A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cooperação para a Sustentabilidade: o papel do ensino a distância Sandra Caeiro; Carla Oliveira Universidade Aberta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cooperação para a Sustentabilidade: o papel do ensino a distância Sandra Caeiro; Carla Oliveira Universidade Aberta."— Transcrição da apresentação:

1 Cooperação para a Sustentabilidade: o papel do ensino a distância Sandra Caeiro; Carla Oliveira Universidade Aberta

2 Objectivos Focar e colocar à discussão o papel do ensino a distância no âmbito da cooperação, em particular com os Países de Língua Portuguesa, para a educação para a sustentabilidade.

3 Índice 1. Educação para a sustentabilidade 2. O papel da educação a distância 3. A experiência da Universidade Aberta 4. Considerações finais

4 Educação para a sustentabilidade Os objectivos de desenvolvimento do Milénio, adoptados pela comunidade internacional em 2000, constituem um marco global do desenvolvimento e da cooperação - Metas concretas - Educação para o Desenvolvimento Sustentável no âmbito do processo de globalização

5 22 anos após o Relatório de Bruntland, Dr.ª Gro Bruntland refere que actualmente os nossos principais desafios passam: Uso eficiente de energia Utilização de energias renováveis Combate à desflorestação e melhoria das práticas agrícolas Direitos humanos e Combate à pobreza Melhoria da saúde Educação para a sustentabilidade Educação Alterações climáticas

6 A educação deve inspirar a crença que cada um de nós tem o poder e a responsabilidade de introduzir mudanças positivas em escala global. A educação é o principal agente de transformação para o desenvolvimento sustentável, aumentando a capacidade das pessoas de transformarem a sua visão de sociedade em realidade. A educação incentiva os valores, comportamento e estilos de vida necessários para um futuro sustentável. A educação para o DS é um processo em que se aprende a tomar decisões que levem em consideração o futuro em longo prazo de igualdade, economia e ecologia de todas as comunidades. Educação para a sustentabilidade

7 A educação superior tem um papel a desempenhar e as universidades devem funcionar como lugares de investigação e aprendizagem para o desenvolvimento sustentável e como dinamizadores de actividades nas suas comunidades e também internacionalmente. A aprendizagem ao longo da vida abarca a aprendizagem formal, não formal e informal, considerando-os processos contínuos e interactivos e que se tornam tanto mais importantes quanto mais rápidas são as mudanças sociais e a consequente necessidade de formação e reciclagens em qualquer momento da vida.

8 Educação a distância O ensino a distância, nas suas várias vertentes – multimedia, e- learning, b-learning - permite um regime de ensino-aprendizagem que ocorre num ambiente virtual de aprendizagem, que possibilita e promove interacções de natureza social, com carácter espontâneo e informal e não implica a deslocação de docentes ou discentes. Este sistema de ensino permite não só a poupança de recursos (energéticos), mas o enriquecimento técnico e científico, a troca de experiencias, o fomentar da cidadania ambiental e a mudança de atitudes, factores fundamentais para a promoção da sustentabilidade.

9 Experiência da Universidade Aberta Ensino formal: –Uma licenciatura em e-learning Ciências do Ambiente; –Mestrado em Cidadania Ambiental Participação em e-learning (10 % das vagas reservadas a estudantes oriundos da CPLP) –Programa de doutoramento de Sustentabilidade e Desenvolvimento (em preparação)

10 Experiência da Universidade Aberta Ensino não formal –Curso de ALV por video-conferência no Centro de Ensino a Distância em Dili - Timor Leste (e.g. curso de formação para professores do 1º ciclo de Timor Educação para a Ciência); –Cursos de ALV por videoconferência - Centro de Ensino a Distância na Universidade Agostinho Neto (CEAD-UAN) – Luanda, Angola Rede Lusófona de Ensino a Distância no âmbito da Global Development Learning Network – projecto liderado pelo Banco Mundial

11 Estes Centros, funcionam como complemento à metodologia de e-learning permitindo a realização de palestras e aulas temáticas, em tempo real. Estão disponíveis para colaborar com todas as instituições, bem como para responder a necessidades de formação de nichos de mercado, contribuição para o desenvolvimento dos PLOP. O objectivo da Rede Lusófona de EA é apoiar o processo de desenvolvimento dos PLOP, através da implementação de estratégias de redução da pobreza com pouco dispêndio financeiro, contribui activamente para a qualificação de recursos humanos e de instituições. Experiência da Universidade Aberta

12 Ensino informal Espaço de reflexão conjunta, de debate, de partilha e de troca de experiências entre especialistas, políticos, empresários, docentes e estudantes, sobre o papel da cooperação e da educação superior a distância nos Países de Língua Portuguesa, bem como os principais desafios, necessidades e problemas relacionados com a aprendizagem em ambientes virtuais e em rede.

13 Considerações finais O ensino a distância permite a aprendizagem e desenvolvimento de novas capacidades e conhecimentos aos problemas relacionados com a sustentabilidade, sem necessidade de deslocação e poupando recursos; Adequado para aprendizagens de ensino ao longo da vida/contínua, intensivas e dirigidas para públicos alvo com necessidades específicas.

14 Educação Sem Fronteiras realidade em que a oferta educativa, respondendo à globalização do mercado, ultrapassa as fronteiras convencionais, geográficas, de espaço ou de tempo. Duas questões chave: a eficácia da tecnologia proposta para as actividades de ensino e aprendizagem; o acesso dos estudantes a essa tecnologia. Considerações finais

15 Obrigado!


Carregar ppt "Cooperação para a Sustentabilidade: o papel do ensino a distância Sandra Caeiro; Carla Oliveira Universidade Aberta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google