A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

João começa o texto com Maria de Magdala, do grupo das discípulas fiéis (19,25), indo ao sepulcro na madrugada do primeiro dia da semana. Pedro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "João começa o texto com Maria de Magdala, do grupo das discípulas fiéis (19,25), indo ao sepulcro na madrugada do primeiro dia da semana. Pedro."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 João começa o texto com Maria de Magdala, do grupo das discípulas fiéis (19,25), indo ao sepulcro na madrugada do primeiro dia da semana. Pedro e o discípulo amado correm ao túmulo, pois não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dos mortos (20,9

6 A morte será entendida mediante a experiência de fé no Ressuscitado. O discípulo amado, presente na ceia e ao pé da cruz, expressa seu amor exemplar

7 Ele viu o túmulo vazio e acreditou. No texto de Lucas, Jesus se aproximou e começou a caminhar com os discípulos (24,15).

8 Eles estavam decepcionados com a morte de Cristo na cruz, pois aguardavam um Messias poderoso (24,21). A presença do Ressuscitado faz arder o coração com sua palavra.

9 Jesus, que havia partilhado o alimento, especialmente com as pessoas excluídas, compartilha novamente agora com os discípulos, graças à sua hospitalidade.

10 O acolhimento, a escuta da Palavra e o partir juntos o pão abre os olhos para compreender que Jesus é o verdadeiro Messias, o Servo rejeitado e exaltado.

11 (1ª leitura). Assim, os discípulos se tornam testemunhas de Cristo, que andou por toda a parte, fazendo o bem e curando a todos.

12 (2ª leitura ). Unidos a Ele, por meio do batismo, ressuscitamos para uma vida nova. A busca das coisas do alto, da vida plena em Deus começa desde já através do amor ao próximo.

13 Atualizando A Boa Notícia de Jesus, que vence a morte através da ressurreição, fortalece a esperança humana na vida em plenitude. Como em Emaús, o Senhor manifesta sua presença em nossa caminhada, iluminando a nossa fé para sermos testemunhas de sua ressurreição.

14 php?id=2950 A palavra de Deus na celebração O nosso cordeiro pascal, Cristo, já está imolado. Hoje celebramos a festa da vida. O túmulo está vazio. Ele está vivo para sempre.

15 Como Maria Madalena, Pedro e o outro discípulo nós professamos a fé no Senhor ressuscitado. Alimentados na mesa de sua palavra e da eucaristia, assumimos a missão de testemunhas da vida nova, do amor e da paz.

16

17 Bendito seja o Deus e Pai de nosso e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, 1 Pedro 1:3

18


Carregar ppt "João começa o texto com Maria de Magdala, do grupo das discípulas fiéis (19,25), indo ao sepulcro na madrugada do primeiro dia da semana. Pedro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google