A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Núcleo de Pós-Graduação Elaboração da Metodologia Prof. Ms. Sérgio H. Braz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Núcleo de Pós-Graduação Elaboração da Metodologia Prof. Ms. Sérgio H. Braz."— Transcrição da apresentação:

1 Núcleo de Pós-Graduação Elaboração da Metodologia Prof. Ms. Sérgio H. Braz

2 Metodologia - objetivo Explicar como conduzir a pesquisa. Deve ser feita de tal forma, que pela sua descrição, um pesquisador competente possa reproduzir a pesquisa. Os métodos determinam a validade dos resultados obtidos através da pesquisa experimental. São questionados. São reproduzíveis.

3 Metodologia - detalhes No trabalho acadêmico não há problema com espaços, o que acontece em artigos publicados em revistas científicas. Assim sendo procure colocar todos os detalhes da metodologia, caso estes detalhes possam causar uma dificuldade na interpretação, os mesmo podem ser inseridos nos anexos ( fotos de equipamento, formulários de coleta de dados, teste, etc.).

4 Metodologia - planejamento É importante fazer uma planejamento adequado para não ter problemas futuros. De acordo com Thomas e Nelson (2002) existem dois princípios que se deve observar: Menos é mais Simples é melhor Deve tomar cuidado para não ter muitas variáveis dependentes e independentes Fazer uma estatística simples, para que se compreenda claramente os resultados e se faça uma discussão pertinente.

5 Variável Independente ou experimental – é a variável que influência, e afeta a outra variável. É o elemento manipulado pelo pesquisador, com objetivo de verificar que influencia exerce sobre o resultado Variável Dependente ou critério – é o elemento que será analisado e explicado pela influência que recebe de outras variáveis, ela é alterada a medida que o pesquisador altera a variável independente. Ela é o efeito, resultado, conseqüência ou resposta, da manipulação da variável independente Variável Interviniente – é o elemento que se coloca entre a variável independente e dependente, ela afeta o resultado, ou seja, a variável dependente, porém não pode ser controlado ou manipulada pelo pesquisador como é o caso da variável independente. Muitas vezes ela amplia, anula ou diminue a ação da variável independente sobre a dependente Metodologia - planejamento

6 Divisão Básica da Metodologia CLASSIFICAÇÃO SUJEITOS MATERIAIS E MÉTODOS PROCEDIMENTOS DELINEAMENTO E ANÁLISE DA PESQUISA

7 Classificação Do ponto de vista da natureza Pesquisa Básica: objetiva gerar conhecimentos novos úteis para o avanço da ciência sem aplicação prática prevista. Envolve verdades e interesses universais. Pesquisa Aplicada: objetiva gerar conhecimentos para aplicação prática dirigidos à solução de problemas específicos. Envolve verdades e interesses locais.

8 Do ponto de vista da forma de abordagem do problema Pesquisa Quantitativa: considera que tudo pode ser quantificável, o que significa traduzir em números opiniões e informações para classificá-las e analisá-las. Requer o uso de recursos e de técnicas estatísticas (percentagem, média, moda, mediana, desvio-padrão, coeficiente de correlação, etc.). Classificação

9 Pesquisa Qualitativa: considera que há uma relação dinâmica entre o mundo real e o sujeito, isto é, um vínculo indissociável entre o mundo objetivo e a subjetividade do sujeito que não pode ser traduzido em números. A interpretação dos fenômenos e a atribuição de significados são básicas no processo de pesquisa qualitativa. Não requer o uso de métodos e técnicas estatísticas. O ambiente natural é a fonte direta para coleta de dados e o pesquisador é o instrumento-chave. É descritiva. Os pesquisadores tendem a analisar seus dados indutivamente. O processo e seu significado são os focos principais de abordagem. É utilizado como instrumento de coleta de dados as entrevistas e filmagens Do ponto de vista da forma de abordagem do problema Classificação

10 Do ponto de vista de seus objetivos Pesquisa Exploratória: visa proporcionar maior familiaridade com o problema com vistas a torná-lo explícito ou a construir hipóteses. Envolve levantamento bibliográfico; entrevistas com pessoas que tiveram experiências práticas com o problema pesquisado; análise de exemplos que estimulem a compreensão. Classificação Pesquisa Descritiva: visa descrever as características de determinada população ou fenômeno ou o estabelecimento de relações entre variáveis. Envolve o uso de técnicas padronizadas de coleta de dados: questionário e observação sistemática.

11 Pesquisa Explicativa: visa identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos. aprofunda o conhecimento da realidade porque explica a razão, o porquê das coisas. Quando realizada nas ciências naturais, requer o uso do método experimental, e nas ciências sociais requer o uso do método observacional. Do ponto de vista de seus objetivos Classificação

12 Do ponto de vista dos procedimentos técnicos Pesquisa Bibliográfica: quando elaborada a partir de material já publicado, constituído principalmente de livros, artigos de periódicos e atualmente com material disponibilizado na Internet. Pesquisa Documental: quando elaborada a partir de materiais que não receberam tratamento analítico. Pesquisa Experimental: quando se determina um objeto de estudo, selecionam-se as variáveis que seriam capazes de influenciá-lo, definem-se as formas de controle e de observação dos efeitos que a variável produz no objeto.

13 Estudo de caso: quando envolve o estudo profundo e exaustivo de um ou poucos objetos de maneira que se permita o seu amplo e detalhado conhecimento. Pesquisa Expost-Facto: quando o experimento se realiza depois dos fatos. Classificação Do ponto de vista dos procedimentos técnicos

14 Descrição do Sujeito É onde descreve-se como e porque os sujeitos foram selecionados e quais de suas características são importantes ao estudo.

15 Descrição do Sujeito Para selecionar o sujeito evitando possíveis erros deve-se questionar: Os sujeitos têm características necessárias a pesquisa? Pode-se obter a permissão e a cooperação necessária do sujeito? Pode-se encontrar o número suficiente de sujeitos? Idade Treinado ou destreinado Experientes ou novatos Peso, altura, gordura Atletas, ciclistas nadadores

16 Descrição do Sujeito - Exemplo Para o presente estudo foram selecionadas 36 crianças do sexo masculino, entre 14 e 16 anos, aleatoriamente de um grupo de 120 alunos da ESEFM, todas com notas 9,0 ou acima em todas as disciplinas da malha curricular. Os sujeitos serão divididos em 3 (três) grupos de 12 alunos (n=12) de forma aleatória. Projeto Para o presente estudo foram selecionadas 36 crianças do sexo masculino, entre 14 e 16 anos, aleatoriamente de um grupo de 120 alunos da ESEFM, todas com notas 9,0 ou acima em todas as disciplinas da malha curricular. Os sujeitos tinha a seguinte características: Idade M= ,2 ; Altura M= 1,62 + 0,7; Notas M= 9,4 + 0,2. Os sujeitos foram divididos em 3 (três) grupos de 12 alunos (n=12) de forma aleatória. Monografia

17 Descrição dos Materiais e Métodos É onde coloca-se todas as informações relacionadas aos instrumentos a serem utilizados na pesquisa, é através deste, que se estabelece as variáveis dependentes. Para descrever os materiais e métodos evitando possíveis erros deve-se questionar: Qual a validade e confiabilidade das medidas? Qual o grau de dificuldade para obtenção destas medidas? Há um acesso aos instrumentos, testes e aparelhos utilizados? É de fácil compreensão a maneira de se aplicar ou utilizar os testes e instrumentos? Tem como avaliar o resultado obtido? É o instrumento ou método adequado para avaliar o que se pretende?

18 Descrição dos Procedimentos É onde coloca-se todas as informações relacionadas a como se empregou os materiais e métodos selecionados Para evitar possíveis erros deve-se questionar: Coleta de dados Quando? Onde? Quanto tempo é necessário? Tem estudo piloto? Como armazenar os dados? Planejamento dos procedimentos Utilizado em estudos experimentais Qual a duração? Qual a intensidade? Qual a freqüência? Como será a adesão dos sujeitos a pesquisa

19 Descrição dos Procedimentos Realize sempre um estudo piloto para evitar erros na metodologia. Há maioria dos estudos desenvolvidos perde a validade e confiabilidade em virtude de uma metodologia empregada de maneira incorreta.

20 Descrição da Análise e Delineamento O delineamento é importante para controlar os resultados da pesquisa. As variáveis independentes são manipuladas com objetivo de afetar as variáveis dependentes. Um estudo bem delineado é aquele que a explicação para as mudanças da variável dependente é o tratamento que foi dado a pesquisa ( variável independente) Explique o porque de tal aplicação estatística. Estabeleça a causa de efeito da pesquisa

21 Descrição da Análise e Delineamento EXEMPLO Foram utilizadas as seguintes técnicas da Estatística: -Descritiva, as quais possibilitam caracterizar a amostra estudada em função das variáveis selecionadas: média, desvio padrão, mínimo e máximo. - Inferencial, as quais permite comparar os grupos para as variáveis estudadas.

22 Descrição da Análise e Delineamento EXEMPLO Estatística Descritiva Foram utilizadas as seguintes técnicas da Estatística Descritiva que possibilitem caracterizar a amostra estudada em função das variáveis selecionadas: média, desvio padrão, mínimo, máximo. Estatística Inferencial Visando o teste das hipóteses, foi utilizada a técnica da Estatística Inferencial que permita: Testar as hipóteses: teste t para amostras independentes.


Carregar ppt "Núcleo de Pós-Graduação Elaboração da Metodologia Prof. Ms. Sérgio H. Braz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google