A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IDEOLOGIAS SOCIAIS. CONTEXTO Século XIX Decadência do absolutismo Avanços liberalismo capitalismo Movimento operário Contestações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IDEOLOGIAS SOCIAIS. CONTEXTO Século XIX Decadência do absolutismo Avanços liberalismo capitalismo Movimento operário Contestações."— Transcrição da apresentação:

1 IDEOLOGIAS SOCIAIS

2 CONTEXTO Século XIX Decadência do absolutismo Avanços liberalismo capitalismo Movimento operário Contestações

3 IDEIAS SOCIALISTAS 1º manifesto Graco Babeuf Manifesto dos iguais (1796) fim da propriedade privada ditadura dos humildes Para ele, a natureza conferida a cada homem o direito igual de desfrutar de tudo o que é bom, e o objetivo da sociedade era defender esse direito; a natureza impusera a cada homem o dever de trabalhar, e quem dele se esquivasse era criminoso; o objetivo da revolução fora acabar com todas as desigualdades e estabelecer o bem-estar de todos; a revolução, portanto, não estava terminada; todos aqueles que haviam abolido a Constituição de 1793 (ano I) eram culpados de lesa-majestade contra o povo WILSON, Edmund. Rumo à estação Finlândia. São Paulo: Companhia das lettras, p (adaptado)

4 SOCIALISMO UTÓPICO Utopia pejorativo Marx Utopia de Thomas Morus 1516 sociedade ideal como chegar lá? impraticável Marx não se preocupam propriedade privada fim da desigualdade acúmulo de capital

5 SOCIALISMO UTÓPICO Propostas harmonia entre as classes boa vontade de todos filantropismo paternalismo burguês melhorias trabalhistas creches escolas

6 SOCIALISMO UTÓPICO Críticas à revolução francesa liberdade e igualdade? desigualdade burguesia X operariado injustiças sociais livre-comércio

7 SOCIALISMO UTÓPICO Saint-Simon ( ) francês sociedade industrial condução todos reforma do cristianismo renovação promover a fraternidade justiça social homens bons

8 SOCIALISMO UTÓPICO Charles Fourier ( ) francês comunidades propriedade coletiva riqueza de todos autosuficiência falanstério financiamento público privado

9 Louis Blanc ( ) francês associações de trabalhadores financiamento público divisão de lucros fundo beneficiente Estado garantir trabalho para todos participa da revolução de 1848 França SOCIALISMO UTÓPICO

10 Robert Owen ( ) inglês cooperativas enriquecimento

11 proprietário de fábricas inovações trabalhistas casas para operários diminui a jornada de trabalho creches crítica ao capitalismo benefícios legais aos operários reforma na base da produção SOCIALISMO UTÓPICO

12 Pierre Proudhon ( ) antagonismo de classes propriedade privada acúmulo de capital liberdade solidariedade igualdade todos associação SOCIALISMO UTÓPICO

13 cooperativas federalismo justiça social harmonia SOCIALISMO UTÓPICO

14 ANARQUISMO Semelhanças com o socialismo comunidades associações autônomas

15 Inovações Estado reformulação tomada do poder sociedade civil supressão do estado nova organização comunidades locais autonomia satisfação pessoal vencer o individualismo ANARQUISMO

16 Bakunin ( ) russo antiautoritarismo mutualismo posse da produção X coletivismo propriedade privada instituições governo descentralização do poder ANARQUISMO

17 Kropotkin ( ) nobre russo distribuição da riqueza de acordo com o consumo necessidade comunismo libertário distribuição municípios comuna substituição do estado ANARQUISMO

18 SOCIALISMO CIENTÍFICO Ajuda de Fredrich Engels industrial Situação da classe trabalhadora na Inglaterra (1848) ajuda Marx economicamente organização social capitalista

19 Karl Marx um dos fundadores sociologia economia história (ciência) socialismo científico crítica utópicos anarquistas SOCIALISMO CIENTÍFICO

20 Materialismo histórico dialético luta de classes motor da história séc. XIX burguesia X proletariado movimento dialético contradições mundo da fábrica produção e comércio trabalho em discussão SOCIALISMO CIENTÍFICO

21 Leitura filosófica da História teleologia sentido histórico determinismo modos de produção base da história relações de produção dominantes X dominados donos dos meios de produção estado ajuda exploração SOCIALISMO CIENTÍFICO

22 MODOS DE PRODUÇÃO PRIMITIVOASIÁTICOESCRAVISTAFEUDALCAPITALISTACOMUNISTA ESTADO SOCIALISTA

23 Mais-valia fator de exploração tempo de trabalho controlado tempo de trabalho expropriado ganho na etapa da produção capitalismo é isso!!! Mais-valia = valor da mercadoria produzida – (valor do meio de produção + valor de trabalho) OBS: Mais-valia não é o lucro!! Mais-valia é em cima do tempo de trabalho durante a etapa de produção. Lucro é na venda! SOCIALISMO CIENTÍFICO

24 Manifesto comunista 02/1848 – ano revolucionário crise do capitalismo texto denso papel da classe operária transformadora introduzir modo de produção comunista SOCIALISMO CIENTÍFICO

25 objetivos político e econômico comuna governos populares democracia radical trabalhador também poderia ter tempo de prazer base humanista sociedade igualitária fim revolução! propriedade privada divisão de classes Estado exploração da ordenação do trabalho alheio SOCIALISMO CIENTÍFICO

26 liga comunista não é partido não querem eleições revolução! SOCIALISMO CIENTÍFICO

27 1ª Internacional Londres 1864 Marx é o líder socialistas x anarquistas coordenar ações revolucionárias pelo mundo implementar o Estado Socialista preparar a chegada do Comunismo SOCIALISMO CIENTÍFICO

28

29 2ª Internacional Paris 1889 Engels é o líder 1 de Maio massacre de Chicago 3 anos antes jornada de trabalho – 8h SOCIALISMO CIENTÍFICO

30 UNESP Leia os textos. TEXTO 1 Ora, a propriedade privada atual, a propriedade burguesa, é a última e mais perfeita expresso do modo de produção e de apropriação baseado nos antagonismos de classes, na exploração de uns pelos outros. Neste sentido, os comunistas podem resumir sua teoria nesta fórmula única: a abolição da propriedade privada. (…) (…) A ação comum do proletariado, pelo menos nos países civilizados, é uma das primeiras condiç.es para sua emancipação. Suprimi a exploração do homem pelo homem e tereis suprimido a exploração de uma nação por outra. Quando os antagonismos de classes, no interior das naç.es, tiverem desaparecido, desaparecerá a hostilidade entre as próprias naç.es. (Marx e Engels. Manifesto comunista, 1848.) TEXTO 2 Os comunistas acreditam ter descoberto o caminho para nos livrar de nossos males. Segundo eles, o homem é inteiramente bom e bem disposto para com seu próximo, mas a instituição da propriedade privada corrompeu-lhe a natureza. (…) Se a propriedade privada fosse abolida, possuída em comum toda a riqueza e permitida a todos a partilha de sua fruição, a má vontade e a hostilidade desapareceriam entre os homens. (…) Mas sou capaz de reconhecer que as premissas psicológicas em que o sistema se baseia são uma ilusão insustentável. (…) A agressividade não foi criada pela propriedade. (…) Certamente (…) existirá uma objeção muito óbvia a ser feita: a de que a natureza, por dotar os indivíduos com atributos físicos e capacidades mentais extremamente desiguais, introduziu injustiças contra as quais não há remédio. (Sigmund Freud. Mal-estar na civilização, Adaptado.) Qual a diferença que os dois textos estabelecem sobre a relação entre a propriedade privada e as tendências de hostilidade e agressividade entre os homens e as nações? Explicite, também, a diferença entre os métodos ou pontos de vista empregados pelos autores dos textos para analisar a realidade.

31 Quando ocorre a institucionalização de qualquer movimento operário – a formação de sindicatos, partidos ou a entrada dos líderes na política – a verdadeira luta morre. Exemplo: Ludy, criador do ludismo, através de oportunismo político, entrou no Parlamento, criou leis contra os operários. Os líderes sempre traem a base. Quando a base se conforma com os feitos dos líderes do Parlamento, pode-se dizer que o movimento já morreu. Para alguns novos marxistas (heterodoxos), o socialismo morre quando há ordenamento do tempo de trabalho alheio para gerar excedente. Se há extração de mais-valia, há capitalismo! Exemplo: Revolução Russa.


Carregar ppt "IDEOLOGIAS SOCIAIS. CONTEXTO Século XIX Decadência do absolutismo Avanços liberalismo capitalismo Movimento operário Contestações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google