A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

JORNADA DE ENSINO RELIGIOSO Agosto-2012 * Núcleo Regional de Maringá * Colégio Estadual Rui Barbosa-Distrito de Iguatemi * Professora: Ana Paula Paulino.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "JORNADA DE ENSINO RELIGIOSO Agosto-2012 * Núcleo Regional de Maringá * Colégio Estadual Rui Barbosa-Distrito de Iguatemi * Professora: Ana Paula Paulino."— Transcrição da apresentação:

1 JORNADA DE ENSINO RELIGIOSO Agosto-2012 * Núcleo Regional de Maringá * Colégio Estadual Rui Barbosa-Distrito de Iguatemi * Professora: Ana Paula Paulino de Oliveira (História e Ensino Religioso)

2 RELATO DE EXPERIÊNCIA Conteúdo Estruturante: Paisagem Religiosa, Universo Simbólico Religioso, Texto Sagrado Conteúdo Básico: Organizações Religiosas Conteúdo específico: Diversidade Religiosa: devemos respeitar a religião alheia?

3 OBJETIVO DA AULA Conscientizar os alunos sobre a importância da diversidade religiosa e, principalmente, sobre o respeito às crenças alheias, combatendo qualquer tipo de discriminação ou exclusão no trato religioso.

4 RECURSOS DIDÁTICOS. TV Pendrive. Vídeos. Letra de música. Dicionário

5 DESENVOLVIMENTO O trabalho sobre diversidade religiosa foi realizado em 03 aulas. A aula iniciou-se com uma situação preocupante. Eu estava ciente de que alguns alunos naquele ambiente não realizavam atividades em grupo por algum motivo. Procurei descobri-lo e, quando indaguei um aluno, ele me deu a seguinte resposta: Professora, não faço trabalho com ele porque ele é evangélico e meu pai não quer que eu faça amizade com ele!

6 DESENVOLVIMENTO Diante de seu relato, tive a consciência de que muitos ali poderiam ter passado ou vivenciado aquela mesma situação. Questionei a turma se eles sabiam o significado da palavra DIVERSIDADE. Um e outro respondeu que significava diferente, vários. Após isso, pedi que procurassem em um dicionário a melhor definição. Em um segundo momento, voltei ao ponto inicial da aula, onde o aluno havia dito sobre o motivo de não fazer trabalho em grupo ou em específico com alguns amigos de sala.

7 DESENVOLVIMENTO O fato curioso é que um aluno disse assim: Fulano, você não pode fazer isso, sabia que nós temos que respeitar a religião do outro? O outro aluno silenciou-se. Diante disso, percebi que meu trabalho iria surtir efeito. Começamos a reflexão em conjunto, enfatizando que é preciso respeitar, conhecer, entender e, acima de tudo, valorizar a crença do vizinho, colega, primo, etc. Mencionei que, no Brasil, há uma pluralidade religiosa, isto é diversos grupos e crenças religiosas. Após essas conversas, alguns relatos foram feitos por alunos que já sofreram pelo fato de seguir uma determinada religião. Desse modo, a primeira aula pautou-se na reflexão sobre a diversidade existente no meio social.

8 DESENVOLVIMENTO Na segunda aula referente ao tema, iniciei expondo sobre algumas religiões existentes no mundo, como o Islamismo, Judaísmo e Cristianismo. Após as explicações, mostrei o vídeo DIVERSIDADE RELIGIOSA (produzido pela Faculdade de Taubaté) e, após seu término, pedi para que os alunos produzissem uma ilustração sobre a mensagem transmitida pelo vídeo. Já na terceira e última aula, para finalizar o assunto proposto, trabalhamos com a música Diversidade-Lenine. A música traz algumas imagens que levam à reflexão e, como atividade, orientei aos alunos que realizassem a análise da música e criassem uma frase sobre a conscientização acerca da diversidade religiosa.

9 AVALIAÇÃO Referente a avaliação, pude perceber que os alunos foram sensibilizados e puderam identificar a importância e o respeito quando o assunto é diversidade religiosa. Pude perceber que a mensagem transmitida em sala de aula foi propagada para fora do ambiente escolar também, pois vários alunos, ao final da 3ª aula sobre o tema, comentaram que gostaram da aula e iriam repassar as informações em casa e que, daquele momento em diante, teriam uma postura de respeito e entendimento sobre a escolha religiosa do outro.

10 AVALIAÇÃO O objetivo da avaliação era o de identificar se os alunos entenderam a mensagem das aulas: - respeito à diversidade - entendimento de que a cultura religiosa, em geral, é uma mistura de várias outras culturas - consciência de que é necessário a liberdade de escolha quanto à religião e que esta não deve ser imposta.

11 REFERêNCIAS MEC. Parâmetros Curriculares Nacionais SEED. Diretrizes Curriculares de Ensino Religioso SEED. Caderno Pedagógico, 2008 Coletânea Religiões do mundo. Editora Brasileitura, 2010


Carregar ppt "JORNADA DE ENSINO RELIGIOSO Agosto-2012 * Núcleo Regional de Maringá * Colégio Estadual Rui Barbosa-Distrito de Iguatemi * Professora: Ana Paula Paulino."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google