A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Em O Consolador, Emmanuel, pela psicografia de Francisco C. Xavier, responde as seguintes questões: Como devemos compreender a Natureza? Como devemos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Em O Consolador, Emmanuel, pela psicografia de Francisco C. Xavier, responde as seguintes questões: Como devemos compreender a Natureza? Como devemos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Em O Consolador, Emmanuel, pela psicografia de Francisco C. Xavier, responde as seguintes questões: Como devemos compreender a Natureza? Como devemos compreender a Natureza? resposta de Emmanuel: A Natureza é sempre o livro divino, onde a mão de Deus escreveu a história de sua sabedoria, livro da vida que constitui a escola de progresso espiritual do homem evoluindo constantemente com o esforço e a dedicação de seus discípulos. resposta de Emmanuel: A Natureza é sempre o livro divino, onde a mão de Deus escreveu a história de sua sabedoria, livro da vida que constitui a escola de progresso espiritual do homem evoluindo constantemente com o esforço e a dedicação de seus discípulos.

3 As manifestações de vida dos vários reinos da Natureza, abrangendo o Homem, significam a expressão do Verbo Divino, em escala gradativa nos processos de aperfeiçoamento da Terra? As manifestações de vida dos vários reinos da Natureza, abrangendo o Homem, significam a expressão do Verbo Divino, em escala gradativa nos processos de aperfeiçoamento da Terra? resposta de Emmanuel: Sim em todos os reinos da Natureza palpita a vibração de Deus, como o Verbo Divino da Criação Infinita; e, no quadro sem-fim do trabalho de experiência, todos os princípios, como todos os indivíduos, catalogam os seus valores e aquisições sagradas para a vida imortal. resposta de Emmanuel: Sim em todos os reinos da Natureza palpita a vibração de Deus, como o Verbo Divino da Criação Infinita; e, no quadro sem-fim do trabalho de experiência, todos os princípios, como todos os indivíduos, catalogam os seus valores e aquisições sagradas para a vida imortal.

4 O meio Ambiente influi no Espírito? O meio Ambiente influi no Espírito? resposta de Emmanuel: O meio ambiente em que a alma renasceu, muitas vezes constitui a prova expiatória; com poderosas influências sobre a personalidade, faz-se indispensável que o coração esclarecido coopere na sua transformação para o bem, melhorando e elevando as condições materiais e morais de todos os que vivem na sua zona de influência. resposta de Emmanuel: O meio ambiente em que a alma renasceu, muitas vezes constitui a prova expiatória; com poderosas influências sobre a personalidade, faz-se indispensável que o coração esclarecido coopere na sua transformação para o bem, melhorando e elevando as condições materiais e morais de todos os que vivem na sua zona de influência.

5 DEUS Causa Primeira, Inteligência Suprema, Criador e Lei do Universo PRINCÍPIO MATERIAL Dá origem a todas as manifestações e formas da matéria e da energia, em todos os planos PRINCÍPIO INTELIGENTE Tudo o que não é Deus e Matéria. Princípio que orienta a evolução da matéria e do qual é individualizado o Espírito O Universo existe por três grandes princípios:

6 Deus criou o Universo por amor e para que suas criaturas evoluíssem até conseguir a verdadeira felicidade. Deus criou o Universo por amor e para que suas criaturas evoluíssem até conseguir a verdadeira felicidade. O objetivo maior do Universo, portanto, é a evolução, da criatura e da criação, incluso aí a natureza. O objetivo maior do Universo, portanto, é a evolução, da criatura e da criação, incluso aí a natureza. Não podemos nos esquecer, jamais, que todo o Universo evolui, Criatura e Criação, sob a égide do Princípio Inteligente. Não podemos nos esquecer, jamais, que todo o Universo evolui, Criatura e Criação, sob a égide do Princípio Inteligente. Por que Deus criou o Universo ?

7 O Princípio Inteligente evolui, apreendendo com a evolução da matéria e dos seres vivos; O Princípio Inteligente evolui, apreendendo com a evolução da matéria e dos seres vivos; O Princípio Inteligente estrutura a matéria e provoca sua evolução; O Princípio Inteligente estrutura a matéria e provoca sua evolução; Do Princípio Inteligente evoluído, Deus individualiza o Espírito. Do Princípio Inteligente evoluído, Deus individualiza o Espírito.... do Átomo ao Arcanjo... A ÉGIDE EVOLUCIONISTA DO PRINCÍPIO INTELIGENTE

8 Por que o Espiritismo é uma Doutrina Ecológica? Por definição, o Espiritismo é uma doutrina filosófica, de cunho científico e conseqüências morais; Por definição, o Espiritismo é uma doutrina filosófica, de cunho científico e conseqüências morais; Como tal, considera Deus a causa primeira, Criador, Legislador e Lei do Universo; Como tal, considera Deus a causa primeira, Criador, Legislador e Lei do Universo; No Amar a Deus sobre todas as coisas, está implícito no Espiritismo o respeito a toda a obra da Criação, incluso aí a natureza e as criaturas; No Amar a Deus sobre todas as coisas, está implícito no Espiritismo o respeito a toda a obra da Criação, incluso aí a natureza e as criaturas; Na visão espírita de mundo, tudo se relaciona nas Leis Divinas ou Naturais, que regem o funcionamento do Universo como um todo; Na visão espírita de mundo, tudo se relaciona nas Leis Divinas ou Naturais, que regem o funcionamento do Universo como um todo;

9 Na prática, o espiritismo foi pioneiro nas doutrinas holísticas e na consciência ecológica, pelo estudo e respeito as Leis Divinas ou Naturais. Na prática, o espiritismo foi pioneiro nas doutrinas holísticas e na consciência ecológica, pelo estudo e respeito as Leis Divinas ou Naturais. A Ecologia, na visão Espírita, diz respeito à uma convicção profunda, consciência ecológica que deve vir do profundo respeito à qualquer forma de vida ou de manifestação da natureza, do respeito absoluto a Criatura e a Criação, que vem do religare espiritual, ou seja, da própria crença religiosa do Espiritismo. A Ecologia, na visão Espírita, diz respeito à uma convicção profunda, consciência ecológica que deve vir do profundo respeito à qualquer forma de vida ou de manifestação da natureza, do respeito absoluto a Criatura e a Criação, que vem do religare espiritual, ou seja, da própria crença religiosa do Espiritismo.

10 Amor, Educação, Espiritismo e Ecologia

11 Existe um lindo axioma espírita, que nos foi deixado por Allan Kardec, que nos diz:... Espíritas, amai-vos e instruí-vos...; Existe um lindo axioma espírita, que nos foi deixado por Allan Kardec, que nos diz:... Espíritas, amai-vos e instruí-vos...; O Codificador da Doutrina, sob a orientação dos Espíritos de Luz, sempre insistiu nesse ponto, e se analisarmos com profundidade, veremos que toda a Doutrina Espírita e sua aplicação pode ser resumida nessa curta frase; O Codificador da Doutrina, sob a orientação dos Espíritos de Luz, sempre insistiu nesse ponto, e se analisarmos com profundidade, veremos que toda a Doutrina Espírita e sua aplicação pode ser resumida nessa curta frase; O Cristo já havia resumido a Lei Divina em... Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo..., e se analisarmos a frase de Kardec concomitantemente com o ensino do Cristo, veremos sua profundidade e aplicabilidade prática; O Cristo já havia resumido a Lei Divina em... Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo..., e se analisarmos a frase de Kardec concomitantemente com o ensino do Cristo, veremos sua profundidade e aplicabilidade prática;

12 De fato, a Lei Maior é contida em... amai-vos..., pois para amar ao seu semelhante, verdadeira e irrestritamente, o indivíduo necessita, peremptóriamente, amar a Deus Criador e também a toda a sua Criação (quem não ama a Criação não consegue amar o Criador e vice-versa), o que inclui a natureza. De fato, a Lei Maior é contida em... amai-vos..., pois para amar ao seu semelhante, verdadeira e irrestritamente, o indivíduo necessita, peremptóriamente, amar a Deus Criador e também a toda a sua Criação (quem não ama a Criação não consegue amar o Criador e vice-versa), o que inclui a natureza. Quanto ao... instruí-vos..., Kardec discerniu com rara felicidade, o único instrumento capaz de habilitar o indivíduo para a construção de sua evolução e de sua felicidade, ou seja, o conhecimento, que municia o intelecto, a inteligência e a educação, que disciplina a razão e a lógica, que propicia o entendimento e o cumprimento da Lei Natural, incluindo o respeito ao semelhante, a toda a natureza e a toda a Criação. Quanto ao... instruí-vos..., Kardec discerniu com rara felicidade, o único instrumento capaz de habilitar o indivíduo para a construção de sua evolução e de sua felicidade, ou seja, o conhecimento, que municia o intelecto, a inteligência e a educação, que disciplina a razão e a lógica, que propicia o entendimento e o cumprimento da Lei Natural, incluindo o respeito ao semelhante, a toda a natureza e a toda a Criação.

13 Para evoluir espiritualmente, o indivíduo deve buscar o conhecimento da verdade, ou seja, da compreensão do funcionamento das Leis Naturais que regem o Universo, incluso aí a Lei do Amor.... conheceis a verdade e ela vos libertará... ; Para evoluir espiritualmente, o indivíduo deve buscar o conhecimento da verdade, ou seja, da compreensão do funcionamento das Leis Naturais que regem o Universo, incluso aí a Lei do Amor.... conheceis a verdade e ela vos libertará... ; Para tal, é importante que se desenvolva intelectualmente, é claro, pois o conhecimento intelectual embasa melhor o uso da lógica e do discernimento, permite o melhor entendimento dos fatos da vida, da natureza e da relação dos seres entre si e com toda a natureza (ecologia); Para tal, é importante que se desenvolva intelectualmente, é claro, pois o conhecimento intelectual embasa melhor o uso da lógica e do discernimento, permite o melhor entendimento dos fatos da vida, da natureza e da relação dos seres entre si e com toda a natureza (ecologia); No entanto, se o indivíduo usa o seu conhecimento e a sua lógica sem um sólido critério ético e moral, não evolui, pois torna-se egoísta e comodista, incapaz de entender as relações sociais e com a natureza. No entanto, se o indivíduo usa o seu conhecimento e a sua lógica sem um sólido critério ético e moral, não evolui, pois torna-se egoísta e comodista, incapaz de entender as relações sociais e com a natureza.

14 É por isso que o espiritismo também é uma Doutrina Ecológica, pois só existe evolução e felicidade quando o ser humano entende sua missão no Universo, o que está fazendo aqui na terra, como funciona o Universo, o que é a Lei Natural, o que é Deus e qual a sua parte em tudo isso. É por isso que o espiritismo também é uma Doutrina Ecológica, pois só existe evolução e felicidade quando o ser humano entende sua missão no Universo, o que está fazendo aqui na terra, como funciona o Universo, o que é a Lei Natural, o que é Deus e qual a sua parte em tudo isso. O respeito a tudo o que provém de Deus faz parte do respeitar-se a Deus. O amar a tudo o que vem do Pai Criador, é parte indissolúvel do...Amar a Deus sobre todas as coisas.... O respeito a tudo o que provém de Deus faz parte do respeitar-se a Deus. O amar a tudo o que vem do Pai Criador, é parte indissolúvel do...Amar a Deus sobre todas as coisas....

15 BIBLIOGRAFIA CONSULTADA ANGELIS, Joana de. Após a Tempestade. Psicografia de Divaldo Pereira Franco. EMMANUEL. O Consolador. Psicografia de Francisco C. Xavier. GURGEL, Izabel. A Ecologia à luz do Espiritismo. (http://www.espirito.org.br/index.asp). PARCHEN, Carlos. Espiritismo e Ecologia. (www.carlosparchen.net). REVISTA de Espiritismo. Ecologia: Urgente e Necessária. Nr. 41, Outubro/Dezembro 1998.

16


Carregar ppt "Em O Consolador, Emmanuel, pela psicografia de Francisco C. Xavier, responde as seguintes questões: Como devemos compreender a Natureza? Como devemos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google