A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Adriano Cavalcante.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Adriano Cavalcante."— Transcrição da apresentação:

1

2 ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Adriano Cavalcante

3 Conceitos básicos e componentes (dados, informação, conhecimento, sabedoria) Introdução a TI (hardware, software, e periféricos; telecomunicações, redes e internet) Visão geral de Banco de Dados e suas aplicações (Data Warehouse, Data Mining, etc.) * Sistemas de Informação Introdução ao Sistemas de Informação (sistemas e processos) Sistemas empresariais básicos (Produção, Marketing, Finanças e RH) Como as empresas usam os Sistemas de Informação Solução de problemas com Sistemas de Informação Sistemas de Informação: desafios e oportunidades (Reengenharia, Workflow, EDI, etc.) * Aplicações dos Sistemas de Informação (visão geral) Sistemas de suporte gerencial e apoio à decisão (ERP, CRM, Comércio Eletrônico, BI, etc.) Sistemas de gestão do conhecimento (E-Learning, Intranet, Extranet, IA, etc.) Introdução à segurança e privacidade nos Sistemas de Informação Impactos éticos e sociais em Sistemas de Informação PROGRAMA

4 Material exposto em Administração de Sistemas de Informação - ANTONIO VICO MANAS Administração de Sistemas de Informação e a Gestão do Conhecimento - Rosini, Alessandro Marco; Palmisano, Angelo Administração de Sistemas de Informação PEDRO LUIZ CORTES Administração de Sistemas de Informação IVO SOARES MELO MATERIAL

5 Tecnologia – a razão e a capacidade do homem em resolver problemas na qual ele utiliza-se de meios por eles criado para facilitar a resolução dos mesmos, ou seja inventa algo para ajudar a resolver outras coisas Tecnologia da Informação (TI) – Conjunto de recursos tecnológicos e computacionais para geração, uso e disseminação da informação Sistema – Conjunto de elementos ou componentes que interagem para atingir determinados objetivos CONCEITOS BÁSICOS

6 - Objetivo - Entradas - Processador - Saídas - Mecanismos de controle (Feedback) Objetivo É a finalidade para qual o sistema existe. Entradas É tudo aquilo que o sistema necessita para funcionar. É a energia que entra no sistema: materiais e insumos, pessoal, conhecimento tecnológico, equipamentos, informações, etc. SISTEMA - ELEMENTOS

7 Processador É a parte do sistema responsável pela transformação das entradas em resultados Saídas São os resultados do processo de transformação das entradas. É importante não confundir as saídas com os objetivos do sistema. As saídas são o meio pelo qual o sistema atinge seus objetivos. Mecanismos de controle (Feedback) Constituem-se na confrontação das saídas do sistema com padrões previamente estabelecidos. SISTEMA - ELEMENTOS

8 Sistema de Informação É uma série de elementos ou componentes inter- relacionados que coletam, armazenam e manipulam dados, transformando-os em informações que serão disseminadas afim de fornecer suporte à tomada de decisão, coordenação, controle, análise e visualização em um organização. Devem apoiar as estratégias e processos empresariais e as estruturas e cultura organizacionais para aumentar o valor dos negócios em um ambiente dinâmico. SISTEMA DE INFORMAÇÃO

9 O administrador pode saber, em tempo real, a posição de seu estoque de produtos acabados, o valor de venda de determinado produto, a posição do fluxo de caixa, quais são seus devedores, quanto eles devem, qual a previsão dos pagamentos, e decidir em tempo real. SISTEMA DE INFORMAÇÃO

10 - Maior eficiência, produtividade e segurança. - Aperfeiçoamento das comunicações. - Carga de trabalho reduzida, custos reduzidos. - Maior precisão, menos erros. - Maior e melhor controle sobre as operações. - Decisões melhores com base em informação de qualidade, mais oportunidades. - Vantagens competitivas : melhor serviço, melhor qualidade. - Valor agregado aos produtos (bens e serviços) SI - BENEFÍCIOS

11 - Papéis fundamentais dos sistemas de informação em organizações Suporte de seus processos e operações: registro de vendas, administração de estoque,... Suporte na tomada de decisões de funcionários e gerentes Suporte em suas estratégias em busca de vantagem competitiva SI - FUNÇÕES

12 Um sistema de informação pode ser manual ou informatizado; A grande maioria dos Sistemas de Informação começa de forma manual, para desenvolver o processo e depois ser informatizado; A vantagem de um Sistema de Informação Informatizado é a facilidade de armazenamento e recuperação dos dados, a rapidez no processamento e, consequentemente, o fornecimento de forma rápida e efetiva das informações para a gerência; A informatização de um Sistema de Informação não garante a melhoria da sua efetividade. Se o sistema de origem apresentava defeitos, a sua informatização, somente, irá aumentar o impacto destas falhas; Organizar para depois informatizar SI - FUNÇÕES

13 SI INFORMATIZADO HARDWARE PESSOAS BANCO DE DADOS SOFTWARE PROCEDIMENTOS REDE

14 Razões para o Sucesso Envolvimento do usuário Apoio da administração executiva Declaração clara de requisitos Planejamento adequado Expectativas realistas Razões para o Fracasso Falta de contribuição do usuário Falta de apoio executivo Requisitos e especificações incompletos Mudanças de requisitos e especificações Incompetência tecnológica SI - PROJETO

15 DADO PROCESSAMENTO INFORMAÇÃO TEORIA DA INFORMAÇÃO

16 DADOINFORMAÇÃO ALTO NÍVEL HORA DE ENTRADA E SAÍDA CARGA HORÁRIA ABSENTEÍSMO CUSTO M-O PREÇOS DOS ITENS PREÇOS MÉDIOS EVOLUÇÃO DOS PREÇOS MEDIÇÃO EM KWCONSUMO MENSAL X TARIFA CAPACIDADE GERAÇÃO TEORIA DA INFORMAÇÃO

17

18 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Processo de decisão sobre os objetivos da organização, mudanças a serem feitas nesses objetivos, recursos utilizados para atingir esses objetivos, políticas que devem reger a aquisição, o uso e a disposição desses recursos. HIERARQUIA DA INFORMAÇÃO

19 CONTROLE ADMINISTRATIVO Processo pelo qual os gerentes se asseguram que os recursos são obtidos e usados efetiva e eficientemente na consecução dos objetivos da organização. CONTROLE DAS OPERAÇÕES Processo para assegurar que as tarefas específicas são executadas efetiva e eficientemente. TEORIA DA INFORMAÇÃO HIERARQUIA DA INFORMAÇÃO

20 são os procedimentos, as metodologias, a organização e os elementos de informática necessários para inserir e recuperar dados selecionados objetivando a operação e a gestão de uma companhia. TEORIA DA INFORMAÇÃO MIS - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA A ADMINISTRAÇÃO

21 CARACTERÍSTICAS Transformam dados operacionais em informações administrativas; Informações que serão utilizadas pela Administração da Organização; Informações usadas e desejadas por uma organização no desenvolvimento dos seus objetivos. TEORIA DA INFORMAÇÃO MIS - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA A ADMINISTRAÇÃO

22 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO Rentabilidade Desempenho Áreas de Aplicação Satisfação dos Usuários Utilização Generalizada TEORIA DA INFORMAÇÃO MIS - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA A ADMINISTRAÇÃO

23 PREVISÃO relação de tarefas a serem realizadas PROGRAMA relação de tarefas previstas com suas interdependências e durações EXECUÇÃO tarefas, com ênfase na duração COORDENAÇÃO recebimento de informações e comando na execução de tarefas CONTROLE feedback para o replanejamento de tarefas. ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO OS 5 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA ADMINISTRAÇÃO

24 Conjunto de técnicas e ferramentas usadas no planejamento, processamento, controle e na transmissão de informações. ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

25 PLANEJAMENTO ORGWARE PEOPLEWARE SOFTWARE HARDWARE ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO

26 APOIO DA ALTA GERÊNCIA ALINHAMENTO ESTRATÉGICO PROCESSO DE PRIORITIZAÇÃO PROCESSO DE ESTIMATIVA ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO PLANEJAMENTO

27 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL CENTRALIZAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO TERCEIRIZAÇÃO PACOTES EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA ESTRUTURA DE PODER E INTERNET ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO ORGWARE

28 EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA RELAÇÕES TRABALHISTAS RELAÇÕES TRABALHISTAS RENOVAÇÃO DOS QUADROS RENOVAÇÃO DOS QUADROS CULTURA ORGANIZACIONAL CULTURA ORGANIZACIONAL ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO PEOPLEWAREWARE

29 GLOBALIZAÇÃO visão, mercado, concorrência, produção, investimentos, economia, problemas e soluções VOLATILIDADE e COMPRESSÃO CLIENTE CUSTOS RISCOS e ÉTICA ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO TENDÊNCIAS NO NOVO AMBIENTE DE NOGÓCIOS

30 ECONOMIA NACIONALECONOMIA GLOBAL ECONOMIA INDUSTRIALECONOMIA DA INFORMAÇÃO ECONOMIAS ISOLADASBLOCOS ECONÔMICOS FRONTEIRAS FÍSICASFRONTEIRAS DIGITAIS MERCADOS DOMÉSTICOSMERCADOS GLOBAIS AUTOSUFICIÊNCIAINTERDEPENDÊNCIA ESTATIZAÇÃOPRIVATIZAÇÃO ORGANIZAÇÕES FÍSICASORG LÓGICAS E VIRTUAIS ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO FORÇAS DE TRANFORMAÇÃO

31 ADMINISTRAÇÃO E INFORMAÇÃO INFORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-ECONÔMICO RESERVA DE LEITOS HOSPITALARES, MARCAÇÃO DE CONSULTAS POLÍTICO SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GOVERNAMENTAIS ATENDIMENTO A RECLAMAÇÕES CULTURAL CAD & CAM NA RECONSTRUÇÃO DE BERLIM TÉCNICO E CIENTÍFICO

32 VANTAGEM COMPETIVIVA FORÇAS COMPETITIVAS ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS –ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO –ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS RECONFIGURAÇÃO DA CADEIA DE VALOR

33 CONCORRENTES NA INDÚSTRIA ENTRANTES POTENCIAIS COMPRADORES FORNECEDORES SERVIÇOS E PRODUTOS SUBSTITUTOS Michael Porter VANTAGEM COMPETIVIVA FORÇAS COMPETITIVAS

34 VANTAGEM COMPETIVIVA FORÇAS COMPETITIVAS FORNECEDORES Poder de barganha pela ameaça de elevação dos preços, diminuição da qualidade, alteração de prazos de fornecimento, etc. ENTRANTES POTENCIAIS Novas empresas que entram no ramo de negócio objetivando ganhar parcelas de mercado, implicando na diminuição da rentabilidade dos já atuantes. COMPRADORES Poder de barganha forçando a baixa de preços, a melhoria da qualidade dos produtos e serviços.

35 SUBSTITUTOS Empresas que fabricam produtos ou geram serviços substitutos. A lucratividade pode ser reduzida a medida que o produto substituto ofereça preços mais atraentes e/ou melhor qualidade; CONCORRENTES Disputa por parcelas de mercado, através de concorrência de preços,adição de valor a produtos e serviços, etc. VANTAGEM COMPETIVIVA FORÇAS COMPETITIVAS

36 A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA NEUTRALIZAR AS FORÇAS COMPETITIVAS VANTAGEM COMPETIVIVA FORÇAS COMPETITIVAS

37 VANTAGEM COMPETIVIVA FORÇAS COMPETITIVAS INDÚSTRIA: TELEPIZZA BARREIRAS DE ENTRADA Identidade de marca Economia de escala Acesso à distribuição AMEAÇAS Fornecedores Compradores Substitutos Concorrentes

38 BD de clientes agiliza atendimento telefônico e evita telefonemas de confirmação; GIS para selecionar melhor caminho e lotes para entrega VANTAGEM COMPETIVIVA FORÇAS COMPETITIVAS COMO A TI PODE APOIAR A INDUSTRIA DA TELEPIZZA CONTRA AS FORÇAS COMPETITIVAS


Carregar ppt "ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Adriano Cavalcante."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google