A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reflexões 2013 Bento Gonçalves UNIVERSIDADE CATÓLICA Prof. Draiton de Souza (FFCH)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reflexões 2013 Bento Gonçalves UNIVERSIDADE CATÓLICA Prof. Draiton de Souza (FFCH)"— Transcrição da apresentação:

1 Reflexões 2013 Bento Gonçalves UNIVERSIDADE CATÓLICA Prof. Draiton de Souza (FFCH)

2 Introdução - Univ. Católica e o Concílio Vaticano II - Univ. Católica e a Ex corde ecclesiae Conclusão

3 Momento privilegiado para parar e refletir (machado do lenhador) Refletir: voltar-se para si mesmo

4 As Universidades em processo de transformação (época de mudanças; mudanças rápidas e profundas) A própria concepção (ideia) de Universidade está mudando na era da globalização (sociedade do conhecimento)

5 Avaliação institucional, interdisciplinaridade, relação com a economia, parques tecnológicos, internacionalização, mobilidade, planejamento estratégico, currículos novos

6 fomento da competitividade e da excelência, rankings; inglês: a língua franca das ciências (o novo latim), a qualidade com sustentabilidade, crescente captação de verbas externas; tríplice hélice

7 Mudança de paradigma na Alemanha Universidades de elite: egalitär x elitär; igualitário x elitista; Iniciativa de excelência (Exzellenzinitiative) A Alemanha considera a educação um setor estratégico

8 Qual é o papel da Universidade Católica nesse novo contexto (oportunidades e desafios)? O que é Universidade Católica?

9 1.Sobre a Educação Cristã (Gravissimum Educationis) – Concílio Vaticano II (1965) 2.Ex corde ecclesiae (1990)

10 - a concepção de ser humano subjacente ao ideal de Universidade Católica - tentarei mostrar que a antropologia cristã está em sintonia com uma concepção clássica de ser humano (enfatizarei aspectos filosóficos e teológicos)

11 PUCRS Pontifícia (desde 1950) Universidade (desde 1948) Católica do Rio Grande do Sul

12 Pontifícia Ir. Clemente Ivo Juliatto: O título de pontifícia corresponde a um reconhecimento oficial da universidade por parte da Sagrada Congregação para a Educação Católica, do Vaticano. Esse título confere-lhe, igualmente, um status internacional. Em consequência, os estatutos de uma universidade pontifícia precisam ser aprovados pelo Vaticano.

13 Católica Qual é a peculiaridade, a especificidade, da Universidade Católica? Qual é o nosso diferencial? O adjetivo católico qualifica o substantivo

14 Católica - É uma instituição da Igreja Católica - A palavra católica vem de katholikós, que significa UNIVERSAL (katá + hólos) - Trata-se de uma universalidade (catolicidade) com diversidade

15 Concílio Vaticano II - Concílio Vaticano II ( ) - Documento sobre a Educação Cristã: Gravissimum Educationis (1965) - postura de diálogo com o mundo contemporâneo (Gaudium et spes: A Igreja no mundo de hoje), reconhecendo a AUTONOMIA das realidades terrestres.

16 O Concílio: considera atentamente a importância capital da educação na vida do ser humano e sua influência sempre maior sobre progresso social de nossa época. Menciona também os admiráveis progressos da técnica e da pesquisa científica, os novos meios de comunicação social, oferecem oportunidade.

17 1.Os homens todos de qualquer raça, condição e idade, em virtude da dignidade de sua pessoa, gozam do direito inalienável à educação (...) A autêntica educação no entanto visa o aprimoramento da pessoa humana em relação a seu fim último e o bem das sociedades de que o homem é membro.

18 Faculdades e Universidades católicas 10. A Igreja cerca (acompanha) da mesma forma com interesse e carinho as escolas de grau superior, sobretudo as Universidades e as Faculdades.

19 ... como a fé e a razão conspiram para a verdade única, segundo as pegadas dos doutores da Igreja, mormente de S. Tomás de Aquino. (...) e que os alunos destas instituições se façam pessoas verdadeiramente notáveis pela doutrina, preparados para aceitar os mais importantes cargos na sociedade e ser testemunhas da fé no mundo.

20 Elementos centrais da concepção cristã de educação, norteadores da Universidade Católica: - 1.Dignidade da pessoa humana (educação como direito inalienável) - 2.A Educação tem uma importância capital na vida do ser humano (aprimoramento)

21 1.Dignidade da pessoa humana - Direito a direitos - Constituição brasileira (1988) - Concepção cristã do ser humano: imagem e semelhante de Deus (eikon tou theou) imago Dei, imagem de Deus)

22 O que é o ser humano? (Immanuel Kant) Max Scheler: A posição do ser humano no cosmos Ser humano: potencialidades, capacidades, talentos - Mudanças da concepção do ser humano

23 - Pico della Mirandola Autoconstrução - Immanuel Kant - Ser humano tem dignidade (Würde), não tem preço (Preis) - Autonomia (Autonomie; lei para si), autodeterminação - Fim e não meio (instrumento)

24 2. A Educação tem uma importância capital na vida do ser humano (aprimoramento) - 3 dimensões do ser humano (Aristóteles): - A. Teórica - B. Prática - C. Técnica

25 A. Dimensão teórica - A Universidade Católica é lugar privilegiado de conhecimento, de ciência (pesquisa básica) (Aristóteles, Spitzer) - A excelência no ensino e na pesquisa devem caracterizar a Universidade Católica - Atividades de extensão

26 - B. Prática (ética) - A Universidade não apenas informa; também forma - A ciência resolve e cria novos problemas - Informação e Educação - Finalidade: o bem do indivíduo e da sociedade (aperfeiçoamento pessoal e social): Indivíduo e ser social (político) - Busca da Felicidade (fim último) - Atividades comunitárias

27 - Aristóteles: Felicidade: Virtude (Areté) - Excelência - Fazer extraordinariamente bem as coisas ordinárias - Ciência e Sabedoria

28 - C. Técnica - Conhecimento aplicado: técnica, tecnologia - Os produtos do conhecimento - Transferência de tecnologia, transferência de conhecimento (Kassel)

29 Ex corde ecclesiae - Constituição Apostólica Ex corde ecclesiae - Do coração da Igreja - Papa João Paulo II Magna Carta das Universidades Católicas

30 Ex corde ecclesiae 1. NASCIDA DO CORAÇÃO DA IGREJA, a Universidade Católica insere-se no sulco da tradição que remonta à própria origem da Universidade como instituição, e revelou-se sempre um centro incomparável de criatividade e de irradiação do saber para o bem da humanidade. Pela sua vocação a Universitas magistrorum et scholarium consagra-se à investigação, ao ensino e à formação dos estudantes, livremente reunidos com os seus mestres no mesmo amor do saber.

31 Ela compartilha com todas as outras Universidades aquele gaudium de veritate, tão caro a Santo Agostinho, isto é, a alegria de procurar a verdade, de descobri-la e de comunicá-la em todos os campos do conhecimento. (Ad verum ducit)

32 - Fé e razão (Religião e ciência) - Na concepção cristã de pessoa, há a abertura para a transcendência, o elemento religioso - Nosso tempo caracteriza-se pela imanência - Ser humano: corpo e alma - Presença da Teologia (Humanismo e Cultura religiosa)

33 n. 15: Universidade Católica, a investigação compreende necessariamente: a) perseguir uma integração do conhecimento; b) o diálogo entre a fé e a razão; c) uma preocupação ética; e d) uma perspectiva teológica.

34

35 Conclusão

36 Bom dia a todos! Obrigado pela atenção!


Carregar ppt "Reflexões 2013 Bento Gonçalves UNIVERSIDADE CATÓLICA Prof. Draiton de Souza (FFCH)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google