A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de Práticas Integrativas e Complementares Subsecretaria de Promoção Atenção Primária e Vigilância em Saúde Superintendência de Atenção Primária.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de Práticas Integrativas e Complementares Subsecretaria de Promoção Atenção Primária e Vigilância em Saúde Superintendência de Atenção Primária."— Transcrição da apresentação:

1 Programa de Práticas Integrativas e Complementares Subsecretaria de Promoção Atenção Primária e Vigilância em Saúde Superintendência de Atenção Primária Coordenação de Linha de Cuidado e Programas Especiais São consideradas práticas terapêuticas que buscam o equilíbrio da mente e do corpo, valorizando o ser humano como um todo. Essas práticas abrangem ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde para todas as faixas etárias. Programa de Plantas Medicinais e Fitoterapia Programa de H0meopatia Programa de Medicina Tradicional Chinesa (MTC) : Acupuntura e Auriculoterapia Práticas corporais : Ginástica Oriental: Lian Gong,Tai Chi Chuan, Pa Tuan Ching (Exercícios terapêuticos chineses) Massagens: Reflexologia Podal, Do-In, Shiatsuterapia, Shantala,Tuiná.

2 Estudo de casos Sr. Ramon (52 anos) É fumante há 20 anos ele soube pela ACS do Grupo para Tratamento para Tabagismo da unidade e se inscreveu e vai convidar o filho Robson de 18 anos. No grupo agora tem também Auriculoterapia, complementando o tratamento. Ele tem em seu quintal uma horta de plantas medicinaisque ganha dos vizinhos, toma chá de boldo com carqueja todos os dias,pois acha que sofre do fígado e ainda faz uso da Garrafada 7 Ervas que comprou na feira. A Enfermeira o encaminhou para o Grupo de Usuários em Plantas Medicinais onde ele irá aprender como cultivar e fazer uso das plantas medicinais com eficácia e segurança (oficina de cultivo de plantas medicinais, promoção de saúde e geração de renda). Ele relatou que está muito preocupado e nervoso com a situação dos filhos, se aborrece e a pressão sobe, sente dor de cabeça, foi então orientado a participar do Grupo de Auriculoterapia.

3 Foi encaminhado ao médico para tratar de ferida no maléolo, de rachaduras nos pés e orientado pelo enfermeiro que não poderia nesse momento ser incluído no grupo de Reflexologia Podal pois é contra-indicado, então foi orientado que assim que ficar curado poderá integrar este grupo,pois é muito importante que ele examine seus pés todos os dias e aprenda a massageá-los, evitando lesões futuras. Foi incentivado também após a finalização desses tratamentos a participar do Grupo de Caminhada que ocorre toda 4ª e 6ª feira na unidade e assim pode também controlar a pressão arterial, conhecer outras pessoas, trocar idéias e aos poucos adquirir novos hábitos e melhorar seu estado físico.

4 D. Rafaela (45 anos) Relatou que está muito estressada com tantos problemas pessoais, cada vez comendo mais e engordando. Anda sem paciência com as crianças e dormindo mal. Diante dessas queixas foi encaminhada para fazer reflexologia podal, auriculoterapia para obesidade e estimulada a participar de alguma prática corporal, Lian Gong, Pa Tuan Ching, Tai Chi Chuan ou caminhada. Na próxima semana fazer uma Oficina de Shantala, vai levar Roberto,seu filho de 1 ano... muito agitado, dorme mal... Essa será uma ótima oportunidade dela proporcionar um momento de carinho entre os dois.

5 Ela também faz uso errado das plantas medicinais, em todas as gestações tomou muitos chás para enjôo. Os parentes diziam para ela que era bom (na sua terra toda mulher toma). Sempre fez e deu xarope de ervas com mel para as crianças,desde que tinham 2 anos. Atualmente faz alguns xaropes de ervas que colhe no quintal até para os filhos dos vizinhos quando ficam gripados,o que lhe rende uns trocados. Foi orientada a participar, ela e a filha Roberta de 16 anos,do Grupo de Usuários em Plantas Medicinais,pois além de aprender sobre o uso correto das plantas medicinais, ainda fariam artesanato : sachês, velas aromáticas, sabonetes medicinais e gerar renda para a família. É importante que mãe e filha estejam juntas num grupo compartilhando conhecimento e estreitando laços, principalmente neste período difícil para a adolescente.

6 Adolescente gestante Ela contou à enfermeira do Grupo de Gestantes que parou de estudar, não tem condições de criar a criança sozinha e que vai dá-la assim que nascer. Ela foi estimulada a participar de uma Oficina de Shantala, massagem indiana feita em bebês, que serve para o desenvolvimento psicomotor, reduz cólicas, agitação, insônia, melhora o relacionamento mãe-filho. Nas oficinas são usados bonecos, música, mensagens e uma ambiência que pode sensibilizar a futura mãe. Foi inscrita no Grupo de Usuário em Plantas Medicinais. Nos encontros ela pode aprender a fazer as lembrancinhas do bebê (sache aromático) e outros artesanatos (Oficina de Geração de Renda) e participar das oficinas de promoção da saúde.

7 Reinaldo (5 anos) Extremamente agitado, apresentava manchas roxas de quedas nas pernas. A mãe foi orientada a não dar para a criança chá de arnica, pois é tóxico para o fígado além de ser uma planta indicada apenas para uso externo. Como também apresentava tosse sem febre à 3 dias foi receitado o Xarope de Guaco. Para as crianças Reinaldo e Roberto que estão com pediculose e escabiose prescreveu a loção antiparasitária, medicamento fitoterápico composto de Arruda, Melão de São Caetano e Boldo, sendo informados os cuidados na utilização da mesma. Rubens de 12 anos terá que ter alta do tratamento para ser inserido em algum grupo.


Carregar ppt "Programa de Práticas Integrativas e Complementares Subsecretaria de Promoção Atenção Primária e Vigilância em Saúde Superintendência de Atenção Primária."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google