A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MOVIMENTOS DOS VEGETAIS NASTISMOS. NASTISMOS não orientados Movimentos não orientados em relação à fonte de estímulo. Dependem da simetria interna do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MOVIMENTOS DOS VEGETAIS NASTISMOS. NASTISMOS não orientados Movimentos não orientados em relação à fonte de estímulo. Dependem da simetria interna do."— Transcrição da apresentação:

1 MOVIMENTOS DOS VEGETAIS NASTISMOS

2 NASTISMOS não orientados Movimentos não orientados em relação à fonte de estímulo. Dependem da simetria interna do órgão, que devem ter disposição dorso - ventral como as folhas dos vegetais.

3 FOTONASTISMOS São movimentos das pétalas das flores que se deslocam em curvatura para a base da corola. Exemplo: Dama da Noite

4 Tigmonastismo e Quimionastismo Movimentos que ocorrem em plantas insetívoras ou mais comumente plantas carnívoras, que, em contato com um inseto, fecham suas folhas com tentáculos ou com pelos urticantes, e logo em seguida liberam secreções digestivas que atacam o inseto. Às vezes substâncias químicas liberadas pelo inseto é que provocam esta reação.

5

6 SEISMONASTIA Movimento verificado nos folíolos das folhas de plantas do tipo sensitiva ou mimosa, que, ao sofrerem um abalo com a mão de uma pessoa ou com o vento, fecham seus folíolos. Este movimento é explicado pela diferença de turgescência entre as células de parênquima aquoso que estas folhas apresentam.

7

8 Movimento vegetal bastante conhecido é o da sensitiva (Mimosa pudica): quando tocada, seus folíolos fecham-se e as folhas inclinam-se. Esse movimento deve-se à perda de água de pequenos órgãos – chamados pulvinos – situados na base dos folíolos e da folha. Quando estão com suas células túrgidas (cheias de água), os pulvinos mantêm os folíolos abertos e as folhas levantadas. Com o toque, desencadeia-se um impulso elétrico semelhante ao das células nervosas dos animais, porém de velocidade inferior. Esse impulso provoca a saída de íons potássio das células do pulvino; consequentemente, tais células perdem água por osmose. Tudo isso ocorre em um intervalo de tempo entre um a dois segundos, sendo que o retorno à posição normal leva cerca de dez minutos. Qual seria a vantagem adaptativa dessa reação? Uma hipótese é a de que o fechamento dos folíolos expõe os espinhos do caule, desencorajando os animais predadores. Ou então é possível que eles se assustem com o brusco movimento da planta. Um evento forte também desencadeia o fenômeno. Nesse caso, o fechamento dos folíolos diminuiria a superfície de transpiração da planta: a evaporação aumenta quando venta, o que poderia levar à desidratação da planta.

9 TACTISMO O tactismo acontece quando ocorre movimento de todo o organismo, por exemplo, quando as algas buscam a luminosidade, aproximando- se ou afastando-se da superfície da água de acordo com o horário do dia.

10 Movimentos de Locomoção ou Deslocamento Movimentos de deslocamento de células ou organismos que são orientados em relação à fonte de estímulo, podendo ser positivos ou negativos, sendo definidos como tactismos. Quimiotactismo Movimento orientado em relação a substâncias químicas como ocorre com o anterozóide em direção ao arquegônio. Aerotactismo Movimento orientado em relação à fonte de oxigênio, como ocorre de modo positivo com bactérias aeróbicas. Fototactismo Movimento orientado em relação à luz, como ocorre com os cloroplastos na célula vegetal.


Carregar ppt "MOVIMENTOS DOS VEGETAIS NASTISMOS. NASTISMOS não orientados Movimentos não orientados em relação à fonte de estímulo. Dependem da simetria interna do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google