A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Desenho de Arquitectura. Mapa da Alta MNMC 2870a) Posterior a 1777 Tintas e aguadas sobre papel Altura 51 cm Esta planta é a primeira peça do conjunto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Desenho de Arquitectura. Mapa da Alta MNMC 2870a) Posterior a 1777 Tintas e aguadas sobre papel Altura 51 cm Esta planta é a primeira peça do conjunto."— Transcrição da apresentação:

1 Desenho de Arquitectura

2 Mapa da Alta MNMC 2870a) Posterior a 1777 Tintas e aguadas sobre papel Altura 51 cm Esta planta é a primeira peça do conjunto de onze desenhos que tratam a remodelação da Couraça de Lisboa e os acessos à Alta, no âmbito da Reforma Pombalina da Universidade de Coimbra ( ). A legenda é ladeada por duas figuras alegóricas: à esquerda, a Cidade de Coimbra e à direita o rio Mondego, enquadrado pelo aqueduto de S. Sebastião.

3 Laboratório Químico MNMC Tinta da china e aguadas sobre papel Altura 29,8 cm A fachada sudeste do Laboratório Químico, edificado durante a Reforma Pombalina, veio ocupar parte dos muros das antigas cozinhas do Colégio de Jesus. Este alçado denota a formação neoclássica do responsável pelas Obras da Universidade: William Elsden.

4 Escultura

5 Capitel Sereia-Peixe MNMC Séc. XII Altura 40 cm calcário Proveniente da Igreja de S. Pedro, este capitel, de grande riqueza iconográfica, apresenta um motivo típico do românico – a sereia- peixe. Inspirado num bestiário popular, de origem oriental, simboliza o mar e tem um significado benfazejo e protector.

6 Cavaleiro Medieval MNMC 704 Séc. XIV Altura 72 cm calcário O cavaleiro representa Domingos Joanes, sepultado na Capela dos Ferreiros, em Oliveira do Hospital. A exaltação dos valores militares integra-se num contexto funerário, associando o cavaleiro a uma dimensão religiosa, bem característica da espiritualidade medieval.

7 Cristo Negro MNMC Séc. XIV Altura 284,5 cm madeira Presença poderosa, esta peça apresenta o corpo de Cristo crucificado, em dimensões superiores ao natural, longilíneo, com carácter de arcaizante medievalismo. Mas a expressão dramática reflecte um sentimento realista peninsular, embora mais português que espanhol. Esta invulgar obra de arte provém do Oratório das Donas, do Mosteiro de Santa Cruz.

8 Deposição do Túmulo MNMC 4085 Séc. XVI Altura 222 cm calcário Produzida na primeira fase da obra do escultor normando João de Ruão, esta composição, considerada uma das suas obras-primas, é proveniente do Mosteiro de Santa Cruz. O impacto que causou na época foi tão elevado que levou outras oficinas a reproduzir o mesmo tema, embora em variações menores.

9 Última Ceia MNMC 877 Séc. XVI Altura 33 cm barro cozido A Última Ceia do escultor F. Hodart, obra executada para o refeitório do Mosteiro de Santa Cruz, é considerada a mais notável realização de escultura figurativa da época, em Portugal. Esta cabeça pertence à figura de um dos apóstolos que integra esse conjunto. As doze figuras que o constituem, modeladas em barro cozido, retratam homens da época, dotados de grande realismo e expressividade.

10 Pietá MNMC 1969 Séc. XVII Altura 137 cm madeira Conhecido como escultor de Tibães, Frei Cipriano da cruz sinaliza no seu percurso artístico um período em Coimbra (1685–1690), durante o qual se dedicou à decoração do colégio da Ordem, de onde é oriunda esta Pietá, uma das suas mais notáveis realizações artísticas.


Carregar ppt "Desenho de Arquitectura. Mapa da Alta MNMC 2870a) Posterior a 1777 Tintas e aguadas sobre papel Altura 51 cm Esta planta é a primeira peça do conjunto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google