A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL PROF. ELAINE FRANCO DALINE ALCÂNTARA DA SILVA MARCELO ANDRADE DE SOUZA MEDEIROS MARCINEI GOMES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL PROF. ELAINE FRANCO DALINE ALCÂNTARA DA SILVA MARCELO ANDRADE DE SOUZA MEDEIROS MARCINEI GOMES."— Transcrição da apresentação:

1 FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL PROF. ELAINE FRANCO DALINE ALCÂNTARA DA SILVA MARCELO ANDRADE DE SOUZA MEDEIROS MARCINEI GOMES DE JESUS NÚRIA ANGÉLICA ALCÂNTARA DA SILVA Araputanga-MT

2 Oque é comunicação não verbal? Comunicação não-verbal é a comunicação que não é feita com sinais verbais, que não é feita com a fala nem com a escrita. Diferentemente da comunicação inconsciente, que pode ser verbal ou não- verbal.

3 Comunicação não verbal As emoções são comunicadas sem palavras, antes de serem formuladas na linguagem oral. Ansiedade, decepção, alegria, tranquilidade, agressividade, equilíbrio, e tantas outras emoções são expressadas por intermédio de gestos, tom de voz, expressões faciais e de olhos, postura, toque etc.

4

5

6 Fundamentos da comunicação As duas mensagens mais importantes enviadas pela linguagem corporal são: 1- quando uma pessoa gosta da outra e ate que ponto esta interessada em seus pontos de vista. 2- o status relativo percebido entre o emissor e o receptor.

7 Movimentos com a cabeça, expressão dos olhos e da face Observar a expressão dos olhos de nossos interlocutores pode ser muito útil nas relações interpessoais, pois ela revela reações ao que está sendo falado- o que desperta mais interesse,desinteresse, desconfiança,aprovação, desaprovação etc.

8 Gestos São formas e movimentos com as mãos que, frequentemente, acompanham o discurso para auxiliar a expressão de quem fala e a compreensão de quem ouve. Servem para reforçar ou transmitir uma atitude, e também podem demonstrar o sentimentos.

9 Movimentos inconsciente e involuntários.

10 Toque O toque revela o grau de intimidade e o tipo de relação estabelecida entre duas pessoas, no trabalho em razão do caráter profissional nas relações, o toque é mais raro, como por exemplo o aperto de mão.

11 Postura Ombros muitos encolhidos e caídos podem significar falta de motivação e energia ou até baixo estima. Peito exageradamente estufado para fora, pode denotar exibicionismo ou, ainda, arrogância. Sentar-se para uma entrevista ou reunião sem uma postura adequada, largado na cadeira, pode ser entendido como desleixo, desinteresse, falta de concentração ou, ainda cansaço (imagine o efeito disso para uma pessoa que quer começar em um novo emprego).

12 APARÊNCIA A aparência de uma pessoa tende a revelar seus conhecimentos, hábitos, preocupações e valores. A vestimenta é tão importante que em instituições: hospitais, empresas, escolas, forças armadas etc., o uso de uniformes tem a função de facilitar identificação de quem os usa.

13

14 Orientação e proximidade A orientação é a forma pela qual as pessoas se posicionam fisicamente entre si. Dependendo de como o corpo é direcionado pode revelar a disponibilidade com o interesse de interagir com o interlocutor. A proximidade é um outro fator que permite avaliar se existe, ou não, relação entre um conjunto de pessoas e, ainda, que tipo de relação.

15 Paralinguagem A paralinguagem compreende: os sons ou expressões verbais que transmitem um significado (em geral, sentimentos), sem constituírem palavras: hum!, uau!. É possível transmitir carinho, raiva, espanto e outros acontecimentos.

16 5 segredos para arrasar na comunicação não verbal 1. Contato visual Para garantir uma comunicação não verbal eficiente, é essencial que você faça contato visual. Se você estiver em uma apresentação, pode usar muito mais que palavras para expressar a importância do que está dizendo. Procure fazer contato visual com o máximo possível de presentes na sua apresentação, isso fará com que elas levem a sério o que você está dizendo.

17 Posicionamento Assim como o tom de voz monótono, permanecer parado ao lado da sua apresentação vai torná-la algo entediante. Se você quer fazer com que seus espectadores realmente se interessem por aquilo que você tem a dizer, seja dinâmico. Caminhe ao redor e na frente da sala, aponte exemplos. E nunca, em hipótese alguma, faça sua apresentação sentado atrás do computador. Essa é uma péssima prática.

18 4. Expressões faciais Para que a sua audiência se sinta entusiasmada por aquilo que você faz, é essencial que você se empolgue em apresentar aquilo. Se você ficar com a famosa cara de velório durante todo o tempo em que estiver diante deles, não haverá motivo para que eles se sintam minimamente interessados no assunto. Já se você mostra como o assunto pode ser animador, cada vez mais pessoas vão se atentar ao tema discutido. Por isso, sorria nos momentos certos, mostre animação e até mesmo feições de contrariedade se esse for o caso.sorria nos momentos certos

19 5. Gestos Não adianta nada andar pela sala enquanto apresenta se suas mãos estão guardadas nos bolsos, cruzadas ou presas ao lado do corpo. Isso mostra desconforto. Faz com que as pessoas percebam você de maneira insegura. Procure contar com a ajuda dos gestos, lembre-se de que suas mãos não ficam paradas durante uma conversa normal. Apenas fique atento para não exagerar no uso do recurso e virar motivo para piadas.

20 4 Maneiras de comunicação não-verbal que mostra profissionalismo. 1. Aperfeiçoar o aperto de mão Um aperto de mão fraco passa a impressão de insegurança e incompetência. Por isso, tente aperfeiçoar a maneira como você cumprimenta as pessoas. A melhor maneira para mostrar confiança e sociabilidade é apertar a mão das pessoas firmemente, olhando diretamente em seus olhos e sorrindo.

21 2.Controlar suas manias Algumas pessoas têm o costume de ficarem irrequietas e mal percebem. Manias comuns como enrolar os cabelos entre os dedos ou esfregar as mãos também podem fazer com que você pareça inseguro. Manter as mãos sobre o colo ou sobre a mesa ajudam a controlar esses atos e mostrar confiança.

22 3. Mostrar a palma das mãos Durante uma conversa, mostrar as palmas das mãos espontaneamente mostra que você está aberto a sugestões e inclusões.

23 4. Controlar a inclinação da cabeça Inclinar a cabeça demonstra interesse, porém, fazer isso demais pode deixar você com uma imagem de submissão. Se você quer demonstrar autoridade, mantenha a cabeça e o olhar retos. Mas não deixe de inclinar a cabeça quando você quiser deixar claro que se importa com o que dizem a você.

24 Conclusão

25


Carregar ppt "FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL PROF. ELAINE FRANCO DALINE ALCÂNTARA DA SILVA MARCELO ANDRADE DE SOUZA MEDEIROS MARCINEI GOMES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google