A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM."— Transcrição da apresentação:

1 Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM

2 Meta-análise - Uma definição Os primeiros estudos de meta-análise surgiram nas áreas de Psicologia e Educação, na década de 70. Glass define meta-análise como Uma análise estatística de uma grande coleção de análises, resultante de estudos individuais com o propósito de integração dos resultados Educ Res 5:3-8, 1976.

3 Meta-análise - Uma definição Assim, podemos entender meta-análise como uma integração (estatística) de estudos independentes do mesmo tópico. Mas, ressalte-se, uma integração estatística de resultados, e não de observações individuais. Assim, a unidade de análise é uma estatística.

4 Meta-análise em Medicina - Uma definição Em Medicina e Saúde, meta-análise é uma avaliação sistemática, organizada e estruturada com uma síntese de um problema de interesse, baseada em muitos estudos independentes sobre esse problema (como causa de uma doença, efeito de tratamento, método diagnóstico, prognóstico, etc..) Jenicek, M

5 Meta-análise em Medicina - Componentes Meta-análise em Medicina tem dois componentes: Meta-análise qualitativa - compreende uma aplicação sistemática e uniforme de critérios pré-determinados de qualidade (como como consistência dos dados, ausência de vieses, erros aleatórios, análise estatística adequada, e adequação da interpretação).

6 Meta-análise em Medicina - Componentes Meta-análise quantitativa: No sentido original, é uma integração estatística de uma informação numérica (uma estatística) sobre um assunto determinado, a partir de vários estudos independentes. A homogeneidade dos achados ou a avaliação do tamanho do efeito (RR, OR, FE).

7 Meta-análise em Medicina - Componentes Num sentido epidemiológico, os resultados de estudos diferentes tornam-se uma nova unidade de observação e o objeto do estudo é um novo conjunto de dados. É um estudo de estudos, ou uma epidemiologia dos resultados. Um terceiro componente seria a integração dos achados qualitativos com os quantitativos.

8 Meta-análise em Medicina - Objetivos Os objetivos principais de uma meta-análise em Medicina seriam: Confirmar uma informação; Encontrar erros; Buscar achados adicionais (indução); Encontrar novas idéias para pesquisas adicionais.

9 Meta-análise em Medicina - Um viés meta-analítico Rosental (1979) chamou a atenção para o problema dos trabalhos não publicados. Em psicologia e educação, assume-se que os estudos não publicados, na sua maioria, confirmam a hipótese nula (são resultados negativos). A Cochrans library já cataloga estudos não publicados.

10 Meta-análise em Medicina - Métodos Uma meta-análise quantitativa em Medicina pode ser definida como uma avaliação sistemática e uniforme de dimensões. Pode ser medida atrvés dos estudos como: magnitude de um problema de saúde; força ou especificidade de uma relação causal em pesquisa etiológica;

11 Meta-análise em Medicina - Métodos Força ou especificidade do impacto de uma medida de intervenção preventiva ou terapêutica; Validade interna ou externa de instrumentos clínicos (e.g. métodos diagnósticos); Custos e benefícios de métodos diagnósticos e tratamentos.

12 Meta-análise em Medicina - Métodos Há três abordagens principais na estimação do tamanho do efeito entre os vários estudos: Médias dos resultados dos estudos originais; Método de Mantel-Haenszel para observações estratificadas; Recomendações de Cochran para combinar taxas de ensaios clínicos individuais.

13 Meta-análise em Medicina - Métodos Metodogias alternativas: Uma metodologia baseada na abordagem empírica de Bayes já foi proposta para avaliação de benefícios e riscos de cirurgias (Gilbert, McPeek, Mosteller, 1977); Modelagem do tamanho do efeito ou métodos de meta-regressão (Greenland e Rothman, 1998).

14 Meta-análise em Medicina - Métodos O método do Odds Ratio típico ou Odds Ratio através de estudos (Mantel-Haenszel): Dos componentes básicos de análise apresentados nos estudos originais, como valores esperados e observados, e sua variância, número total de pacientes, número de pacientes em cada grupo, informações resumidas são obtidas através dos estudos

15 Meta-análise em Medicina - Métodos GT = total de O-E; VT= ( V O - E); TOR = exp (GT/VT) log TOR = GT/VT; TOR 95% = exp(GT/VT 1,96 VT)

16 Meta-análise em Medicina - Métodos Já a meta-análise qualitativa em medicina pdoe ser definida como um método de avaliação da importância e relevância da informação médica, pela aplicação de critérios pré-estabelecidos de aceitabilidade.

17 Meta-análise em Medicina - Objetivos da análise qualitativa Determinar a prevalência, homogeneidade e distribuição de atributos de qualidade; Expandir o conhecimento de dados ausentes ou imperfeitos; Avaliar e interpretar outliers.

18 Meta-análise em Medicina - Métodos Há vários métodos para se avaliar a qualidade da informação dos estudos originais. O grupo da McMaster usa um critério de complacência para estudos científicos baseado na validade interna e externa, critérios de inclusão e exclusão claramente definidos e descrição clara dos procedimentos de acompanhamento.

19 Meta-análise em Medicina - Critérios de qualidade Também os estudos de meta-análise devem ser avaliados segundo critários bem estabelecidos, como: uma lista dos estudos integrados; critérios de seleção e avaliação dos estudos; decrição clara da metodologia da meta- análise; apresentação de todos os resultados qualitativos e quantitativos da meta-análise.


Carregar ppt "Meta-análise em Medicina Uma breve introdução HJM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google