A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Linguagem e comunicação A linguagem está presente em qualquer atividade comunicativa do ser humano e se expressa, de modo geral, mediante um código.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Linguagem e comunicação A linguagem está presente em qualquer atividade comunicativa do ser humano e se expressa, de modo geral, mediante um código."— Transcrição da apresentação:

1

2 Linguagem e comunicação

3 A linguagem está presente em qualquer atividade comunicativa do ser humano e se expressa, de modo geral, mediante um código.

4 A língua, sistema de signos convencionados pela sociedade, constitui um código.

5 A linguagem, no processo de comunicação, é mais abrangente que a língua, uma vez que pode abarcar diferentes recursos comunicativos e / ou expressivos.

6 Língua e código CÓDIGO: sistemas de sinais ou símbolos preestabelecidos entre os interlocutores para comunicar suas idéias. LÍNGUA: sistema de representação socialmente construído, constituído por signos (sinais que significam) linguísticos. TODA LÍNGUA É UM CÓDIGO, MAS NEM TODO CÓDIGO É UMA LÍNGUA.

7 LINGUAGENS: GESTOS O CORPO FALA.

8 Linguagens: gestos O CORPO FALA.

9 Gestos e cultura EU JURO!ELE ESTÁ BÊBADO! DESCULPA! ACABOU! PERFEITO! NADA!

10 Linguagens: dança DÉBORA COLKER EM CASA (1999) O CORPO FALA. COREOGRAFIA VASOS DO ESPETÁCULO 4 POR 4 (2002)

11 Linguagens: escultura Guiado pela minha primeira inspiração (Dante), imaginei um outro pensador, um homem nu, sentando em uma rocha, os pés encolhidos, ele sonha. O pensamento fértil devagar se desenvolve em seu cérebro. Ele não é mais um pensador, ele é criador. Auguste Rodin O Pensador (Auguste Rodin) A ESCULTURA TATEIA.

12 Linguagens: literatura Oh! Alto e baixo em círculos e retas acima de nós, em redor [de nós as palavras voam. E às vezes pousam. (Cecília Meireles) A POESIA SURPREENDE. Vôo Alheias e nossas as palavras voam. Bando de borboletas [multicolores, as palavras voam. Voam as palavras como águias imensas. Como escuros morcegos como negros abutres, as palavras voam.

13 Linguagens: literatura Paulo Leminski "Para o zen budismo, a lua na água é um símbolo da impermanência de todas as coisas. Paulo Leminski

14 Linguagens: música ADRIANA CALCANHOTO JOTA QUEST A MÚSICA IRRADIA.

15 Linguagens: teatro Fernanda Montenegro ao lado de Fernando Torres, em cena da peça "Dias Felizes" (1985/6). O TEATRO ENCENA O VERBAL, O VISUAL E O SONORO.

16 Linguagens: cinema O AUTO DA COMPADECIDA TEMPOS MODERNOS O CINEMA MOVIMENTA.

17 Linguagens: pintura "Passeava pela estrada com dois amigos, olhando o pôr- do-sol, quando o céu de repente se tornou vermelho como sangue. Parei, recostei- me na cerca, extremamente cansado - sobre o fiorde preto azulado e a cidade estendiam-se sangue e línguas de fogo. Meus amigos foram andando e eu fiquei, tremendo de medo - podia sentir um grito infinito atravessando a paisagem." (Edvard Munch – O Grito) A PINTURA IMPRIME.

18 Linguagens: fotografia e desenho CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE A FOTOGRAFIA FLAGRA.

19 Linguagens: charge Rio Balavilha

20 Linguagens: quadrinhos

21 Linguagens: trânsito

22 Linguagem é A atividade humana que, nas representações de mundo que constrói, revela aspectos históricos, sociais e culturais. É por meio da linguagem que o ser humano organiza e dá forma às suas experiências. Seu uso ocorre na interação social e pressupõe a existência de interlocutores*. São exemplos de diferentes linguagens utilizadas pelo ser humano as línguas, a pintura, a dança, os logotipos, os quadrinhos, os sistemas gestuais, entre outros. * Interlocutor: cada um dos participantes de um diálogo.

23 Usamos a linguagem para......Pedir ou transmitir informações na maior parte do tempo, mas, além do intuito comunicativo, a linguagem deve dar conta também das necessidades subjetivas, que se expressam nas palavras, nos sentimentos, nas sensações, nas emoções. A linguagem é um fato exclusivamente humano, um método de comunicação racional de idéias, emoção e desejos por meio de símbolos produzidos de maneira deliberada. Rabaça & Barbosa (1987, p. 367)

24 Podemos reconhecer três linguagens Linguagem verbal. Linguagem não verbal. Linguagem mista.

25 Linguagem verbal É aquela que utiliza a língua (oral ou escrita), ou seja, manifesta-se pelas palavras.

26 Linguagem não verbal É aquela que utiliza qualquer código que não seja a palavra, como a pintura (que explora as formas e as cores, por exemplo), a mímica, a dança, a música, etc.

27 Linguagem mista Algumas formas de comunicação podem utilizar mais de uma linguagem, como é o caso das histórias em quadrinhos.

28 O valor simbólico da linguagem As linguagens utilizadas pelos seres humanos pressupõem conhecimento, por parte de seus usuários, do valor simbólico dos seus signos. Se não houvesse acordo com relação a esse valor, ou seja, se não fosse possível aos usuários de uma mesma linguagem identificar aquilo a que determinado signo faz referência, qualquer interação através da atividade da linguagem ficaria prejudicada, pois não haveria comunicação. Abaurre & pontara (2006, p. 3)

29 O valor social da linguagem Tudo o que ser humano alcançou de crescimento cultural está ligado à linguagem. Sem ela, a cultura não existiria, e os conhecimentos não poderiam ser transmitidos de geração para geração. A linguagem torna possível o desenvolvimento e a transmissão de culturas, bem como o funcionamento eficiente e o controle dos grupos sociais. Campedelli & souza (1998, p. 10)

30 Níveis de linguagem A linguagem é a característica que nos difere dos demais seres, permitindo-nos a oportunidade de expressar sentimentos, revelar conhecimentos, expor nossa opinião frente aos assuntos relacionados ao nosso cotidiano, e, sobretudo, promovendo nossa inserção ao convívio social. E dentre os fatores que a ela se relacionam destacam-se os níveis da fala, que são basicamente dois: O nível de formalidade e o de informalidade.

31 Níveis de linguagem O padrão formal está diretamente ligado à linguagem escrita, restringindo-se às normas gramaticais de um modo geral. Razão pela qual nunca escrevemos da mesma maneira que falamos. Este fator foi determinante para a que a mesma pudesse exercer total soberania sobre as demais.

32 Níveis de linguagem Quanto ao nível informal, este por sua vez representa o estilo considerado de menor prestígio, e isto tem gerado controvérsias entre os estudos da língua, uma vez que para a sociedade, aquela pessoa que fala ou escreve de maneira errônea é considerada inculta, tornando-se desta forma um estigma.

33 Variação linguística

34 As línguas sofrem transformações e adaptações, a fim de acompanhar as mudanças da sociedade em que elas se realizam e dos falantes. Às diversas formas de falar e de escrever, dá- se o nome de variedades linguísticas.

35 Compondo o quadro do padrão informal da linguagem, estão as chamadas variedades linguísticas, as quais representam as variações de acordo com as condições sociais, culturais, regionais e históricas em que é utilizada.

36 Variação linguística Variações históricas: Dado o dinamismo que a língua apresenta, a mesma sofre transformações ao longo do tempo. Um exemplo bastante representativo é a questão da ortografia, se levarmos em consideração a palavra farmácia, uma vez que a mesma era grafada com ph, contrapondo-se à linguagem dos internautas, a qual fundamenta-se pela supressão do vocábulos. Analisemos, pois, o fragmento exposto: Antigamente Antigamente, as moças chamavam-se mademoiselles e eram todas mimosas e muito prendadas. Não faziam anos: completavam primaveras, em geral dezoito. Os janotas, mesmo sendo rapagões, faziam-lhes pé-de-alferes, arrastando a asa, mas ficavam longos meses debaixo do balaio." Carlos Drummond de Andrade Comparando-o à modernidade, percebemos um vocabulário antiquado.

37 Variação linguística Variações regionais: São os chamados dialetos, que são as marcas determinantes referentes a diferentes regiões. Como exemplo, citamos a palavra mandioca que, em certos lugares, recebe outras nomenclaturas, tais como: macaxeira e aipim. Figurando também esta modalidade estão os sotaques, ligados às características orais da linguagem.

38 Variação linguística Variações sociais ou culturais: Estão diretamente ligadas aos grupos sociais de uma maneira geral e também ao grau de instrução de uma determinada pessoa. Como exemplo, citamos as gírias, os jargões e o linguajar caipira. As gírias pertencem ao vocabulário específico de certos grupos, como os surfistas, cantores de rap, tatuadores, entre outros. Os jargões estão relacionados ao profissionalismo, caracterizando um linguajar técnico. Representando a classe, podemos citar os médicos, advogados, profissionais da área de informática, dentre outros. Vejamos um poema e o trecho de uma música para entendermos melhor sobre o assunto: Vício na fala Para dizerem milho dizem mio Para melhor dizem mió Para pior pió Para telha dizem teia Para telhado dizem teiado E vão fazendo telhados. Oswald de Andrade

39 Saiba mais! TW0G2Q&hd=1


Carregar ppt "Linguagem e comunicação A linguagem está presente em qualquer atividade comunicativa do ser humano e se expressa, de modo geral, mediante um código."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google