A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A face e a sociologia da instabilidade Breve apresentação de uma crítica à teoria social António Pedro Dores (Novembro 2013)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A face e a sociologia da instabilidade Breve apresentação de uma crítica à teoria social António Pedro Dores (Novembro 2013)"— Transcrição da apresentação:

1 A face e a sociologia da instabilidade Breve apresentação de uma crítica à teoria social António Pedro Dores (Novembro 2013)

2 Sociedade sem faces

3 As faces sem sociedade

4 Dimensões sociais PolíticaCultura EconomiaSociedade (moderna) Estrutural funcionalismo, comunicação social Crítica de Giddens, relações internacionais CapitalismoIndustrialismo GuerraControlo social (segurança)

5 Emoções associadas PolíticaCultura EconomiaSociedade (moderna) Vergonha (risco de quebra de vínculo social) Thomas Scheff CapitalismoIndustrialismo GuerraControlo social (segurança) Medo (risco para a sobrevivência)

6 Modos de comportamento: civilizado e radical PolíticaCultura EconomiaSociedade (moderna) Vergonha (risco de quebra de vínculo social) CapitalismoIndustrialismo GuerraControlo social (segurança) Medo (risco para a sobrevivência) Comunicação Acção

7 Emoções transformam comportamento Trauma provocado por medoSem vergonha, que não muda

8 Emoções fundam comportamento Trauma provocado por medoSem vergonha, que não muda Sequências emocionais estandardizadas (habitus de Pierre Bourdieu) FAZER (EMPIRIA/radical) SER (MORAL/democracia verdadeira)) DIZER (TEORIA/civilizada)

9 Acção (individual, corporativa ou de massas) Hibernação (normalidade popular) Os segredos ( político-económicos ) e a moral ( antropocentrada ) Comunicações (hierarquizadas) Instituições (valores legítimos) Medo e vergonha EstigmasIntenções MauBom Repugnância (Elias) Efeito Lucifer (Zimbardo) Cultura (boa vontade) Ciência (objectiva) Humanização

10 Diferenciação ontológica Dimensões funcionalistas (comunicação) Intenções/estigmas (humanização) Medo Vergonha Dimensões de Giddens (relações internacionais) GuerraCapitalismo SegurançaIndustrialismo PolíticaCultura EconomiaSociedade Dimensões de instabilidade (moral social – corporização e incorporação)) Poder e Recursos Vitalidade Afiliação Existência Desenvolvimento

11 Síntese provisória TherbornDoresVariáveisTemas RecursosPoderrelação das pessoas com as comunidades e sociedade em geral ideologias, instituições, economia ExistênciaDesenvol- vimento carreiras sociais fora dos respectivos círculos de afiliação, nomeadamente no emprego, trabalho, escola, grupos desportivos, vida cívica Identidades, respeito VitalidadeAfiliaçãovida familiar e redes de amigosDemografia, redes sociais, estados de saúde Therborn, Göran (2006) “Meaning, Mechanisms, Patterns and Forces: an Introduction” em Therborn (ed.) (2006) Inequalities of the World – New Theoretical Frameworks, Multiple empirical approaches, Verso, pp

12 Pessoas boas e activas? Pessoas más e em hibernação?

13 Sociologia da instabilidade Várias faces das mesmas pessoas, consoante as situações sociais (carácter) Várias faces da mesma sociedade, conforme as ocasiões históricas (normas) Estados de espírito (bons ou maus e proactivos ou inertes, perante o estrangeiro, um auditório ou a sua consciência) que se aprendem, expressam e transferem mimeticamente

14 Avaliação 1. Escolher um estado de espírito de Poder ( angariação de recursos por exclusão ou por usurpação ou por solidariedade, em contraponto ao contexto social e ambiental ). 2. Apresentar 3 faces de 3 posturas de 1 dos estados de espírito de Poder. 3. Anotar as características faciais notadas e a relação de cada uma com a expressão do estado de espírito.

15 Natureza social humana Fazer Dizer Ser

16 3 estados de espírito e poder Proibir Marginalidade Submissão Mandar (dizer) Cooperar (fazer) Orientar (sentir) Excentricidade (dizer) Exclusão (fazer) Revolução (sentir) Ideologia (dizer) Subordinação (fazer) Identidade (sentir)

17 Avaliação 1. Escolher um estado de espírito de Poder ( angariação de recursos por exclusão ou por usurpação ou por solidariedade, em contraponto ao contexto social e ambiental ). 2. Apresentar 3 faces de 3 posturas de 1 dos estados de espírito de Poder. 3. Anotar as características faciais notadas e a relação de cada uma com a expressão do estado de espírito.

18 Fim

19 Dinâmicas Sociais e Modernização Justiça social Exclusão Controlo reclamação direitos fechamento racionalização criminalização revolução institucionalização fechamento institucionalização racionalização criminalização revolução reclamação direitos ciclo de solidariedadeciclo emancipatório


Carregar ppt "A face e a sociologia da instabilidade Breve apresentação de uma crítica à teoria social António Pedro Dores (Novembro 2013)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google