A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução à Sintaxe Espacial Prof. Renato T. de Saboya PosArq - UFSC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução à Sintaxe Espacial Prof. Renato T. de Saboya PosArq - UFSC."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução à Sintaxe Espacial Prof. Renato T. de Saboya PosArq - UFSC

2 Sintaxe 1.Parte da gramática que estuda a disposição das palavras na frase e a das frases no discurso, bem como a relação lógica das frases entre si; Definição preliminar

3 Sintaxe Espacial: Conjunto de teorias e ferramentas que dão origem a um conjunto de modelos interpretativos de fenômenos sócio-espaciais.Conjunto de teorias e ferramentas que dão origem a um conjunto de modelos interpretativos de fenômenos sócio-espaciais. (Hillier; Vaughan, 2007) Definição preliminar

4 Bill Hillier e Julienne Hanson Bartlett - University College London Livro The social logic of space 1984Origens

5 De lá para cá a teoria da sintaxe espacial espalhou-se pelo mundo em vários centros de pesquisaDe lá para cá a teoria da sintaxe espacial espalhou-se pelo mundo em vários centros de pesquisa No Brasil, os centros de maior destaque são Brasília, Recife e Porto Alegre.No Brasil, os centros de maior destaque são Brasília, Recife e Porto Alegre.Origens

6 Fundamentos teóricos

7 Questões fundamentais: Qual a relação entre sociedade e espaço?Qual a relação entre sociedade e espaço? Como características e ações locais geram padrões globais?Como características e ações locais geram padrões globais? Fundamentos teóricos

8 Formações sociais exigem determinados tipos de ordem espacial; Ordens espaciais exigem determinados tipos de formações sociais; Fundamentos teóricos

9 Sociedades assumem formas espaciais que: Organizam as pessoas no espaço;Organizam as pessoas no espaço; Localizam-nas em relação umas às outras, com maior agregação ou separação;Localizam-nas em relação umas às outras, com maior agregação ou separação; Fundamentos teóricos

10 Cria padrões de movimento e de encontros, que podem ser densos ou esparsos, entre os diferentes grupos sociais.Cria padrões de movimento e de encontros, que podem ser densos ou esparsos, entre os diferentes grupos sociais. Fundamentos teóricos

11

12

13

14

15 Campo Grande - MS

16 Siena - Itália

17 Brasília – DF

18 Houston - EUA

19 O espaço é intrínseco às atividades humanas; Há uma lógica ou influência geométrica. Fundamentos teóricos

20 As pessoas movem-se em linhas: Fundamentos teóricos

21 Interagem em espaços convexos: Fundamentos teóricos

22 Possuem campos de visão mutáveis à medida que se deslocam: Fundamentos teóricos

23 O espaço humano não é individual, mas relacional. Conceito de configuração: conjunto de relações existentes simultaneamento entre os espaços de uma cidade. Fundamentos teóricos

24 Modelo descritivo

25 Desafio inicial: descrever o objeto de estudo Que variáveis devem ser levadas em consideração? Como representá-las? Modelo descritivo

26 Como representar o espaço, que é contínuo?

27 Espaços convexos: Espaços em que, de todos os pontos, é possível visualizar todos os outros pontos.

28 Convexos Modelo descritivo Não- Convexos

29 Mapa de espaços convexos

30 Mapa de linhas axiais Conjunto do menor número das maiores linhas capazes de cruzar todos os espaços convexos e conectar-se entre si.

31 Mapa de linhas axiais Conjunto do menor número das maiores linhas capazes de cruzar todos os espaços convexos e conectar-se entre si.

32 Isovista Polígono que incorpora toda a área visível a partir de uma determinada localização.

33 Grafos Diagrama composto de pontos, alguns dos quais são ligados entre si por linhas, usado para representar graficamente conjuntos de elementos inter-relacionados. Modelo descritivo

34 Linhas axiais Grafos

35 Modelo descritivo Linhas axiais Grafos

36 Modelo descritivo Linhas axiais Grafos

37 Modelo descritivo

38 Medidas básicas

39 Profundidade Central para a teoria da Sintaxe Espacial é a noção de profundidade. Esta, por sua vez, está associada à noção de passo topológico. Medidas básicas

40 Mesma configuração – diferentes pontos de vista Medidas básicas

41 Profundidade

42 Profundidade Naufragados

43 Espaços mais profundos são ditos segregados; Espaços mais rasos são ditos integrados. Medidas básicas

44 Profundidade - configuração

45 Medidas básicas Integração - segregação

46

47 Interpretação e estudo Conectividade8

48 Conectividade4

49 Conectividade18

50 Controle 1 1 0,33 2,33

51 Núcleo integrador Relações moradores e estranhos Segurança – ocorrência de crimes Probabilidade de encontros

52

53 Integração x segregação

54 Interpretação e estudo Correlações: AcessibilidadeAcessibilidade Uso do soloUso do solo Movimento de pedestresMovimento de pedestres Movimento de veículosMovimento de veículos LegibilidadeLegibilidade Valor do soloValor do solo

55 Correlação Integração x Mov. de pedestres

56

57

58 Material bibliográfico

59 arq.br/ead/

60

61

62

63

64


Carregar ppt "Introdução à Sintaxe Espacial Prof. Renato T. de Saboya PosArq - UFSC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google