A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LIBRAS na escola A função do professor interlocutor.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LIBRAS na escola A função do professor interlocutor."— Transcrição da apresentação:

1 LIBRAS na escola A função do professor interlocutor

2 الإجابة على الأسئلة التالية : الاسم : جنسيته : عمرك : مهنته : له المثالي :

3 Responda as questões abaixo: (agora em língua portuguesa e não mais em árabe) Seu nome: Sua nacionalidade: Sua idade: Sua profissão: Seu ideal:

4 Professor interlocutor O cargo de professor-interlocutor foi criado de acordo com a Resolução nº 38 de 2009 da Secretaria de Estado da Educação, considerando a necessidade de se garantir aos alunos surdos ou com deficiência auditiva, matriculados em salas de aula comuns, o acesso às informações e aos conhecimentos curriculares dos ensinos Fundamental e Médio.

5 Resolução SE Nº 38/2009 Resolução SE Nº 38/ admissão de docentes com qualificação na Língua Brasileira de Sinais - Libras Publicado em 20/06/2009 Resolução SE Nº 38/ admissão de docentes com qualificação na Língua Brasileira de Sinais - Libras Dispõe sobre a admissão de docentes com qualificação na Língua Brasileira de Sinais - Libras, nas escolas da rede estadual de ensino

6 Artigo 1 § 2º - a admissão do docente interlocutor da LIBRAS / Língua Portuguesa assegurará, aos alunos surdos ou com deficiência auditiva, a comunicação interativa professor-aluno no desenvolvimento das aulas, possibilitando o entendimento e o acesso à informação, às atividades e aos conteúdos curriculares, no processo de ensino e aprendizagem.

7 Interlocutor da LIBRAS / Língua Portuguesa O interlocutor tem como atribuição viabilizar a comunicação entre o professor titular e os estudantes que possuem algum tipo de deficiência auditiva. Sua função é interpretar por meio da Libras as atividades didático-pedagógicas e culturais desenvolvidas em sala de aula, permitindo o acesso aos conteúdos curriculares.

8 Professor interlocutor O professor-interlocutor não é um simples tradutor, pois ele precisa ter uma metodologia própria para que o aluno possa aprender (Maria Elizabete Costa)

9 Intérprete X Interlocutor Intérprete: tradutor que, para desempenhar seu papel, necessita ser fluente em pelo menos duas línguas; a sua de origem e a que vai interpretar ou seja traduzir. Interlocutor: é um professor passível e flexível que procura atender as necessidades de seu discente buscando a melhor estratégia para que ele compreenda o que o professor titular está abordando.

10 Interlocutor e professor O professor interlocutor deve mediar a comunicação entre os conteúdos abordados pelo professor da disciplina correspondente e o aluno surdo. Cabe ao professor da disciplina específica explicar de maneira clara e objetiva o conteúdo para que o interlocutor leve o aluno surdo a compreender através do uso da LIBRAS.

11 Para que o aluno surdo compreenda é necessário que o professor interlocutor também compreenda a proposta da aula. Para isso é importante que haja um diálogo constante entre o professor da disciplina e o interlocutor. É aconselhável que o interlocutor tenha acesso antecipado ao material que será utilizado durante as aulas. Dessa forma ele conseguirá atingir seu objetivo.

12 Vídeo: Sou Surdo e não sabia 1.1 qqg qqg

13 Escrita de uma pessoa surda plenamente alfabetizada. Profª. Selma, Como você está bem? Segue o anexo. Estou já organização de cronograma no curso básico de língua brasileira de sinais – libras I. Pode vai aberta divulgação para inscrição de curso básico de libras I no abril de Obrigado, Um grande abraços a você, Desculpe, erro faz anexo curso de libras, mas outra faz de novo anexo segue de cronograma ok? Obrigado!

14 Concluindo... O que deve estar claro é que o aluno surdo, antes de ser surdo ele é um aluno matriculado numa escola e, portanto é responsabilidade de toda a escola. Se o aluno está bem, é mérito de todos. Se ele não está aprendendo todos os profissionais devem se preocupar e pensar no desenvolvimento de estratégias para direcionar o trabalho.

15 Cabe ao interlocutor... Ser imparcial, flexível e ter autonomia para selecionar as ideias pertinentes ao conteúdo fazendo com que o aluno surdo compreenda e jamais impor ou dar informações de sua autoria (o que ele pensa, acha sobre isso....)

16 Material :O Contexto da Interpretação e da LIBRAS na Escola Seis temas: 1- Intérprete: Legislação e Perfil Profissional 2- Tradução e conceitos em LIBRAS (química, língua portuguesa, inglês) 3- Caminhos da Aprendizagem do aluno com surdez 4- Tradução e conceitos em LIBRAS (biologia) 5- Metodologia para Interpretação 6- Tradução e conceitos em LIBRAS (filosofia, sociologia)

17 Exemplo: A escrita tem que ser reinterpretada na LIBRAS DVD nº 2 – Tema 2 Química (40 – 45)

18 AFINAL, O desafio de todas as pessoas evolvidas no âmbito educacional é permitir que o ser humano se desenvolva e se humanize na sua singularidade. Muito obrigado! Selma Feba Tesini PCNPE Educação Especial DE Presidente Prudente


Carregar ppt "LIBRAS na escola A função do professor interlocutor."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google