A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Por: Silvio Benedito Alves Tenente Coronel PM Gerente Executivo dos CIOPS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Por: Silvio Benedito Alves Tenente Coronel PM Gerente Executivo dos CIOPS."— Transcrição da apresentação:

1

2 1 Por: Silvio Benedito Alves Tenente Coronel PM Gerente Executivo dos CIOPS

3

4 Viagem empreendida ao Canadá, do dia 01 ao dia a 09 de agosto de 2004, para conhecer sobre o Sistema de Segurança Pública de algumas cidades canadenses, sobretudo no que se relaciona com a doutrina de Polícia Comunitária.

5 1 Professor Jônathas Silva Secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás Humberto de Jesus Teixeira Diretor Geral de Polícia Civil Silvio Benedito Alves – Ten Cel PM Gerente Executivo dos CIOPS Emerson Bernades Faria – 1° Ten QOPM Assessor da SSPJ

6 + =

7 1 Conhecer o Sistema de Segurança Pública desenvolvido no Canadá.

8 Conhecer o modelo de Policiamento Comunitário aplicado no Canadá, em suas províncias e municípios; Conhecer o sistema de recrutamento e seleção dos policias da Polícia daquele país; Conhecer o sistema de ensino e a formação policial;

9 Instituições de Segurança Pública do Canadá A Polícia Federal Canadense; A Polícia das Províncias (Estados de Quebeque e Ontário); A Polícia Municipal.

10 1 1) PRINCÍPIOS CANADENSES PARA A POLÍCIA DE APROXIMAÇÃO (POLÍCIA COMUNITÁRIA): A Instituição Policial Canadense (Polícia federal, as Polícias das Províncias e as Polícias Municipais) baseia sua atuação em cinco grandes princípios, a saber:

11 a) A presença familiar dos policiais Os patrulheiros e investigadores são designados num setor geográfico em longo prazo. As ações são constantes em um mesmo setor ou município e permitem criar e reforçar os elos com os cidadãos e seus representantes. b) A consulta à clientela (população) É um processo permanente e permite às Polícias Canadenses conhecer as expectativas e as necessidades da população. Além disso, atuam recebendo os pedidos dos Comitês de Segurança Pública (nossos CONSEGs) presentes em cada um dos Municípios.

12 c) A qualidade do serviço aos cidadãos As Polícias Canadenses fazem todo o possível para oferecer serviços acessíveis e de qualidade. Os cidadãos podem entrar em contato com um policial para obter informações ou serviços necessários. As atividades policiais estão sempre fundamentadas por um rigoroso código ético. d) A parceria com a população A participação da comunidade favorece a manutenção da segurança pública, graças a uma divisão de responsabilidade, entre a polícia, os cidadãos e os organismos comunitários.

13 e) A resolução de problemas locais de Segurança Pública A colaboração da população na identificação dos problemas de segurança pública, análise de suas causas e busca de soluções permite resolver muitos problemas locais que preocupam os cidadãos. Esta atuação conjunta, permite encontrar soluções duráveis para problemas como, por exemplo: excesso de velocidade ou delinqüência juvenil etc.

14 1 A FORMAÇÃO POLICIAL NO CANADÁ É BASICAMENTE DIVIDIDA EM DUAS GRANDES ESCOLAS DE FORMAÇÃO POLICIAL : a) Faculdade de Polícia do Canadá; b) Escola Nacional de Polícia do Quebeque;

15 a) FACULDADE DE POLÍCIA DO CANADÁ Iniciou suas atividades em 1966 e hoje é responsável pelo treinamento avançado e especializado para a atuação e gerenciamento das forças policiais, principalmente da Real Cavalaria Canadense, que responde por aproximadamente 30% dos cadetes. Conta com um orçamento de sete milhões e oitocentos mil dólares canadenses. Tem 40 cursos e atende cerca de (três mil) policiais por ano, inclusive estrangeiros. Mantém parcerias com várias Universidades, outras Academias de Polícia.

16 B) ESCOLA NACIONAL DE POLÍCIA DO QUEBEQUE Iniciou suas atividades em 1º de setembro de 2.000, em virtude das modificações introduzidas pela Lei da Polícia, sancionada em 16 de junho de Está subordinada ao Ministro da Segurança Pública do Quebeque e substituiu o Instituto de Polícia do Quebeque que funcionava desde Atualmente a escola conta cerca de 82 cursos para as mais diversas áreas de atuação policial. Para o cadete ser admitido, antes é necessário fazer um curso universitário voltado para o cidadão que quer se tornar um profissional de segurança pública, que consiste em um curso universitário realizado com convivência de estudantes que se preparam para outras profissões,.

17 Continuação: Com duração de três anos e, só assim, ser admitido na Escola para um curso de 15 semanas de treinamento complementar da formação policial. Detalhe bastante peculiar desta escola é a necessidade do estudante pagar vinte mil dólares canadenses para sua instrução complementar, sendo que somente cinco mil são subsidiados pelo governo quebequense.

18 o Existe uma importância imensa no conhecimento de Sistemas de Segurança Pública diversos do nosso; pois apesar de vivermos realidades diferentes, é uma forma de ampliar os nossos conhecimentos, para aí sim, planejarmos a nossa atividade em melhor acordo com os nossos problemas.

19 1

20

21

22

23

24

25

26

27


Carregar ppt "1 Por: Silvio Benedito Alves Tenente Coronel PM Gerente Executivo dos CIOPS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google