A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM."— Transcrição da apresentação:

1 Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM

2 Meta-análise - Uma definição Os primeiros estudos de meta-análise surgiram nas áreas de Psicologia e Educação, na década de 70. Glass define meta-análise como Uma análise estatística de uma grande coleção de análises, resultante de estudos individuais com o propósito de integração dos resultados Educ Res 5:3-8, 1976.

3 Meta-análise - Uma definição Assim, podemos entender meta-análise como uma integração (estatística) de estudos independentes do mesmo tópico. Mas, ressalte-se, uma integração estatística de resultados, e não de observações individuais. Assim, a unidade de análise é uma estatística.

4 Meta-análise em Medicina - Uma definição Em Medicina e Saúde, meta-análise é uma avaliação sistemática, organizada e estruturada com uma síntese de um problema de interesse, baseada em muitos estudos independentes sobre esse problema (como causa de uma doença, efeito de tratamento, método diagnóstico, prognóstico, etc..) Jenicek, M. 1995.

5 Meta-análise em Medicina - Componentes Meta-análise em Medicina tem dois componentes: Meta-análise qualitativa - compreende uma aplicação sistemática e uniforme de critérios pré-determinados de qualidade (como como consistência dos dados, ausência de vieses, erros aleatórios, análise estatística adequada, e adequação da interpretação).

6 Meta-análise em Medicina - Componentes Meta-análise quantitativa: No sentido original, é uma integração estatística de uma informação numérica (uma estatística) sobre um assunto determinado, a partir de vários estudos independentes. A homogeneidade dos achados ou a avaliação do tamanho do efeito (RR, OR, FE).

7 Meta-análise em Medicina - Componentes Num sentido epidemiológico, os resultados de estudos diferentes tornam-se uma nova unidade de observação e o objeto do estudo é um novo conjunto de dados. É um estudo de estudos, ou uma epidemiologia dos resultados. Um terceiro componente seria a integração dos achados qualitativos com os quantitativos.

8 Meta-análise em Medicina - Objetivos Os objetivos principais de uma meta-análise em Medicina seriam: Confirmar uma informação; Encontrar erros; Buscar achados adicionais (indução); Encontrar novas idéias para pesquisas adicionais.

9 Meta-análise em Medicina - Um viés meta-analítico Rosental (1979) chamou a atenção para o problema dos trabalhos não publicados. Em psicologia e educação, assume-se que os estudos não publicados, na sua maioria, confirmam a hipótese nula (são resultados negativos). A Cochrans library já cataloga estudos não publicados.

10 Meta-análise em Medicina - Métodos Uma meta-análise quantitativa em Medicina pode ser definida como uma avaliação sistemática e uniforme de dimensões. Pode ser medida atrvés dos estudos como: magnitude de um problema de saúde; força ou especificidade de uma relação causal em pesquisa etiológica;

11 Meta-análise em Medicina - Métodos Força ou especificidade do impacto de uma medida de intervenção preventiva ou terapêutica; Validade interna ou externa de instrumentos clínicos (e.g. métodos diagnósticos); Custos e benefícios de métodos diagnósticos e tratamentos.

12 Meta-análise em Medicina - Métodos Há três abordagens principais na estimação do tamanho do efeito entre os vários estudos: Médias dos resultados dos estudos originais; Método de Mantel-Haenszel para observações estratificadas; Recomendações de Cochran para combinar taxas de ensaios clínicos individuais.

13 Meta-análise em Medicina - Métodos Metodogias alternativas: Uma metodologia baseada na abordagem empírica de Bayes já foi proposta para avaliação de benefícios e riscos de cirurgias (Gilbert, McPeek, Mosteller, 1977); Modelagem do tamanho do efeito ou métodos de meta-regressão (Greenland e Rothman, 1998).

14 Meta-análise em Medicina - Métodos O método do Odds Ratio típico ou Odds Ratio através de estudos (Mantel-Haenszel): Dos componentes básicos de análise apresentados nos estudos originais, como valores esperados e observados, e sua variância, número total de pacientes, número de pacientes em cada grupo, informações resumidas são obtidas através dos estudos

15 Meta-análise em Medicina - Métodos GT = total de O-E; VT= ( V O - E); TOR = exp (GT/VT) log TOR = GT/VT; TOR 95% = exp(GT/VT 1,96 VT)

16 Meta-análise em Medicina - Métodos Já a meta-análise qualitativa em medicina pdoe ser definida como um método de avaliação da importância e relevância da informação médica, pela aplicação de critérios pré-estabelecidos de aceitabilidade.

17 Meta-análise em Medicina - Objetivos da análise qualitativa Determinar a prevalência, homogeneidade e distribuição de atributos de qualidade; Expandir o conhecimento de dados ausentes ou imperfeitos; Avaliar e interpretar outliers.

18 Meta-análise em Medicina - Métodos Há vários métodos para se avaliar a qualidade da informação dos estudos originais. O grupo da McMaster usa um critério de complacência para estudos científicos baseado na validade interna e externa, critérios de inclusão e exclusão claramente definidos e descrição clara dos procedimentos de acompanhamento.

19 Meta-análise em Medicina - Critérios de qualidade Também os estudos de meta-análise devem ser avaliados segundo critários bem estabelecidos, como: uma lista dos estudos integrados; critérios de seleção e avaliação dos estudos; decrição clara da metodologia da meta- análise; apresentação de todos os resultados qualitativos e quantitativos da meta-análise.


Carregar ppt "Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google