A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sobre a importância dos investidores privados para a economia Investir em Bolsa em Portugal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sobre a importância dos investidores privados para a economia Investir em Bolsa em Portugal."— Transcrição da apresentação:

1 Sobre a importância dos investidores privados para a economia Investir em Bolsa em Portugal

2 O perfil do investidor privado em Bolsa em Portugal Um estudo da CMVM definiu o perfil do investidor português, concluindo que em média este é do sexo masculino, com idade entre 45 e 64 anos, e tem pelo menos o 12º ano de escolaridade, recebe até 2 mil euros mensais e reside nas áreas da Grande Lisboa e do Grande Porto

3 Estratégia defensiva Maioria opta por investimentos mais seguros como os certificados de aforro e apenas uma minoria admite arriscar em activos de maior risco como as acções Além dos tradicionais depósitos a prazo e certificados de aforro, menos de 10% das famílias portuguesas possuem outros produtos financeiros

4 Impacto no mercado O baixo número de investidores a participar no mercado de capitais provoca uma reduzida percentagem da capitalização accionista das empresas que é detida pelas famílias portuguesas. O potencial de crescimento do nosso mercado é portanto muito significativo

5 O desafio Conceitos inovadores e raros sempre foram bem sucedidos, mas se queremos que o público participe teremos que criar confiança e transparência.

6 Problemas do mercado accionista português A sua dimensão, periférica em relação aos grandes mercados mundiais As empresas nacionais são, com raras excepções, muito pequenas Liquidez, dimensão e interesse limitados para investimentos estrangeiros na Bolsa portuguesa

7 Problemas do mercado accionista português Estrutura accionista Empresas são controladas por accionistas que detêm a maioria do seu capital O que limita a capacidade de termos outros accionistas (nacionais ou estrangeiros) que olhem para estas como investimentos de longo prazo

8 Problemas do mercado accionista português Falta de cultura bolsista do investidor médio Os investidores particulares interessam-se pela bolsa apenas quando esta está em alta Quando há uma quebra do mercado, são os primeiros a fugirem dos investimentos com maior risco O investidor médio não tem hábitos de poupança em activos de risco de longo prazo

9 Problemas do mercado accionista português As próprias empresas não têm formação suficiente para saberem como se devem posicionar em bolsa e garantir a todo o tempo que a informação relevante esteja disponível As pessoas com frequência encaram o investimento em bolsa como uma ida ao casino

10 Recomendação Se os investidores individuais assumissem o hábito de investir a longo prazo em produtos de risco, evitariam a concentração dos seus investimentos em bolsa nos momentos em que as cotações estão mais caras e acabariam por ter um preço médio de compra das suas acções bem mais razoável.

11 Estratégia de longo prazo A longo prazo quem investe desta forma tem obtido consistentemente resultados acima de outros produtos de menor risco Mesmo com a acentuada quebra recente da bolsa, quem tivesse investido há dez anos atrás e tivesse mantido o seu investimento, teria hoje ainda uma apreciável rentabilidade

12 Os fins da ADIPIB O objectivo da ADIPIB é o de apoiar a cultura do investidor português criando transparência, confiança e conhecimento sobre instrumentos financeiros em geral e sobre os mercados bolsistas em particular.

13 Os objectivos da ADIPIB Garantir mais e melhor informação e assegurar uma adequada defesa dos interesses minoritários, Incentivar um sistema que assuma uma preocupação por boas práticas de governo de empresa, incluindo a responsabilização de quem gere uma empresa em relação a todos os seus accionistas

14 Os objectivos da ADIPIB Combater a falta de confiança na nossa praça resultante da falta de formação. Garantir uma transparência e ética total nos procedimentos Reforçar os hábitos de poupança portugueses para investimentos regulares.

15 As actividades previstas Apoio aos investidores Representação em assembleia geral Execução dos direitos de voto Reports anuais das assembleias gerais Serviço anual de informação Apoio em questões legais

16 As actividades previstas Organização de apresentações Apresentações onde os nossos associados podem entrar em discurso directo com a Administração das empresas. Plataforma para apresentações de empresas não cotadas em Bolsa Associados beneficiam assim de informação em primeira mão

17 As actividades previstas Eventos Seminários e workshops sobre os vários tipos de investimento Conferências de mercado de capitais Descontos Condições especiais na compra de diversos jornais e revistas Portugueses.

18 Risco virtual - Beat the Market Para começar a aprender sem risco Cooperação com o jogo Beat the Market Criação da Liga ADIPIB, com início a 01 de Julho e final a 31 de Dezembro Prémios aliciantes (por exemplo 1º prémio sendo uma viagem a Frankfurt para 2 pessoas incluíndo visita aos bastidores da Bolsa de valores, entre outros)

19 Tornar-se associado Qualquer pessoa singular ou colectiva interessada pode associar- se na ADIPIB mediante aprovação da Direcção e pagamento da taxa anual. Taxa anual Pessoa singulares Euros Pessoa colectivas Euros

20 Contactos ADIPIB Associação de Defesa dos Interesses do Pequeno Investidor em Bolsa Avenida da Holanda Estoril Portugal Telefone:


Carregar ppt "Sobre a importância dos investidores privados para a economia Investir em Bolsa em Portugal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google