotidianas, com exposição de opiniões, idéias e dúvidas. Oficina de Capoeira no Projeto Escola Aberta Um detalhe: pequeno número de crianças negras na escola.

4 Não basta apenas inserir a temática no currículo escolar sem que os professores e toda a equipe escolar compreendam a sua importância e se sintam parte do processo, que o discurso em sala de aula não contradiga a sua prática. "A prática não é um teste da verdade, muito menos o teste final e decisivo; é um obstáculo ou um caminho para a verdade. A praticidade e a proximidade dos efeitos de uma ação não são uma medida legítima do poder de alcance de uma teoria nem um teste confiável de sua qualidade. A prática perdeu tal autoridade quando abandonou as esperanças e promessas não-cumpridas do passado, deixando a teoria à própria sorte no campo de batalha em que a preservação e redenção dessas esperanças são defendidas e podem acabar sendo alcançadas". (BAUMAN, Vida Líquida, 2007, p ).

5 A violência se caracteriza por relações de domínio em que alguém é tratado como objeto, derivando de um processo que produz a desorganização emocional do sujeito, a partir de situações em que este é submetido ao domínio e controle de um outro. SOUSA (2006, p. 83) Esse recorte se aproxima da obra Pedagogia da Esperança, de Paulo Freire.A violência se caracteriza por relações de domínio em que alguém é tratado como objeto, derivando de um processo que produz a desorganização emocional do sujeito, a partir de situações em que este é submetido ao domínio e controle de um outro. SOUSA (2006, p. 83) Esse recorte se aproxima da obra Pedagogia da Esperança, de Paulo Freire. A escola sempre desempenhou um papel importante na formação do sujeito e do futuro cidadão com o intuito de preparar a sua inserção na sociedade. Nela também desenvolvemos e exercitamos o poder de nos relacionarmos com o outro, com o diferente. Mas é nesse ambiente que se presenciam muitas violências, inclusive o racismo, o preconceito.

6 Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender; e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar. Mandela Sabemos que o ambiente escolar pode tanto ajudar a compreender como historicamente a sociedade, seus valores e (pré) conceitos são construídos, como também pode naturalizá-los como resultados de méritos e deméritos individuais. É na escola que muitas identidades são construídas e transformadas. A escola pode ser agente de questionamento e mudança ou de uma neutralidade que mantém status, culpas e violências como fruto de escolhas individuais tendo relação direta com a postura dos profissionais que atuam nesses espaços e que são responsáveis em ensinar e transmitir conhecimento aos alunos.

7 O currículo pode ter diferentes concepções, posicionamentos, compromissos e pontos de vista, incorporando com maior ou menor ênfase sobre alguns assuntos. Ele se associa a um conjunto de esforços pedagógicos desenvolvidos com intenções educativas. Nesse sentido, o currículo passa a ser espaço de relação, de criação de identidades, espaço de discussão de questões pertinentes á educação. É um território político democrático em espaço educativo e dispositivo causador de grande efeito na construção e reconstrução de identidades. Na esteira de Moreira e Candau (2007) o currículo é [...] o coração da escola, o espaço central em que todos atuamos, o que nos torna, nos diferentes níveis do processo educacional, responsáveis por sua elaboração. Enquanto profissionais da educação, cabe a cada um de nós a atuação participativa, crítica e criativa na elaboração de currículo mais atraente, democráticos e um conjunto de práticas de significados sociais e culturais. Nesse sentido, o currículo é um dispositivo que causa grande efeito na construção de identidades dos estudantes em meio as relações sociais, culturais e políticas.

8 [...] os conhecimentos escolares, sobre os procedimentos e as relações sociais que conformam o cenário em que os conhecimentos se ensinam e se aprendem, sobre as transformações que desejamos efetuar nos alunos e alunas, sobre os valores que desejamos inculcar e sobre as identidades que pretendemos construir. Discussões sobre conhecimento, verdade, poder e identidade marcam, invariavelmente, as discussões sobre questões curriculares. Moreira e Candau (2007, p. 19) problematizam discussões sobre

9 "O filme reforça uma visão colonizadora a partir do ponto de vista de alguém que se toma, mesmo que inconscientemente, como a "civilização". Assim, o outro se torna o retrato da rebeldia que deve ser conquistado através da assimilação da cultura da "civilização".

10

11

12

13

14


Carregar ppt "Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. José Grimberg 370 alunos, 20 professores e 5 funcionários Boa infra estrutura da escola: 8 salas de aula,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google