A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ELEMENTOS BÁSICOS PARA A PRODUÇÃO EDITORIAL DE UM JORNAL IMPRESSO Ulisses Rodrigues de Paula

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ELEMENTOS BÁSICOS PARA A PRODUÇÃO EDITORIAL DE UM JORNAL IMPRESSO Ulisses Rodrigues de Paula"— Transcrição da apresentação:

1 ELEMENTOS BÁSICOS PARA A PRODUÇÃO EDITORIAL DE UM JORNAL IMPRESSO Ulisses Rodrigues de Paula

2 TIPOLOGIA

3 A Hastes serifas TIPO COM SERIFAS Times New Roman

4 A Hastes Ausência de serifas TIPO SEM SERIFAS – (BASTONADAS) Arial Narow

5 TIPOLOGIA – FAMÍLIA: LAPIDÁRIA LAPIDÁRIA Alemanha, século XIX É um tipo sem serifa, limpo e angular. Há uma breve ausência de classicismo pela ausência de serifas e contraste nas hastes. Um exemplo dos mais comuns é a Fonte da família ARIAL. Utilização: Impressos publicitários e apresentações multimídia em suportes eletrônicos não impressos. Outros exemplos: Helvetica, Univers, Futura, Franklin Gothic.

6 TIPOLOGIA - FAMÍLIA: EGÍPCIA EGIPICIA Inglaterra, século XIX Hastes uniformes e serifas que formam retângulos na mesma proporção das hastes. Menos legível que outros tipos devido a força nas hastes e nas serifas.

7 TIPOLOGIA - FAMÍLIA: ROMANA ANTIGA ROMANA ANTIGA França, século XVI É o mais legível dos caracteres por apresentar na sua estrutura contraste entre as hastes e serifas nas extremidades guiando os olhos do leitor proporcionando um descanso visual.

8 TIPOLOGIA - FAMÍLIA: ROMANA MODERNA ROMANA MODERNA Italia, século XVIII Inspirada no alfabeto grego que usava traços no final das hastes das letras para alinhá-los. Suas serifas retilíneas e suas hastes fortemente contrastadas proporcionam beleza e distinção. Embora de leitura agradável, são frágeis devido ao forte contraste das hastes.

9 TIPOLOGIA - FAMÍLIA: CURSIVA CURSIVA Suas hastes e serifas apresentam formas livres. Dividem-se em três ramificações: os Góticos, os Manuscritos e os Fantasias. Utilização: destaques em produções gráficas.

10 LEGIBILIDADE – IDENTIDADE - ESCOLHA INADEQUADA DO TIPO

11

12 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: - Retrancas - Caixa ou Mancha - Corpo de texto - Títulos Subtítulos Antetítulos (chapéus) Intertítulos Olhos - Fotos - Arte Infográficos Charges Ilustrações -Vinhetas - Boxes - Fios - Cabeçalho e Rodapé -Colunagem - Cor - Espaçamento - Fontes tipográficas - Créditos

13 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Mancha: é o espaço da página onde é definida a largura das colunas, corpo e entrelinhamento. Os críticos do perigo representado pelo aquecimento global decidiram contra-atacar nos Estados Unidos, com uma campanha publicitária na TV, acusando os ecologistas e alguns cientistas de puro alarmismo. Essa ofensiva coincide com o lançamento, em breve, do documentário "An inconvenient truth" (uma verdade inconveniente, em português), no qual o ex-vice- presidente democrata Al Gore alerta para os riscos provocados pelo aquecimento do planeta por causa das emissões de gases poluentes, como o dióxido de carbono (CO2) produzido pela combustão dos hidrocarbonetos e do carvão. Os autores da propaganda hostil aos ecologistas defendem, ao insistindo "nos Os críticos do perigo representado pelo aquecimento global decidiram contra- atacar nos Estados Unidos, com uma campanha publicitária na TV, acusando os ecologistas e alguns cientistas de puro alarmismo. Essa ofensiva coincide com o Os críticos do perigo representado pelo aquecimento global decidiram contra- atacar nos Estados Unidos, com uma campanha publicitária na TV, acusando os ecologistas e alguns cientistas de puro alarmismo. Essa ofensiva coincide com o lançamento, em breve, do documentário "An inconvenient truth" (uma verdade inconveniente, em português), no qual o ex-vice-presidente democrata Al Gore alerta para os riscos provocados pelo aquecimento do planeta por causa das emissões de gases poluentes, como o dióxido de carbono (CO2) produzido pela combustão dos hidrocarbonetos e do carvão. Os autores da propaganda hostil aos ecologistas defendem, ao contrário, os benefícios econômicos dos combustíveis fósseis, insistindo "nos benefícios freqüentemente esquecidos da produção de energia que origina CO2", como os transportes, aquecimento, iluminação e uma melhora geral da qualidade de vida. Os críticos do perigo representado pelo aquecimento global decidiram contra- atacar nos Estados Unidos, com uma campanha publicitária na TV, acusando os ecologistas e alguns cientistas de puro alarmismo.

14 A altura ideal para uma letra, está diretamente relacionado à faixa etária a qual se destina o produto editorial (no caso do jornal o corpo de texto usual é o de 12 pontos = uma paica): menores de 7 anos, corpo 24; de 7 a 8, corpo 18; de 8 a 9 anos, corpo 16; de 9 a 10 anos, corpo 14; de 10 a 11 anos, corpo 12; e a partir de 12 anos, corpo 10. O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Corpo de texto (altura a ser utilizada)

15 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Colunagem: Distribui o texto em colunas verticais de tamanho regular, espaçadas e válidas para encaixar os elementos.

16 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Olho Inseridos no meio da massa de texto, entre colunas, ressalta trechos; são muito utilizados em entrevistas.

17 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Títulos Título da matéria Antetítulo (chapéu) complementa a informação do título Vinheta (mini título que marca o tema ou assunto recorrente) Olho Intertítulo Retranca

18 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Títulos Intertítulo Antetítulo (chapéu) Título da matéria Vinheta

19 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Títulos Subtítulo

20 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Fotos: vêm sempre acompanhadas de legenda descritiva e do crédito para o fotógrafo.

21 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Artes Infográfico: mapas, gráficos estatísticos, seqüenciais e esquemas visuais. Sempre citar fonte e data

22 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Artes Charges (desenhos geralmente satíricos de políticos e personagens que estão em evidência)

23 O JORNAL IMPRESSO Os elementos do design do jornal impresso: Box: é um espaço graficamente delimitado que pode incluir em seu espaço textos, gráficos, charges, fotos, etc.

24 ZONAS DE VIZUALIZAÇÃO DE UMA PÁGINA IMPRESSA – Zona primária 2 – zona secundária 3 – Zona morta 4 – Zona morta 5 – Centro ótico 6 – Centro geométrico 6 2

25 COMPOSIÇÃO SIMÉTRICA Pesos da massa do Layout equilibrados através de uma linha imaginária que atravessa o centro geométrico perpendicular dividindo os elementos em pesos iguais. A composição terá uma fisionomia: ponderada serena estática séria

26 COMPOSIÇÃO ASSIMÉTRICA A composição assimétrica, também conhecida como composição livre, informal, traduz uma quebra de monotonia existente na composição simétrica. Características: contraste dinâmica força de ilustração e caracteres variação tonal

27 Para os jornais, há dois tamanhos fundamentais de páginas: Standard: 29,7 cm x 54 cm Tablóide: 24,8cm x 29,7 cm (metade do tamanho do standard; geralmente (mas não necessariamente) são jornais populares que utilizam profusão de recursos gráficos, pouco texto e muitas fotos. TAMANHO DAS PUBLICAÇÕES

28 Standard: 29,7 cm x 54 cm Tablóide: 24,8cm x 29,7 cm Centro ótico Pouco destaque

29 muito destaque Pouca legibilidade

30 FASE DE CRIAÇÃO Um produto editorial deve ser resultante da parceria entre editores de texto e de arte, juntamente com o marketing. 1º Passo para a elaboração de um produto editorial é definir qual é a proposta de sua utilização: Para que ele vem. Isto posto, devemos ter claro seu público-alvo. Após definirmos o por que e o para quem, já temos os elementos necessários para escolhermos a sua melhor estrutura. O JORNAL IMPRESSO Lembrar dos 4 ps Produto: características, segmento, design, tamanhos. Praça ou ponto de venda: canais de distribuição Preço Promoção: marketing, propaganda

31 O físico de um produto Após pesquisar bem o mercado do produto, é chegada a hora da dupla de criação (editores de texto e de arte) começar a trabalhar. O público alvo deve ser respeitado. Coerência: público sofisticado X impressão de baixa qualidade público popular X produto de custo elevado O JORNAL IMPRESSO

32 Softwares de Produção Editorial Diagramação: Pagemaker– R$ 1.458,35 Indesign– R$ 2.445,20 Desenhos: CorelDraw– R$ 1.125,00 Illustrator– R$ 1.809,23 Imagens: Photoshop– R$ 1.861,86 Opções Gratuitas para Linux Diagramação: Scribus Desenhos: Inkscape Imagens: Gimp Sistema Windows ou OS 10 Data: 23/05/2006

33 SITE

34 ARAÚJO, Emanuel. A construção do livro: princípios da técnica de editoração, Rio de Janeiro: Nova Fronteira/INL, 1986 BAER, Lorenzo - Produção Gráfica, São Paulo: Senac Editora BLANCHARD, Gérard. La Letra, Barcelona: Ediciones CEAC S.A COLLARO, Antônio Celso. Projeto Gráfico: teoria e prática da diagramação, São Paulo: Summus, 1987 COLLARO, Antônio Celso. Produção Visual e Gráfica, São Paulo: Summus, 2005 ERBOLATO, Mário L.. Jornalismo Gráfico - técnicas de produção, São Paulo: Edições Loyola, 1981 FARINA, Modesto. Psicodinâmica das Cores em Comunicação, São Paulo: Edgar Blucher, 1986 FERLAUTO, Claudio. O Tipo da Gráfica - uma continuação, São Paulo: Rosari, 2002 GUILHERME, Heitor Maria. Pequeno Dicionário de Editoração, Fortaleza: Editora UFC/FCPC GUIMARÃES, Luciano. A Cor Como Informação, São Paulo: Annablume, 2002 GUIMARÃES, Luciano. As Cores na Mídia, São Paulo: Annablume, 2003 HURLBURT, Allan. Layout - O Design da Página Impressa, São Paulo: Nobel, 2002 MC LEAN, Ruari. Manual de Tipografía, Espanha: Hermann Blume, 1987 RIBEIRO, Milton. Planejamento Visual Gráfico, Brasília: Linha Gráfica Editora, 1993 SIEBERT, Lori. Making Good Layout, North Light Books SILVA, Rafael Souza. Diagramação: o planejamento visual gráfico na comunicação impressa, São Paulo: Summus, 1985 SOUZA, Tânia Clemente. Discurso e Imagem: perspectivas de análise do não-verbal. VILCHES, Lorenzo. Teoría de la Imagen Periodística, Barcelona: Paidós, 1997 VILCHES, Lorenzo. La Lectura de la Imagen, Buenos Aires: Paidós, 1991 LIVROS

35 ELEMENTOS BÁSICOS PARA A PRODUÇÃO EDITORIAL DE UM JORNAL IMPRESSO Ulisses Rodrigues de Paula FIM


Carregar ppt "ELEMENTOS BÁSICOS PARA A PRODUÇÃO EDITORIAL DE UM JORNAL IMPRESSO Ulisses Rodrigues de Paula"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google