A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ficha Técnica Escola Estadual Adventor Divino de Almeida Alunos: Caio Cesar Melgarejo de Souza Mayara Borba Duarte Valbercley da Graça Almeida Wellington.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ficha Técnica Escola Estadual Adventor Divino de Almeida Alunos: Caio Cesar Melgarejo de Souza Mayara Borba Duarte Valbercley da Graça Almeida Wellington."— Transcrição da apresentação:

1

2 Ficha Técnica Escola Estadual Adventor Divino de Almeida Alunos: Caio Cesar Melgarejo de Souza Mayara Borba Duarte Valbercley da Graça Almeida Wellington Johnny Ribeiro Série: 1° ano A do Ensino Médio Professora: Sandra Maria Fachini Cayres Componente Curricular: Química

3 Índice 1.A Vida 2.Síntese da teoria de Arrhenius 3.Conceito de Ácido, sal e Base pela Teoria de Arrhenius

4 A Vida Estudou na Cathedral School de Upsala, quando sua família se transferiu para esta cidade proveniente de Vik, ingressando na Universidade da mesma cidade quando tinha 17 anos. Posteriormente estudou na Universidade de Estocolmo. Ensinou classes de física na Escola Técnica Superior desta Universidade ( ), alcançando o grau de catedrático na mesma ( ). Em 1904 passou a dirigir o Instituto Nobel de Química e Física ( ). Sendo estudante, preparando-se para o doutorado na Universidade de Upsala, investigou as propriedades condutoras das dissoluções eletrolíticas, que formulou em sua tese doutoral. Sua teoria afirma que nas dissoluções eletrolíticas, os compostos químicos dissolvidos, se dissociam em íons, mantendo a hipótese de que o grau de dissociação aumenta com o grau de diluição da solução, que resultou ser correta apenas para os eletrólitos fracos.

5 Acreditando que a teoria estava errada, sua tese foi aprovada com a qualificação mínima possível. Esta teoria foi objeto de muitos ataques, especialmente por Lord Kelvin, sendo apoiada por Jacobus Van't Hoff, em cujo laboratório havia trabalhado como bolsista estrangeiro ( ), e por Wilhelm Ostwald. Posteriormente esta teoria foi aceita por todos, convertendo-se num dos pilares da físico-química, no ramo da eletroquímica. Sua concepção científica lhe valeu a obtenção do Prêmio Nobel de Química em 1903, "em reconhecimento dos extraordinários serviços prestados ao avanço da química através de sua teoria da dissociação eletrolítica. Além disso, trabalhou em diversos ramos da físico-química, como velocidade das reações, sobre a prática da imunização e sobre astronomia. Como conseqüência, em 1889, descobriu que a velocidade das reações químicas aumenta com a temperatura, numa relação proporcional com a concentração de moléculas existentes. Em 1909 entrou como membro estrangeiro da Royal Society. Em 1911, durante uma visita aos Estados Unidos, foi condecorado com a primeira medalha Willard Gibbs e, em 1914, recebeu a medalha Faraday.

6 Síntese da teoria de Arrhenius Trabalhando na Universidade de Upsala Arrhenius realizou numerosas experiências com a passagem de Corrente Elétrica atravéz de Solução aquosa, e formulou a Hipótese de que algumas substâncias Continham Partículas Carregadas, os íons. De Acordo com Arrhenius, determinadas substâncias quando dissolvidas em meio aquoso sofriam separação de íons Preexistentes, o que tornava a substância condutora de Eletricidade, um Exemplo clássico é o Sal de Cozinha (Nacl) e da Soda Cáutica (NaOH). Quando um composto Molecular era Dissolvido em meio Aquoso, não conduzia eletricidade pois não formava íons, o resultado era uma solução molecular; Um bom exemplo é a Amônia. Porém, Arrhenius observou que uma Ligação covalente de Hidrogênio e Cloro, de Modo a Formar ácido clorídrico também conduzia eletricidade em meio aquoso.

7 A Conclusão foi que, como o HCl é uma ligação covalente, os íons são formados por meio da quebra dessas moléculas por água, o que origina uma Solução iônica. Esse Fenômeno foi Denominado Ionização. De fato, essas equações são uma representação simplificada, O Fenômeno da ionização ocorre pelo meio da reação entre o ácido clorídrico e as moléculas de água. Normalmente, omitimos a participação da água.

8 FONTE 11/03/08 TERÇA-FEIRA


Carregar ppt "Ficha Técnica Escola Estadual Adventor Divino de Almeida Alunos: Caio Cesar Melgarejo de Souza Mayara Borba Duarte Valbercley da Graça Almeida Wellington."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google