A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professor: Ronimack Trajano. O que é eficiência? Diz-se que um equipamento é eficiente quando ele apresenta alto rendimento. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA O que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professor: Ronimack Trajano. O que é eficiência? Diz-se que um equipamento é eficiente quando ele apresenta alto rendimento. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA O que."— Transcrição da apresentação:

1 Professor: Ronimack Trajano

2 O que é eficiência? Diz-se que um equipamento é eficiente quando ele apresenta alto rendimento. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA O que é rendimento? Rendimento é a relação entre o trabalho produzido e a potência consumida. O que é eficiência Energética?

3 Eficiência Energética Ativa significa, por definição, efetuar mudanças permanentes através de medições, monitoramento e controle do uso da energia. Eficiência Energética Passiva define-se como a adoção de medidas contra perdas térmicas e uso de equipamento de baixo consumo, entre outros. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

4 O uso de equipamentos e aparelhos que economizam energia, tais como lâmpadas de baixo consumo energético, é essencial, porém insuficiente. Sem o controle adequado, estas medidas são simplesmente e com frequência formas de militância contra perdas de energia, mas não se traduzem em uma redução real do consumo de energia e de como é utilizada. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

5 Tudo que consome energia desde o consumo direto de eletricidade até iluminação, calefação e especialmente motores elétricos, assim como controles HVAC (de calefação, ventilação e refrigeração) e de caldeiras, entre outros deve ser objeto de iniciativas ativas, para se obter ganhos sustentados. Isto também implica em uma mudança de cultura e mentalidade de grupos de indivíduos, o que levaria à adoção de novas condutas no trabalho e em casa, embora o maior uso de controles técnicos possa reduzir esta necessidade. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

6 O SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA ou simplesmente SELO PROCEL, instituído através de Decreto Presidencial de 08 de dezembro de 1993, é um produto desenvolvido e concedido pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – PROCEL. O SELO PROCEL tem por objetivo orientar o consumidor no ato da compra, indicando os produtos que apresentam os melhores níveis de eficiência energética dentro de cada categoria. Também objetiva estimular a fabricação e a comercialização de produtos mais eficientes, contribuindo para o desenvolvimento tecnológico e a redução de impactos ambientais. SELO PROCEL

7 O SELO PROCEL é concedido anualmente aos equipamentos que apresentam os melhores índices de eficiência energética, normalmente caracterizados pela faixa A da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – ENCE, dentro das suas categorias. Para ser contemplado com o Selo PROCEL, o produto deve ser submetido a ensaios específicos em laboratório idôneo, indicado pelo PROCEL. Os parâmetros a serem avaliados constam do Critério Específico para Concessão do SELO PROCEL relativo a categoria desse produto, anexo ao Regulamento do Selo PROCEL. SELO PROCEL

8 Os equipamentos que atualmente recebem o Selo são: - Refrigerador; - Freezers; - Ar-condicionado; - Motores elétrico de indução trifásicos; - Coletor solar plano – aplicação banho e piscina; - Reservatórios térmicos para coletores solares; - Reatores eletromagnéticos ; - Lâmpadas fluorescentes compactas ; - Lâmpadas fluorescentes circulares. SELO PROCEL

9 Passo 1: Ao comprar uma geladeira, verifique se o produto tem o selo Procel de economia de energia. Passo 2 No caso de instalação entre armários e paredes, a geladeira deve ter um espaço mínimo de 20 cm dos lados, acima e no fundo. PROCEDIMENTOS PARA UMA MAIOR EFICIÊNCIA DE UMA GELADEIRA

10 Passo 3 Nunca utilize a parte traseira da geladeira para secar panos e roupas. Passo 4 Faça degelo sempre que a camada de gelo no congelador ou freezer atingir a espessura de aproximadamente 1 cm. PROCEDIMENTOS PARA UMA MAIOR EFICIÊNCIA DE UMA GELADEIRA

11 Passo 5 Os alimentos, quando ainda quentes, não devem ser colocados dentro da geladeira. Passo 6 A geladeira deve estar protegida dos raios solares e mantida o mais afastado possível do calor do fogão. PROCEDIMENTOS PARA UMA MAIOR EFICIÊNCIA DE UMA GELADEIRA

12 Passo 7 As prateleiras da geladeira não devem ser forradas com plásticos ou vidros, pois isso dificulta a circulação interna de ar. PROCEDIMENTOS PARA UMA MAIOR EFICIÊNCIA DE UMA GELADEIRA

13 SELO PROCEL PARA REFRIGERADOR

14 ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA REFRIGERADOR O primeiro (1) é classificado como A, sendo, portanto, mais eficiente (cor VERDE). Já o segundo (2) tem classificação E, menos eficiente (cor VERMELHA). A diferença entre preços pode levar o consumidor a tomar uma decisão errada. O primeiro modelo (1), mais eficiente, tem o preço à vista de R$ 899,00, o segundo custa R$ 749,00. Uma diferença de R$ 150,00, que para muitos bolsos é bem convincente.

15 O item (1), classificado como A, apresenta um consumo de 23,0 kWh/mês. Já o item (2), que tem classificação E, consome 30,5 kWh/mês. Façamos as contas: com o valor médio da energia elétrica cobrada nos últimos 12 meses (R$ 0,28172), se obtém os resultados mostrados na Tabela 1. Vamos considerar que a durabilidade deste produto seja de 10 anos, o que é razoável para um refrigerador, e que sua eficiência energética se mantenha a mesma ao longo do tempo (o que nem sempre é possível, se o consumidor não fizer manutenções periódicas). ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA REFRIGERADOR

16 Tabela 1 - Consumo de energia e economia de valores ao longo de 10 anos de uso do refrigerador. ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA REFRIGERADOR

17 ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA LÂMPADA PL Outro caso onde fica evidente a economia e a vantagem do uso de itens mais eficientes é o da comparação entre as lâmpadas PL e incandescentes. Uma lâmpada PL com consumo elétrico de 15 W produz uma potência luminosa equivalente a uma lâmpada incandescente de 60 W. Uma PL de 25 W equivale a uma incandescente de 100 W, mas a diferença de custo entre as duas é muito grande, e pode iludir o comprador.

18 ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA LÂMPADA PL Na mesma rede varejista, encontramos os preços para lâmpadas mostrados na tabela 2. Tabela 2 - Custos e potências de lâmpadas no mercado varejista.

19 ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA LÂMPADA PL Note que a diferença de valores permite, inclusive, comprar várias unidades de lâmpadas incandescente ao invés de apenas uma PL. Vamos fazer uma comparação: usar lâmpadas durante 8 horas por dia. Desejamos uma potência luminosa de 300 W, o que é obtido através de 3 lâmpadas PL de 25 W ou de 3 incandescente de 100 W. O consumo mensal pode ser calculado como indica a tabela 3. Tabela 3 - Custos e potências de lâmpadas no mercado varejista.

20 ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA LÂMPADA PL O custo inicial de aquisição das três lâmpadas: Para as incandescentes da marca A é de R$ 5,37 Para as lâmpadas PL é de R$ 44,70 A diferença é de R$ 39,33, o que daria para comprar quase 22 lâmpadas incandescentes!

21 ESTUDO DE CASO - SELO PROCEL PARA LÂMPADA PL Apesar desta disparidade de preços, a diferença no gasto de energia elétrica e, conseqüente valor na conta de luz, compensará rapidamente o valor, como é demonstrado na tabela 4. Tabela 4 - Custos e potências de lâmpadas no mercado varejista.


Carregar ppt "Professor: Ronimack Trajano. O que é eficiência? Diz-se que um equipamento é eficiente quando ele apresenta alto rendimento. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA O que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google