A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FUNDAMENTOS POLÍTICOS- ECONÔMICOS DA EDUCAÇÃO aula 06 CURSO: PEDAGOGIA Prof. Marcelo Muzi Silva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FUNDAMENTOS POLÍTICOS- ECONÔMICOS DA EDUCAÇÃO aula 06 CURSO: PEDAGOGIA Prof. Marcelo Muzi Silva."— Transcrição da apresentação:

1 FUNDAMENTOS POLÍTICOS- ECONÔMICOS DA EDUCAÇÃO aula 06 CURSO: PEDAGOGIA Prof. Marcelo Muzi Silva

2 GESTÃO CIENTÍFICA DO TRABALHO HUMANO: INTRODUÇÃO AO CONCEITO DE TRABALHO HUMANO

3 MEDO DE PERDER O TRABALHO!!!!

4 CONCEITO DE TRABALHO Exercício de atividade humana, manual ou intelectual, produtiva; Serviço - lida – produção – labor - maneira como alguém trabalha ; Dar determinada forma a - fazer com arte - empenhar-se - executar alguma tarefa;

5 Atividade tipicamente humana O trabalho é uma atividade própria do homem e desenvolvida pelo homem sobre a natureza; Geralmente com a ajuda de instrumentos com nalidade de produzir bens e serviços.

6 Marx e sua defesa do trabalho como uma atividade tipicamente humana A diferença entre a aranha que tece a sua teia e o homem é que este realiza o seu m na matéria. Ao nal do processo do trabalho humano surge um resultado que antes do início do processo já existia na mente do homem (Marx)

7 Aprofundando a visão de Marx O homem domina a natureza e a modica conforme idealiza, colocando-a sob seu serviço. A aranha transforma a natureza pelo simples instinto de sobrevivência. Não quer dizer que realiza um processo de trabalho, o homem sim. Ele tem a capacidade de idealizar e visualizar seu produto em sua mente antes de materializar o seu trabalho.

8 Aprofundando a visão de Marx Ao transformar a natureza, o homem também transforma a si mesmo. Assim, ao lascar uma pedra para escrever algo, o homem se transforma e aprimora tanto sua escrita quanto o instrumento que ele utilizou. Considera que todo processo de trabalho é um processo de transformação da natureza.

9 Trabalho ao longo da história Primitivismo – correspondeu à primeira forma de trabalho ocorrida na pré- história. Época em que os homens eram nômades. A sua sobrevivência resumia- se na caça, pesca e colheita de alimentos que iriam consumir de imediato.

10 Divisão de trabalho no primitivismo Quando passaram a cultivar seus alimentos começaram a ter noção de divisão de trabalho: alguns homens plantavam e outros tinham a ocupação de defender seus abrigos e plantações, iniciando assim uma divisão de tarefas.

11 Trabalho Escravo Grécia Antiga - O modo de produção escravista surgiu na Grécia Antiga. Nesse primeiro momento, a mão de obra escravista vinha de prisioneiros de guerra que serviam para trabalhos pesados (como construção de palácios e pirâmides), e poderiam ser também, utilizados para a fabricação de utensílios e/ou trabalhos domésticos.

12 Trabalho Escravo Império Romano – Aqui os escravos também foram conquistados em batalhas, no entanto, a propriedade era do Estado que os concedia aos nobres. Como também, um cidadão não- estrangeiro também poderia se tornar escravo de alguém, se contraísse com pessoa uma dívida que não pudesse pagar.

13 Trabalho no feudalismo Marcada pela relação servil de produção. A sociedade feudal estava organizada em torno de duas camadas sociais básicas - senhores feudais e os servos.

14

15 Trabalho no Capitalismo Alienação Desumanização Imparcialidade Fragmentação


Carregar ppt "FUNDAMENTOS POLÍTICOS- ECONÔMICOS DA EDUCAÇÃO aula 06 CURSO: PEDAGOGIA Prof. Marcelo Muzi Silva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google