A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Proclamada a República, o que fazer com ela? Embora os republicanos tivessem o consenso que não queria a monarquia, eles não tinham consenso quanto ao.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Proclamada a República, o que fazer com ela? Embora os republicanos tivessem o consenso que não queria a monarquia, eles não tinham consenso quanto ao."— Transcrição da apresentação:

1

2 Proclamada a República, o que fazer com ela? Embora os republicanos tivessem o consenso que não queria a monarquia, eles não tinham consenso quanto ao que queriam da República. Essa situação de discórdia sobre os rumos do País caracterizou a Primeira República ( 1889 – 1930) Estabeleceu-se inicialmente um Governo Provisório, com Deodoro como o chefe do governo, até que uma Constituição fosse estabelecida. Um Congresso Provisório, em 1891 promulgou a Carta Constitucional Republicana e elegeu Deodoro como o primeiro Presidente do Brasil.

3 As principais diferenças entre a Constituição Republicana e a Imperial foram: O voto direto e universal e a separação entre o poder político e o religioso.

4 O Mandato de Deodoro foi marcado por crises, a primeira delas econômica, causada por Rui Barbosa e a política dos encilhamentos. A segunda crise, instaurou-se por conta do caráter rígido e inflexível de Deodoro. Já em 1891 Deodoro renuncia.

5 Diz a lenda que Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal. Chegando lá, constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação. Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e, surpreendendo-o ao tentar pular o muro com seus amados patos, disse-lhe: - Oh, bucéfalo anácrono! Não o interpelo pelo valor intrínseco dos bípedes palmípedes, mas sim pelo ato vil e sorrateiro de profanares o recôndito da minha habitação, levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei com minha bengala fosfórica bem no alto da tua sinagoga, e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à qüinquagésima potência que o vulgo denomina nada. E o ladrão, confuso, diz: "- Dotô, eu levo ou deixo os pato?"

6 Vice de Deodoro, Floriano segundo dizem sequer era Republicano, tendo apoiado o movimento apenas no seu fim. Conhecido como Marechal de Ferro, era autoritária e em seu governa a espada era a lei Prisões arbitrárias, suspensão de direitos individuais, censuras foram comuns em seu mandato. Seu mandato vai até Ao que parece o sonho de uma República onde os ideais de liberdade e igualdade para todos foi cortado pela raiz e com espada.

7 Em 1891, quando o marechal Deodoro da Fonseca, por influência da Revolta da Armada, renunciou à presidência da recém-instituída república, o vice-presidente Floriano Peixoto assumiu o poder, mas não convocou eleições após isso, contrariando o prescrito na Constituição promulgada neste mesmo ano, fato que gerou duas revoltas: a 2ª Revolta da Armada (originária da Marinha, no Rio) e a Revolução Federalista (patrocinada por fazendeiros gaúchos). As duas insurreições chegaram ao Desterro com o apoio dos catarinenses, entre os quais esteve Elesbão Pinto da Luz. Entretanto, Floriano Peixoto conteve-as ao aprisionar seus líderes e, com isso, restaram no domínio da cidade tão-somente simpatizantes do presidente, que, em sua homenagem, deram à capital a denominação de Florianópolis, ou seja, "cidade de Floriano".Centenas de catarinenses foram enforcados e fuzilados sumariamente na Ilha de Anhatomirim, durante a revolução federalista, entre 1893 e 1894, mostrando assim um governo totalmente genocida e anti-democratico. No dia 1º de outubro de 1894, Nossa Senhora do Desterro passou a se chamar Florianópolis, 100 anos mais tarde, em 1994, fizeram o "julgamento" na UFSC, se o nome atual era homenagem ou humilhação. Teve todo um julgamento montado, advogado de defesa, acusação, etc. Um júri sorteado, se me lembro bem contava com Amin, Rodrigo de Haro, Peninha (do Museu Universitário), uma professora e um estudante. A votação foi UNÂNIME de que "Florianópolis" era uma humilhação.

8 Apesar do voto universal, apenas 2,2% da população votou para eleger em 1894 o paulista Prudente de Morais, o primeiro presidente eleito por voto direto. A Questão do voto permaneceu um problema por toda a Primeira República, pois havia intimidações, ameaças e os mesários trocando os votos a seu bel prazer. Essa política ficou conhecida como voto cabresto.

9

10

11 Resultado completo das eleições para prefeito em Florianópolis. Cesar Souza Júnior (PSD): (52,64%) Gean Loureiro (PMDB): (47,36%) Brancos: (3,06%) Nulos: (9,93%) Abstenções: (20,32%)

12 Acima de tudo o sertanejo é um forte. Euclides da Cunha

13

14 A situação do Nordeste brasileiro, no final do século XIX, era muito precária. Fome, seca, miséria, violência e abandono político afetavam os nordestinos, principalmente a população mais carente. Toda essa situação, em conjunto com o fanatismo religioso, desencadeou um grave problema social. Na época, a população miserável da região agregou-se em torno do beato Conselheiro, que havia passado anos pelo sertão pregando uma mistura de doutrina cristã e religiosidade popular. Em 1893, os sertanejos fundam o arraial de Canudos, um povoado muito pobre que chegou a ter 5 mil casas e de 20 mil a 25 mil habitantes. Canudos era regido pelo trabalho coletivo e pelos ensinamentos religiosos de Conselheiro. Além desse caráter messiânico, o movimento criticava a República e contestava as inovações surgidas com ela, como o casamento civil.

15 As relações do povoado com o governo começaram a se complicar ainda em 1893, quando os moradores rebelaram-se contra a cobrança de impostos e queimaram documentos emitidos pelo governo. Aos olhos dos governantes, Canudos começou a ser visto não só como um arraial de fanáticos religiosos, mas também como um ninho de rebeldes monarquistas e perigosos, que precisavam ser eliminados. Para acabar com os revoltosos, o governo lançou quatro expedições militares. Nas três primeiras, o Exército tomou um pau dos sertanejos. Na terceira delas, o massacre foi tão grande que até o comandante das tropas federais foi morto em combate. Na quarta e última campanha, cujos momentos decisivos a gente apresenta nestas páginas, o Exército conseguiu finalmente riscar Canudos do mapa. Pelo menos 30 mil pessoas morreram na batalha final.

16 A Guerra de Canudos aconteceu entre 1896 e 1897 e incluiu quatro expedições do Exército para destruir o povoado. Nas três primeiras, os sertanejos levaram a melhor. Na última, iniciada em 31 de julho de 1897, cerca de militares saem de Queimadas e iniciam uma marcha de quase cem quilômetros em direção ao acampamento principal de Canudos

17 A ofensiva contra Canudos começa com um bombardeio. A principal arma é o canhão inglês Withworth, usado para atacar as torres das duas igrejas do povoado, de onde atiradores alvejam as tropas oficiais. Em 24 de agosto, a torre de uma delas é derrubada, mas o canhão pifa logo em seguida

18 Mesmo com o problema do canhão, o Exército intensifica o cerco e isola Canudos: ninguém entra e ninguém sai do povoado. Encurralados, os sertanejos não têm como repor nem socorrer seus homens. No dia 6 de setembro, a artilharia derruba as torres da segunda igreja, minando a resistência dos revoltosos

19 Durante o bombardeio, a situação do povoado se agrava: faltam remédios, água, alimentos e munição. Os mortos apodrecem, facilitando a disseminação de doenças. Com sermões inflamados, o líder Antônio Conselheiro tenta reanimar seus seguidores, mas sua saúde piora por causa de uma diarréia.

20 Vencido provavelmente por uma disenteria aguda, Antônio Conselheiro morre em 22 de setembro. Seu cadáver é mantido insepulto por vários dias seus seguidores esperavam que ele pudesse ressuscitar. Quando o corpo do beato começa a feder, os sertanejos o enterram. Enquanto isso, o cerco do Exército prossegue cada vez mais rigoroso

21 6 - No dia 1º de outubro, as tropas do governo iniciam o ataque final, avançando até tomar a vila. No dia seguinte, 300 mulheres e crianças se rendem, enquanto os homens resistem com as poucas armas que têm, incluindo foices, pedras e pedaços de pau. Mais bem equipados, os militares vencem a batalha e matam os últimos rebeldes em 5 de outubro

22 Depois da invasão, as ruínas da vila são destruídas e dinamitadas pelos militares. No final, de 25 mil a 35 mil rebeldes morreram nos combates. Entre os soldados, o total de baixas chegou a 5 mil. O corpo de Conselheiro foi desenterrado e sua cabeça foi levada como um troféu do Exército para Salvador, simbolizando o fim de Canudos

23 Vista do Arraial de Canudos

24 Uma casa do arraial e um sertanejo.

25 Cadáveres após a destruição do arraial

26 Antônio Conselheiro morto

27 O sertanejos que sobraram após a destruição do arraial


Carregar ppt "Proclamada a República, o que fazer com ela? Embora os republicanos tivessem o consenso que não queria a monarquia, eles não tinham consenso quanto ao."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google