A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sumário: 1.Introdução 2.Processos 2.1 Como foram executados 3. Conclusão 4. Bibliografia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sumário: 1.Introdução 2.Processos 2.1 Como foram executados 3. Conclusão 4. Bibliografia."— Transcrição da apresentação:

1

2 Sumário: 1.Introdução 2.Processos 2.1 Como foram executados 3. Conclusão 4. Bibliografia

3 Introdução O nosso trabalho foi realizado no laboratório e no local onde fomos apanhar os sedimentos (Rio Tejo). O Rio Tejo é o rio mais extenso da Península Ibérica. Nasce em Espanha - onde é conhecido como Tajo, e desagua no Oceano Atlântico. Este trabalho tem como objectivo, segundo os macroinvertebrados bentónicos que conseguimos recolher, permitir a avaliação da qualidade ecológica da água do rio de onde recolhemos os macroinvertebrados. O que são os macroinvertebrados? Os macroinvertebrados são animais invertebrados visíveis a olho nu. Habitam no fundo dos rios, debaixo de pedras, nos caules de plantas aquáticas, e são uma importante fonte de alimento para os peixes. Estes organismos são os mais abundantes nos rios e incluem vários grupos de animais, como anelídeos, crustáceos, moluscos, sendo os insectos os mais representados.

4 Processos O material utilizado no laboratório e na saída de campo foi o seguinte: Rio: Recolher a amostra de sedimento de zona submersa (cerca de 1l) Colocar num saco de plástico Preencher uma ficha sobre o local onde apanhamos os sedimentos Laboratório: Colocar a amostra no peneiro lavando abundantemente Transferir a totalidade do sedimento lavado para um tabuleiro Recolher e separar os macroinvertebrados do sedimento Transferir os macroinvertebrados para frascos próprios Analisar à lupa binocular os sedimentos Separar e identificar os grandes grupos Preenche a ficha de índice BMWP

5 Como foram executados 1-Captação de sedimentos Neste processo o saco de plástico é colocado contra a corrente fazendo entrar os sedimentos dentro do saco. 2-Tratamento das amostras - No local de amostragem realizar-se-á uma primeira separação dos materiais inorgânicos de maior dimensão(peneiraçao) relativamente ao conjunto de invertebrados e materiais orgânicos/inorgânicos de dimensões inferiores. Posteriormente, os macroinvertebrados serão colocados no interior de fracos de vidro/caixas de petrix e adicionado álcool a 100%para a sua conservação. Todos os frascos foram ser devidamente etiquetados. 3-Separaçao-Respectiva separação dos macroinvertebrados por grandes grupos (Ordens), no sentido de facilitar a sua posterior identificação. 4-Indentificaçao- identificação dos organismos até ao nível taxonómico de família e/ou género, mediante o uso de lupas binoculares. 5-Identificalao-A identificação foi feita recorrendo a bibliografia especializada, nomeadamente chaves dicotómicas apropriadas. A contagem e a identificação dos macroinvertebrados foi contada numa tabela.

6 Conclusão Pelo que conseguimos apurar pela análise dos macro-invertebrados bentónicos a zona do rio Tejo é extremamente poluída. Pela analise do gráfico com um total de 3, a água do rio é extremamente poluída

7 Bibliografia Pesquisa sobre: Rio Tejo macroinvertebrados Documentos colocados pela professora

8 Trabalho realizado por: Bárbara Júlio nº1394 Carolina Soromenho nº1449 Joana Vieira nº4305 Beatriz Chagas nº4310

9

10


Carregar ppt "Sumário: 1.Introdução 2.Processos 2.1 Como foram executados 3. Conclusão 4. Bibliografia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google