A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tubos sonoros - Uma das extremidades fechadas: Deslocamento s s = 0 Deslocamento máximo (Δp=0) 1o. Harmônico: L=λ/4 2o. Harmônico: L=3λ/4 3o. Harmônico:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tubos sonoros - Uma das extremidades fechadas: Deslocamento s s = 0 Deslocamento máximo (Δp=0) 1o. Harmônico: L=λ/4 2o. Harmônico: L=3λ/4 3o. Harmônico:"— Transcrição da apresentação:

1 Tubos sonoros - Uma das extremidades fechadas: Deslocamento s s = 0 Deslocamento máximo (Δp=0) 1o. Harmônico: L=λ/4 2o. Harmônico: L=3λ/4 3o. Harmônico: L=5λ/4 De modo geral:Sabendo que: Freqüências de ressonância

2 Ambas as extremidades abertas: Deslocamento s Deslocamento máximo (Δp=0) 1o. Harmônico: L=λ/2 De modo geral:Sabendo que: Freqüências de ressonância 3o. Harmônico: L=3λ/2 2o. Harmônico: L=2λ/2= λ

3 Tubo de Kundt

4

5

6 – Efeito Doppler Freqüência observada depende da velocidade da fonte ou do observador

7 Christian Johann Doppler ( ) Expansão do universo (Hubble)

8 1. Detector em movimento, fonte estacionária (em relação ao ar) Frente de onda v Se v d = 0, a freqüência detectada = f Seja N o número de frentes de onda que chegam ao detector em um intervalo t: Freqüência:

9 Considere agora que D se move em direção a F: freqüência detectada = f Como Se o detector se move em direção contrária a F:

10 Combinando os dois casos: Efeito Doppler para o detector em movimento Sinal +: detector se aproximando da fonte Sinal - : detector se afastando da fonte 2. Fonte em movimento, detector estacionário

11 Seja T=1/f (período) o intervalo decorrido entre a emissão de duas frentes de onda F (t=0) Frente de onda emitida em t=0 F (t=T) Comprimento de onda detectado Frente de onda emitida em t=T

12 Freqüência detectada: Note que f= quando v f = v Se a fonte se move em direção contrária ao detector, então: Combinando os dois casos: Efeito Doppler para a fonte em movimento Sinal -: fonte se aproximando do detector Sinal + : fonte se afastando do detector

13 3. Fonte e detector em movimento Combinando resultados anteriores: 4. Movimento com componente tangencial Note que, quando a velocidade entre fonte e observador é tangencial (não tem componente na direção da linha que une os dois), não há variação na freqüência: nas fórmulas acima só importa a componente radial da velocidade

14 5. Fonte com velocidade supersônica Se a fonte tem a velocidade do som: Se a fonte tem velocidade superior à do som: vt vftvft Cone de Mach θ Onda de choque (explosão sônica) Inverso do número de Mach

15


Carregar ppt "Tubos sonoros - Uma das extremidades fechadas: Deslocamento s s = 0 Deslocamento máximo (Δp=0) 1o. Harmônico: L=λ/4 2o. Harmônico: L=3λ/4 3o. Harmônico:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google