A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rio de Janeiro, 13-22 de junho de 2012 RIO+20 Autor: JARIO UnB Universidade de Brasília/Faculdade de Educação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rio de Janeiro, 13-22 de junho de 2012 RIO+20 Autor: JARIO UnB Universidade de Brasília/Faculdade de Educação."— Transcrição da apresentação:

1 Rio de Janeiro, de junho de 2012 RIO+20 Autor: JARIO UnB Universidade de Brasília/Faculdade de Educação

2 A Rio+20 será uma das mais importantes reuniões globais sobre desenvolvimento sustentável de nosso tempo. No Rio, nossa visão deve ser clara: uma economia verde sustentável que proteja a saúde do meio ambiente e apoie o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio através do crescimento da renda, do trabalho decente e da erradicação da pobreza. Ban Ki-moon, Secretário-Geral das Nações Unidas.

3 O nome RIO+20 se refere ao aniversário de 20 anos da Rio 92. A Rio+20 marca o 20º aniversário da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (UNCED), realizada no Rio de Janeiro em 1992, e o 10º aniversário da Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (WSSD), promovida em Joanesburgo em Com a presença de Chefes de Estado e de Governo ou outros representantes, a expectativa é de uma Conferência do mais alto nível.

4 O objetivo agora é definir um modelo internacional para os próximos 20 anos com base na preservação do meio ambiente, priorizando a melhoria da qualidade de vida a partir da erradicação da pobreza, por meio de programas sociais, a ECONOMIA VERDE e o DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL para uma governança mundial.

5 A Conferênica Rio+20 transcorre de 13 a 22 de junho. Nos primeiros três dias, de 13 a 15, ocorrerão as negociações finais sobre o documento que será encaminhado para discussão dos chefes de estado no chamado segmento de alto nível, que ocorre de 20 a 22. A Resolução 64/236, de 2009, da Assembléia-Geral das Nações Unidas, estabelece como objetivo da Conferência a renovação do compromisso político internacional com o desenvolvimento sustentável, por meio da avaliação da das ações implementadas e da discussão de desafios novos e emergentes.

6 As Nações Unidas definiram como temas para a Conferência: – Economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza – Estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável

7 A meta encontro será definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas. São esperadas delegações governamentais dos 193 estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU), além de representantes de vários setores da instituição, num total de 50 mil pessoas. Acontecerão debates e reuniões em busca de soluções para questões importantes às futuras gerações. Entre os problemas a serem discutidos estão as mudanças climáticas e o consumo desenfreado da população.

8 a adoção de uma estratégia para a economia verde (a qual deverá orientar as estratégias nacionais dos Estados- Partes das Nações Unidas, dentro de suas respectivas capacidades, prioridades, necessidades e demandas); a adoção de nova métrica para o desenvolvimento, que complemente e aperfeiçoe índices consagrados como o PIB e o IDH, reconhecidamente limitados quando se trata de retratar, de maneira integradas, os três pilares do desenvolvimento sustentável; a adoção de uma estratégia global para produção e consumo sustentáveis, tal como o que vem sendo discutido internacionalmente há vários anos, no assim chamado Processo de Marrakech.

9 a discussão sobre economia verde tem sido fortemente referenciada, recentemente, pela proposta de que a Rio+20 venha a incluir, entre os seus resultados, acordo em torno de uma série de Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS), os quais traduziriam no contexto do desenvolvimento sustentável em metas tangíveis, provendo sinais mensuráveis para temas considerados essenciais no debate global sobre sustentabilidade. há crescente percepção de que a eventual adoção de Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável deverá ser acompanhada de meios concretos para atingi-los e que, ao contrário dos ODMs, voltados para os países em desenvolvimento, deverão ser de caráter global.

10 3ª. Sessão do Comitê Preparatório 13 a 15 de junho: reunião de representantes governamentais para negociação do Documento Final a ser adotado pela Conferência Eventos com a Sociedade Civil 16 a 19 de junho: Diálogos sobre sustentabilidade com a sociedade civil Segmento de Alto Nível 20 a 22 de junho: presença de Chefes de Estado e de Governo dos países-membros das Nações Unidas; adoção do Documento Final da Conferência

11 Meio Ambiente e Desenvolvimento Sutentável ONU Organizações da Nações Unidas Rio+20 Portal do Governo UNCSD ONU


Carregar ppt "Rio de Janeiro, 13-22 de junho de 2012 RIO+20 Autor: JARIO UnB Universidade de Brasília/Faculdade de Educação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google